JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Bateram no meu carro. O que devo fazer?


Autoria:

Diego Jardim Machado


-Bacharelado em Direito. Urcamp, conclusão em 2018. -Curso de aperfeiçoamento em Assistência Administrativa(2013). -Curso de Manutenção em Computadores(2013). -Participação na X Jornada Acadêmica de Direito do Diretório Acadêmico Tarcísio Taborda da Urcamp(2014). -Congrega Urcamp(2017).

envie um e-mail para este autor

Resumo:

Bater o carro é um problema pelo qual ninguém quer sofrer. Infelizmente é uma situação que até os mais cautelosos motoristas estão propensos a passar.

Texto enviado ao JurisWay em 09/11/2018.

Última edição/atualização em 16/11/2018.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Bateram no meu carro. O que devo fazer?

Bater o carro é um problema pelo qual ninguém quer sofrer. Infelizmente é uma situação que até o mais dos cautelosos dos motoristas estão propenso a passar.

O “acidente” traz prejuízo, perda de tempo e, dependendo da situação, uma extrema dor de cabeça, quem nunca ouviu aquela "Faça o orçamento, me envie e deixa que pago" ? não caia nessa história!

Qual a atitude deve ser feita por quem se envolve num acidente de trânsito?

 

Siga os seguintes passos e garanta seu direito:

  1. Após a colisão fotografe ou filme tudo que puder como o próprio acidente, placa do veículo, condições da pista etc. Colete nomes de testemunhas.

  2.  Caso a pessoa não forneça os dados para uma futura composição cível, posteriormente, pegue o número da placa, vá a algum despachante do Detran e tente descobrir dados sobre o veículo causador da batida e dados sobre o proprietário do veículo.

  3. Providencie registrar um boletim de ocorrência do fato.

  4. Feito isto, é possível enviar uma notificação extrajudicial para aquele que causou o dano objetivando, através de acordo, dirimir amigavelmente os prejuízos que este lhe causou.

  

Caso não concretize nenhum acordo, resta ingressar no juizado especial.

 

 

Em juízo você pode requerer o ressarcimento dos valores gastos no conserto do carro (guarde notas fiscais) ou indenização para que seja feito os devidos reparos.


Por fim, em caso de dúvidas ou problemas para solucionar acordo, é sempre bom que se procure um advogado.

 

Por Diego Machado

Contato: diegowjardim@gmail.com

Instagram: @diegojardim

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Diego Jardim Machado) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2020. JurisWay - Todos os direitos reservados