JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Servidor Público na Lei 8.112 com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Cuidado com o Nada


Autoria:

Danilo Santana


Advogado, OAB 32.184 MG, graduado em Direito pela PUC-MG, membro efetivo do Instituto dos Advogados. Especialização em Marketing Internacional e Pós-Graduação em Direito Público. Professor de Direito Empresarial e autor literário.

Texto enviado ao JurisWay em 25/11/2005.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?



Há momentos em que temos a certeza de que a vida se tornou excessivamente pesada; que não temos força para continuar; que não podemos mais acreditar na realização dos nossos desejos; que os obstáculos são maiores que as chances; que não estamos preparados para enfrentar os desafios e que só nos resta a conformação.

Às vezes, sim, sentimos que é difícil levantar da cama; que são supérfluos os cuidados com a nossa aparência; que é desnecessária a higiene matinal; que é enfadonha qualquer conversa; que é estúpida a rotina; que são intermináveis os compromissos do dia; que são ridículos os projetos de ontem e que são insignificantes todos os sentimentos.

Não raro nossos pensamentos se abstraem; nosso corpo se verga; nossos braços enrijecem; nossas mãos ressecam; nossos passos titubeiam; nossa voz falseia; nosso semblante se fecha; nossa pele se vinca e nossos olhos perdem o brilho.

É, acontecem dias que amanhecem descoloridos; silenciosos; sufocantes; úmidos e frios.

Nenhuma réstia de sol; nenhum pássaro; nenhuma flor.

Só o relógio reage, informa que o tempo não espera, e um desespero surdo inunda nossa alma.

São os ventos do Nada.

O Nada é uma força misteriosa e muito poderosa.

Quando o Nada se posta a nosso lado e sente que não reagimos, nos atira ao esmo, tal qual uma folha caída.

A folha caída, impulsionada pelo vento, vai rolando, para um lado e outro, enquanto perde sua roupagem, até se reduzir a um mísero esqueleto ambulante, sem rumo, sem cor, sem viço.

Quando perdemos a capacidade de receber carinhos e de oferecer ternura; quando as nossas esperanças se esvaem e as ilusões se desvanecem; quando nossas forças fogem e nossa garganta não liberta nosso grito, o Nada toma conta do nosso eu, embaralha nosso caminho, escurece o nosso horizonte e, então, tudo perde o sentido.

Cuidado, não se deixe tombar, é hora de lutar contra o Nada.

Abra os braços, deixe o vento balançar seus cabelos, contemple a natureza e cante o seu hino de guerra.

Ponha um sorriso no rosto, um projeto na cabeça e se prepare para uma grande e prazerosa caminhada para o futuro.

Comece traçando sua rota, prossiga eliminando as etapas vencidas, vá deixando atrás cada obstáculo que aparecer, e o melhor, nunca admita que chegou ao final da jornada, a cada realização faça novos planos, recomece tudo de novo, e regozije-se, você derrotou o Nada.
Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Danilo Santana) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Comentários e Opiniões

1) Estranha (03/07/2009 às 17:51:22) IP: 200.203.75.225
Gostei muito da primeira parte do seu texto. Me identifiquei bastante com ele... parece que estava falando dos meus sentimentos. Só que quando achei que seria confortada, a 2a.parte foi muito rápida... Sugiro que desenvolva mais a 2a.parte do seu texto, para efetivamente motivar o leitor. Por favor, isto é uma crítica construtiva de quem realmente se deixou levar pelo texto. Abraços e sucesso!
2) Flavio Nogueira (03/07/2009 às 18:11:59) IP: 201.69.217.69
As vezes o nada é tudo para alguns. Bom ter o nada como tudo, é mais facil começar.
A paz seja com todos.
3) Edmilson Alves (04/07/2009 às 08:44:38) IP: 189.120.148.188
Um texto ótimo para reflexão, será quantos não estão com o "nada" ao seu lado e não se deram conta disto ?
4) Marta (04/07/2009 às 09:00:29) IP: 189.29.18.247
Gostei muito do texto,as vezes me sinto assim...me fez lembrar de uma frase,"O difícil mesmo é viver,a maioria das pessoas só existem...
5) Paulo (04/07/2009 às 12:06:24) IP: 189.75.191.187
E muitas vezes o nada vem acompanhado da solidão.
6) Edson (04/07/2009 às 12:30:18) IP: 189.71.19.219
O texto é ótimo, dá uma sacudida interior e nos mostra, com clareza, a direção a seguir em sentido contrário ao nada. Corra dele. Parabéns, Dr. Danilo
7) Marcos Gasperoni (04/07/2009 às 12:33:42) IP: 201.86.7.21
Às vezes a vida nos apresenta um momento cujas palavras não dão conta de transmitir o pensamento, daí ficamos com aquilo engasgado e aos poucos aquilo morre, perde-se no infinito da memória. Quando encontramos um texto como este aquela situação que julgávamos morta volta e assim podemos analisá-la e compreender o que houve. Que bom que temos pessoas que ainda doam suas palavras para no ajudar a compreender os percalços da vida e as mazelas do dia-a-dia. Obrigado Dr. Danilo Santana..obrigado
8) João Da Cruz Filho (04/07/2009 às 13:59:04) IP: 201.58.230.5
A auto estima é fundamental, para superarmos os obstaculos que encontramos no mundo atual.
9) Elmo Dias Moreira (04/07/2009 às 15:51:55) IP: 187.35.40.153
HOJE OLHEI-ME NO ESPELHO E FOI ASIIM QUE MI SENTI UM NADA..
MAS DERREPENTE FIZ BARBA ALMOCEI LAVEI A LOUÇA E ABRI O E-MAIL E ACHEI ESTA MENSAGEM...rsrs
FOI GRATIFICANTE QUANDO A LÍ..OBRIGADO PELAS PALAVRAS..OBRIGADO..MESMO!
10) Ivanilde (04/07/2009 às 18:09:28) IP: 189.5.137.55
Quem nunca se sentiu " um nada" na vida?. Quem nunca se perguntou o porquê de estar neste mundo? O autor delineou a sensação de vazio que muitos de nós sentimos em dados momentos. Conseguiu harmonizar as palavras nas orações e juntá-las em parágrafos para formar um texto coeso, coerente e de fácil compreensão e, o que o faz ainda melhor: direto.
11) Sandra Sami (05/07/2009 às 08:46:05) IP: 201.34.186.194
Quando terminei de ler o texto, realmente acordei.
Vesti minha roupa de guerra e parti para a luta do dia a dia.
12) Amaury Lopes (05/07/2009 às 09:09:19) IP: 189.104.53.102
Texto, muito legal, mas deixo uma critica construtiva que em vez da construção desda frase poderia ser escrfiita no seu final do paragrafo "Hino da Vitória" Abra os braços, deixe o vento balançar seus cabelos, contemple a natureza e cante o seu hino de guerra.
13) Roseli Cunha (05/07/2009 às 09:51:16) IP: 189.84.250.169
Que texto maravilhoso... faz-nos reviver naõ perder as esperanças e correr atrás de nossos sonhos...parabéns... Deus esá sempre ao nosso lado, acredito muito Nele...
14) Adelson Coelho (05/07/2009 às 11:43:47) IP: 200.251.238.3
REVIGORANTE..

PARABÉNS
15) Laudeir Britto (05/07/2009 às 12:00:09) IP: 189.37.5.208
Por incrível que pareça, me sinto às vezes assim... Mas lendo essas frases tão bem colocadas, fez sentir-me de volta à vida, e os obstáculos... quem são eles perante nossa fé e força interior!
Parabéns!!!
16) Sueli (06/07/2009 às 07:54:12) IP: 187.5.121.168
é, e ai nasce uma nova esperança, as vezes lemos coisas que se parecem de fato conosco, muito bom coisas assim serem publicadas pois nos faz acordar, e ver que somos produto de fato da igualdade, ou seja somos humanos, perecemos, valeu, continuem publicando textos que nos tocam, que de fato nos diz algo. Isto é motivador de fato.
17) Cris(6/7/2009 Às 08:20) (06/07/2009 às 08:26:14) IP: 201.58.224.251
É bom saber que outras pessoas também se sentem assim, como um nada. Esta mensagem dará força e coragem as pessoas que se sentem vazias e pensar que tudo depende de nós, basta um texto de coragem para que as pessoas sejam motivadas a pensar positivamente. Muito bom o texto e o objetivo foi alcançado. Obrigada.
18) José Antônio (06/07/2009 às 09:44:29) IP: 187.4.104.138
São subjetivas, pessoais as concordancias referente ao texto. Não obstante, o autor consegue entrar no intímo do leitor e fazer com que este reflita sobre o seu "nada". E o mais interessante é que normalmente tudo surge do "nada". Até mesmo uma leitura de um texto, cujo objetivo é entender e compreender o "nada", porém esse nada passa a ser tudo, quando se lê com humildade e percepção, que nos leva à compreensão do "nada". Parabéns pelo texto. Necessitava dessa leitura.
19) Walter (06/07/2009 às 09:50:24) IP: 189.18.94.132
RETRATO FIEL !!!!!, é assim que me sinto; mas vou seguir a lição, e, aplicar em minha vida. Obrigado, voce é uma pessoa iluminada,e, que trouxe luz para minha vida, Obrigado
20) Monica Rocha (06/07/2009 às 10:25:14) IP: 201.83.49.164
Agradeço ao autor e ao site. Hoje acordei com esse tal 'nada'. Até chorei, mas fui alertada e já o mandei para outro lugar. Já alertei outras pessoas tb. Me sinto outra pessoa agora. Resgatei minhas energias e vou avante e sempre. Mais uma vez obrigada.
21) Machald (09/07/2009 às 12:55:30) IP: 189.79.221.248
MUITO BOM O TEXTO. CORRE-SE ATRAZ DO ' NADA' E PARA ' NADA', E ACABA-SE SEMPRE EM ' NADA', QUEM SABE UM DIA AS PESSOAS ACORDEM DESTE SONHO PROFUNDO. PARABENS, ( circo em torno da morte de MICHAEL ".
22) Paulo (09/07/2009 às 13:44:09) IP: 201.65.50.1
Muito bom texto, ele nos dá uma visão da realidade e de como podemos enfrentar o "NADA", parabéns ao autor pela extrema sabedoria em colocar as palavras.
23) Renan (10/07/2009 às 15:52:10) IP: 189.60.243.87
Esse texto veio a mim no momento certo! Ademais, aproveito o ensejo para parabenizar os responsáveis do site, pois acredito servir de grande ajuda aos demais profissionais do direito. Gostaria ainda de sugerir um espaço para perguntas! Me ponho a disposição para qq contato > drrenanmarques@bol.com.br << abraço
24) Mano (17/07/2009 às 16:15:28) IP: 200.255.9.38
Me pegou pelo pé. Estou, no momento, sem nehum objetivo e achando que a vida para mim já terminou. Esta mensagem coloca muito bem este tipo de situação e dá uma injeção de ânimo. Valeu !.
25) Flor De Liz (05/02/2010 às 16:32:05) IP: 189.63.49.193
Certamente todos nós algum dia ja tenha passado por isso, no entanto ao deparar com um texto tão lindo assim, é que nos da força para continuar nossa luta diaria, que deve com toda certeza fazer algum sentido no final...Obrigada pelas lindas palavras.Tudo de bom para o senhor, que é uma pessoa muito iluminada!
26) Edilson (23/10/2010 às 20:05:54) IP: 189.74.44.93
Estou passando por essa sensação, as vezes falta terra nos pés e pensamos que tudo vai acabar e não temos mais caragem pra lutar,seu artigo foi de funfamental importância para mim. Refletir e pensar e nunca desistir, valeu!!!
27) Alda (19/05/2011 às 22:24:10) IP: 187.40.144.152
Muito bom o texto, nos faz refletir sobre nós mesmos! Parabéns!


Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2017. JurisWay - Todos os direitos reservados