JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

COMENTARIOS À CONCEPÇÃO ATUAL DOS DIREITOS HUMANOS


Autoria:

Rodrigo Dos Santos Germini


Rodrigo dos Santos Germini; OAB/MG 145.659, advogado, responsável por seu escritório e pela coordenação dos serviços jurídicos prestados pelos colaboradores. ex servidor público municipal, ex servidor público do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (exercendo funções como cedido pela então gestão municipal), ex servidor público federal (vínculo celetista), ex estagiário em escritórios de advocacia diversos desde os primeiros anos de faculdade, ex estagiário direto de magistrados, atuante na advocacia contenciosa e consultiva, notadamente nas áreas cível e trabalhista, enfoque central em Direito Financeiro, Imobiliário e Trabalhista, especialista em Direito Processual Cível. Atuante nas comarcas mineiras, tendo como sede do escritório a Cidade de Carandaí/MG, localizada às margens da rodovia federal BR 040, entre os municípios de Barbacena e Conselheiro Lafaiete/MG. SITE EXTERNO: www.advocaciagermini.com.br

Telefone: 32 99995148


envie um e-mail para este autor

Outros artigos da mesma área

DIREITOS HUMANOS E A VISÃO DA MÍDIA PARA UM CONCEITO DICOTÔMICO DE "DIREITOS DE PROTEÇÃO A CRIMINOSOS"

REBELIÕES NO SISTEMA PENITENCIÁRIO: FRACASSO DO PAPEL DO ESTADO?

DIREITO DOS DEFICIENTES INEFICAZ

O PARADIGMA DE POLÍCIA NO BRASIL

A IMPRESCRITIBILIDADE DOS CRIMES POLÍTICOS E A NÃO RECEPÇÃO DA LEI DE ANISTIA PELA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DE 1988

inclusão Educacional/Social dois indivíduos com Transtorno do Espectro Autista

DA USUCAPIÃO DE MEAÇÃO EM FAVOR DA MULHER VÍTIMA DE VIOLÊNCIA FAMILIAR

o trabalho infantil

REFLEXÕES BIOÉTICAS ACERCA DO INÍCIO DA VIDA.

A origem das desigualdades sociais, o golpe militar de 64, a guerrilha comunista, a criminalidade organizada no Brasil e as ações dos delinquentes infanto-juvenis, no século XXI

Mais artigos da área...

Resumo:

APONTAMENTOS ACERCA DA CONCEPÇÃO ATUAL DOS DIREITOS HUMANOS.

Texto enviado ao JurisWay em 22/03/2019.

Última edição/atualização em 26/03/2019.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

O simples fato de conseguirmos ler este texto nos diferencia dos demais animais, sob a ótica da racionalidade (peculiar à espécie humana). Nascer "humanos", sob o crivo jurídico, é o único requisito necessário para assegurar um rol de Direitos e Garantias mínimo, necessário para uma vida digna. Este rol de direitos é taxativamente imposto à toda sociedade e ao próprio Estado, que atua como garantidor da efetividade dos seus direitos.

Ao nascer, cada cidadão é dotado de prerrogativas que podem ser opostas em desfavor de outras pessoas, ou mesmo em desfavor do Estado, visando à dignidade da pessoa humana como pressuposto de existência. Não basta que garantam a existência e vida humana, mas, é necessária uma vida digna, sob os mais variados aspectos.

É, numa simples leitura, o que comumente chamamos de "Direitos Humanos", consagrados, sobretudo, na "Declaração Universal dos Direitos Humanos", datada de 1948 (e eminentemente influenciada pelos horrores da Segunda Grande Guerra).

A Declaração de 1948 introduz a concepção contemporânea de direitos humanos, marcada pela universalidade e indivisibilidade desses direitos. Ao consagrar direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais, a Declaração combina o discurso liberal e o discurso social da cidadania, conjugando o valor da liberdade ao valor da igualdade.

Os direitos humanos, portanto, precedem às concepções políticas, religiosas ou culturais, sendo inatos à mera condição "humana", consubstanciados como um "consenso ético universal" acerca de condições mínimas de sobrevivência. Decorre deste dogma a necessidade de internacionalização destes direitos, cuja proteção deve superar a limitação da soberania estatal (os direitos humanos não conhecem fronteiras).



Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Rodrigo Dos Santos Germini) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados