Você não está conectado 
Faça o login no JurisWay:





Não tem conta?
Cadastre-se no JurisWay

Esqueceu a senha?
Crie uma nova

Cursos > Direito Penal > Thiago Lauria

A Imputação Objetiva na Participação

Já para a teoria da imputação objetiva, da forma como é aceita principalmente pela parte da doutrina que segue os ensinamentos de Roxin, a conduta em questão seria atípica. Afinal, a partir do momento em que o agente se comporta de forma a reduzir o risco de lesão ao bem jurídico tutelado pela norma (a vida de A), sua conduta não viola nenhuma norma. Logo, não havendo, a violação de norma alguma, não se lhe pode objetivamente imputar delito algum, importando na atipicidade da conduta.


 
7
 
Este módulo possui 19 páginas.
Você está na página 7 (37%)

Voltar ao Início do Curso
Você não está logado! Login
Caso queira salvar este curso em seu histórico, faça login no JurisWay e volte ao início do curso.
Quer ir para uma página específica?

Ou veja a estrutura do curso:

A Imputação Objetiva na Participação

1,953125E-03s - 1,953125 ms