JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Servidor Público na Lei 8.112 com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Reajuste por Idade em Plano de Saúde: fique atento para não pagar mais do que deve


Autoria:

Marco Túlio


Advogado, atuante em Belo Horizonte. Graduado em Direito pela UFMG e Pós-graduado em Gestão de Pessoas pela FDC.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

É comum na maior parte dos Planos de Saúde haver cláusula prevendo elevado reajuste nas mensalidades quando o segurado atinge a idade de 60 anos. Contudo, esse tipo de cláusula pode ser considerada abusiva.

Texto enviado ao JurisWay em 09/07/2007.

Última edição/atualização em 20/11/2007.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

         O Estatuto do Idoso, no seu artigo 15, §3º, trouxe um dispositivo de grande interesse da população com mais de 60 anos.

Art. 15.(...)

§ 3o É vedada a discriminação do idoso nos planos de saúde pela cobrança de valores diferenciados em razão da idade.

 

        O parágrafo único da Lei 9.656, que regulamenta os Planos de Saúde, dispõe da seguinte forma o assunto:

Art. 15.  (...)

Parágrafo único.  É vedada a variação a que alude o caput para consumidores com mais de sessenta anos de idade, que participarem dos produtos de que tratam o inciso I e o § 1o do art. 1o, ou sucessores, há mais de dez anos.

 

Por todo o país, vários pedidos foram feitos ao Judiciário para que se definisse a questão. Assim entendeu o Tribunal de Justiça do Amapá:

 

“EMENTA CONSTITUCIONAL – CIVIL – CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR – ESTATUTO DO IDOSO - REAJUSTE DE PLANOS DE SAÚDE EM RAZÃO DA IDADE – PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA DIGNIDADE HUMANA. (...) 2) O reajuste dos contratos referentes aos planos de saúde, levando em conta apenas o envelhecimento da pessoa, é manifestamente abusivo, eis que a alteração da idade não induz à certeza de que o usuário demandara maiores cuidados médicos ou mesmo que a operadora terá maiores gastos com essa pessoa. (TJAP - AC n.º 2669/ - Acórdão n.º 9676 - Rel. GILBERTO PINHEIRO - Câmara Única - j. 02/05/2006 - v. Unânime - p. 21/07/2006 - DOE n.º 3811 ).”

 

 

É notório que a população de idade avançada demanda cuidados mais freqüentes dos serviços de saúde, embora não seja essa uma presunção absoluta. Além disso, deve haver um equilíbrio econômico-contratual para não onerar demais uma das partes de um negócio jurídico. As seguradoras, por exemplo, de repente passaram a ter que reduzir drasticamente o valor cobrado de grande parte de seus segurados.

 

O ordenamento veda a retroatividade das leis. Logo, os contratos vigentes antes da lei 10.741/03 estariam fora do alcance desta norma. Alguns defendem que este é um típico caso de contrato de trato sucessivo, ou seja, que se renova com o tempo. Neste caso, a cada mensalidade paga teríamos um novo vínculo. Sendo assim, ainda que tenha sido assinado em época anterior à vigência do Estatuto do Idoso, o contrato conservaria a possibilidade de alteração para se adaptar à legislação, assim como ao equilíbrio entre as prestações, pela Teoria da Imprevisão (rebus sic stantibus).

 

Há ainda quem defenda a aplicação imediata desta revisão por motivo de idade com base na ordem pública, pois um reajuste desta natureza, ainda que contratualmente previsto, estaria indo contra norma válida, vigente e eficaz.

 

Por ser o Estatuto uma lei recente, sua interpretação não está pacificada. Desta forma, alguns magistrados preferem uma solução intermediária, tomando por base o Código de Defesa do Consumidor para vedar reajustes elevados e, ao mesmo tempo, impor limites razoáveis para não onerar em demasia as seguradoras.

 

Art. 39. É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas (...)

V - exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva;

 

Nesse sentido já se manifestou o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, como no seguinte acórdão.

 

EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL. SEGUROS. PLANO DE SAÚDE. REVISÃO DE CONTRATO. CLÁUSULA QUE “PREVÊ AUMENTO DE 100% DA MENSALIDADE AO ATINGIR A FAIXA ETÁRIA DE 60 ANOS. LIMITAÇÃO EM 20%. DIÁLOGO DE FONTES: CDC, LEI DOS PLANOS DE SAÚDE E ESTATUTO DO IDOSO. I - Majoração em razão do implemento da idade. Mostra-se abusiva a cláusula que prevê o reajuste da contraprestação em 100% em razão do implemento da idade de 60 anos. Limitação da majoração em 20%, reconhecido o diálogo estabelecido entre as seguintes fontes: CDC e Leis nºs 9.656/1998 e 10.741/2003. Lições de doutrina.(Apelação Cível nº 70012183521, 6ª Câmara Cível do TJRS, Porto Alegre, Rel. Des. Ubirajara Mach de Oliveira. j. 14.09.2005, unânime).”

 

O fato é que todos os contratos deveriam ser adaptados, conforme os índices e reajustes previstos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, de modo a não prejudicar nenhuma das partes. A Resolução nº 06/98 do CONSU e RN nº 64/03 da ANS determina reajustes distribuídos em 07 (sete) ou 10 (dez) faixas etárias, conforme a data de celebração do contrato, sendo que o valor mais alto não poderá superar em mais de 06 (seis) vezes o valor mais baixo. Além disso, os aumentos não poderão ser densamente concentrados nas faixas etárias mais avançadas. A redistribuição equilibrada desses reajustes viabilizaria o preceito que veda o reajuste para maiores de sessenta anos.

 

Com a declaração de inconstitucionalidade do art. 35-E da Lei 9.656/98, os contratos anteriores a 1999 continuaram a ser regidos pelos seus próprios termos. Porém, continuaram abrangidos pelo Código de Defesa do Consumidor, que veda aumentos abusivos.

 

Como é possível observar, o beneficiário (e seus dependentes e sucessores) deve ficar atento com relação a aumentos abruptos, seja com fulcro no Estatuto do Idoso, Lei de Plano de Saúde ou Código de Defesa do Consumidor. Especialmente a pessoa idosa não deve ser compelida a arcar com reajustes que não aqueles anuais, indicados pela ANS para atualizar o valor pago segundo a inflação.

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Marco Túlio) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Comentários e Opiniões

1) Andre (07/09/2009 às 20:03:09) IP: 189.35.110.238
Após completar 70 anos, em abril deste ano, a mensalidade da Unimed de minha mãe subiu 30%. Isto é legal? Meu e-mail é: azttta@yahoo.com.br. Obrigado.
2) Jose Ramos (20/09/2009 às 13:04:59) IP: 189.115.231.103
PAGO UM PLANO DE SAÚDE PARA MINHA ESPOSA DE 66 ANOS, NA SUL AMERICA SAÚDE, A QUANTIA DE 1.379,00, ALÉM DO MEU PRÓPRIO NAS MESMA EMPRESA NO VAOR DE 1.800,00. ESTÁ CORRETA A COBRANÇA?
3) Angela (22/09/2009 às 20:04:49) IP: 201.5.104.138
Qual o valor que o plano de saúde pode me cobrar por reajuste anual, porque não vou pagar o dobro da fatura que eles me mandaram agora, que completei 60 anos. Por favor.
Meu e-mail é erivasco@uol.com.br
4) Mirian (23/09/2009 às 11:12:50) IP: 201.6.225.196
MEU PLANO DE SAÚDE É MEDIAL SAÚDE. TENHO DESDE 1999. EM JULHO COMPLETEI 50 ANOS E PASSEI A PAGAR DE R$ 234,00 PARA R$ 406,00. ESTA CORRETA ESSA COBRANÇA, A QUEM DEVO RECORRER PARA SABER SE O PERCENTUAL APLICADO NO REAJUSTE É CORRETO?
MEU E-MAIL É: mirianpurificacao@ig.com.br
5) Ster (28/09/2009 às 23:28:01) IP: 189.102.216.54
Olá meu filho fez 18 anoe e teve um aumento no valor da mensalidade do Sul América, posso reclamar? Pois meu marido completou 50 e aumentou tb...
ster.ster@bol.com.br

grata
6) Osvaldo (01/10/2009 às 19:29:03) IP: 189.79.213.146
o plano de saúde de m/esposa até 59 anos era R$-432,00 após completar 60 anos passou para R$-689,00, amento de quase 60%, está correto. meu email-osvaldo145@itelefonica.com.br. -observ.início 29/04/2003,unimed.
7) Antonio Candido (04/10/2009 às 14:39:40) IP: 189.29.195.116
Tenho 69 anos e a 3 meses meu plano da Golden Cross DAME especial,aumentou 39,46% hoje pago 791,95 por mes e o da minha esposa que tem 59 anos também aumentou 39,46% e ela paga 807,78. Gostaria de saber se é correto este aumento e esta diferença eu que tenho 69 anos pago menos que a minha esposa e ela que tem 59 anos paga bem mais. Temos o plano desde 1992. Meu email é caroline-ferreira@hotmail.com. Obrigada fico em um aguardo para esclarecimento da minha dúvida.
8) Fernanda (13/10/2009 às 22:08:59) IP: 189.120.28.198
meu pai tem 76 anos e faz 12 anos que esta com o mesmo plano de saude. E legal ter reajuste todo ano
fernandarpires@ig.com.br
9) Carla Fabiana (16/10/2009 às 20:24:12) IP: 189.92.187.68
Olá! O ajuste anual do plano de saúde é legal? Minha mãe paga 680 reais de plano de saúde e tem 63 anos. Daqui a 10 anos mais ou menos esse valor irá dobrar com o reajuste anual.
10) Carla Fabiana (16/10/2009 às 20:39:14) IP: 189.92.175.2
Olá! O ajuste anual do plano de saúde é legal? Minha mãe paga 680 reais de plano de saúde e tem 63 anos. Daqui a 10 anos mais ou menos esse valor irá dobrar com o reajuste anual. Meu e-mail é: carla_fabiana@bol.com.br
11) Tania Trindade (17/10/2009 às 15:33:14) IP: 189.77.29.30
minha mae paga plano de saude unimed a 15 anos. como ela fis em outra cidade e hoje mora em outra que fica distante. ela procurou saber si podia faser uma transferecia para cidade onde ela mora, a pessoa que atendeu falou si a mesma fiseci iria perde o que tinha pago ate aquele momente.é verdade? estou de pes atados não há condiçõe de minha mãe ficar nesse estado e ter que perder tudo que ela pagou e paga até. porfavor preciso de uma orientação. abraço.
12) Tania Trindade (17/10/2009 às 15:35:45) IP: 189.77.29.30
minha mae paga plano de saude unimed a 15 anos. como ela fis em outra cidade e hoje mora em outra que fica distante. ela procurou saber si podia faser uma transferecia para cidade onde ela mora, a pessoa que atendeu falou si a mesma fiseci iria perde o que tinha pago ate aquele momente.é verdade? estou de pes atados não há condiçõe de minha mãe ficar nesse estado e ter que perder tudo que ela pagou e paga até. porfavor preciso de uma orientação. abraço. email; taniaferreira_trindade@hotmail.com
13) Zenita Ribeiro De Oliveira (17/10/2009 às 22:07:54) IP: 200.216.59.146
Puxa vida, com isso o Sus está sendo impossível atender o brasil inteiro, enquanto a Unimed só pensa em explorar o coitado que necessita dos seus serviços, quanta falta de amor. A vida também tem seu devido valor não é só o dinheiro naum, ver se ajuda para que Deus também os ajude
a justiça de Deus tarda mas não falha, eu tenho 62 anos de idade, to aguardando Deus me levar porque ñ tenho condições de pagar um plano de saude, e o Sus é muito lento
14) Paulo Cesar (26/10/2009 às 11:48:34) IP: 189.72.53.118
Meu plano é a UNIMED, faço 46 anos em 2010 e conforme eles me falaram o contrato rege que seja reajustado meu plano. Já no ano seguinte 2011 minha mulher terá esse mesmo reajuste em nosso plano...Pergunto:
Isso é legal?
Podem reajustar nosso plano pela idade?

Eu sou o titular do plano, ainda tem minha mulher e dois filhos....
15) Paulo Cesar (26/10/2009 às 11:49:37) IP: 189.72.53.118
Desculpem esqueci o email...

pumc@terra.com.br
16) Pires (16/11/2009 às 21:08:01) IP: 187.88.174.126
Minha mãe tem 64 anos, e o plano dela é de 1998 esta em R$ 1499,00.Um aumento absurdo, oque eu posso fazer para entrar na justiça..
17) Ana Cristina (09/12/2009 às 12:36:36) IP: 187.37.110.23
Minha mãe tem um plano de saúde da Amil. Ela pagava R$ 311,00, quando ele fez 59 anos o plano foi para R$593,00. Um aumento de quase 92%. Ontem li em um jornal, não me lembro qual, que o governo proibe reajuste de mais de 58% em plano de saude.O fato de minha mãe ter 59 anos ainda não se aplica o código do idoso.Por tanto como devo proceder contra este reajuste abusivo?????
cristinalaurentina@yahoo.com.br
18) Eduardo (17/12/2009 às 00:46:15) IP: 189.105.172.85
Acabei de receber o plano de saúde de minha mãe...]
Out. 439,00 Nov. 739.. Dez. 843,38...ela tem 66 anos..o seu plano é o SULAMERICA SAUDE DESDE 1995..MORO EM SALVADOR...NÃO Sei onde vai para esse aumento ..Alguém pode me ajuda????
nunes12@uol.com.br
19) Mariana (02/01/2010 às 15:42:03) IP: 189.6.218.142
Gostaria de saber qual o documento que posso tilizar para rever reajustes do plano de saude do meu pai que tem 72 anos e possui contrato com a Unimed desde 1999. A mensalidade dele esta cada vez mais alta.
Desde de ja aradeco a orientacao.
drylima@gmail.com
20) Vania - Vania_alves1977@yahoo.com.br (05/01/2010 às 20:35:51) IP: 201.17.43.163
O Plano de saúde UNIMED ARARUAMA do meu pai e da minha mae era 468,00 e agora que ele completou 60 anos foi para 748,00, eles sao clientes desde abril de 2003. ISSO ESTA CORRETO? pOR FAVOR URGENTE, ESTOU COM A FATURA EM CASA PARA PAGAR ATE DIA 06/JAN
21) Izabel - Bebel209@hotmail.com (21/01/2010 às 02:27:44) IP: 189.70.120.233
Fiz 56 anos em setembro 2009, o meu plano de saúde da Sul America subiu de 449,01 para 767,78, quase 71%, liguei para a Sul america e falaram que era mudança de faixa etária. O meu plano é de Março de 97 e ao ligar para eles, disseram para ficar a vontade para mudar de plano se eu quizesse e consultando outras operadoras existem as carencias, como também que os aumentos por faixa etária continuariam por mais tempo. O que fazer? A quem recorrer?Agradeço desde já se me orientar.
22) Roselia (01/02/2010 às 21:02:32) IP: 201.9.177.179
Minha mãe tem 85 anos e este mês amentou de 416 para 445.
Este aumento é certo ? Pela idade dela ainda pode haver aumento ?
23) José (22/04/2010 às 17:08:18) IP: 187.126.37.230
Qualquer comentário ou opinião que venha a esclarecer dúvidas,é de suma importância para os conveniados dos planos de saúde,em razão de que s.m.j,são entidades desprovidas de qualquer sentimentos de escrúpulos.Só pensam naquilo (Grana)O restp é que se F.....
24) Dulce (21/06/2011 às 09:14:31) IP: 201.68.75.6
Achei importante ter certas informações sobre planos de saude, pois como leigos fica difícil saber o que está correto e recorrer ao procon é muito dificil pelas extensas filas e demora. Obrigado por poder nos ajudar. Dulce
25) Monica (26/09/2011 às 22:13:58) IP: 201.87.50.89
Aos que postaram estas dúvidas terei prazer em compartilhar minha experiência na área com vocês. Abraços a todos, Mônica: m_steagall@hotmail.com
26) Paulo (27/12/2016 às 17:50:43) IP: 187.23.81.171
Das perguntas dos demais, aqui, aonde estão as respostas, nós entendemos que se apresentam como nos devemos defender e, que aqui é um forum, ou grupo para termos esclarecimentos, que tenha as repostas, por que perguntas milhões de pessoas podem postar, mas então as respostas são voltadas em separado, desta forma é entendivel que não deveriam então apresentar as perguntas de cada um que venha aqui, por que gera dúvida e questionamentos de que existem uma idéia do tipo "pegar curiosos"!!!!!!


Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados