JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Síndico e Engenheiro: parceria permanente


Autoria:

Cirelle Souza


Advogada com atuação no Estado do Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal. Visite: www.cirellesouza.adv.br

Telefone: 61 30379819


envie um e-mail para este autor

Outros artigos da mesma área

O STJ - Superior Tribunal de Justiça confirma alterações na Lei de Condomínios na proteção dos condôminos adimplentes

BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A ALTERAÇÃO DAS FACHADAS NOS CONDOMÍNIOS: ENVIDRAÇAMENTO DE VARANDAS E COLOCAÇÃO DE PLACAS E LETREIROS

A MISSÃO DE ESCOLHA DO SÍNDICO

Informações interessantes sobre Condomínio

Condomínios de Fato e de Direito

Falta de recebimento do boleto de condomínio: isso justifica a não aplicação de multas e juros ao condômino?

Morar (bem) em condomínio exige respeito mútuo.

ATA, INTRUMENTO DE REGISTO E PUBLICAÇÃO DAS DELIBERAÇÕES DA ASSEMBLÉIA

DELEGAÇÃO DE FUNÇÕES OU PODERES DO SÍNDICO:INSTRUMENTO DE ALIVIO ÀS COMPETENCIAS DO SÍDICO OU CRIAÇÃO DE ÁREAS CONFLITANTES NA ADMINISTRAÇÃO DO CONDOMINIO

PENAS RESTRITIVAS DE DIREITO AOS CONDÔMINOS INADIMPLENTES: suspensão do fornecimento de serviços essenciais e restrição ao acesso às áreas comuns do condomínio.

Mais artigos da área...

Resumo:

A importância de profissionais especializados para auxiliar o síndico na gestão do condomínio.

Texto enviado ao JurisWay em 02/03/2018.

Última edição/atualização em 03/03/2018.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Para a segurança da coletividade faz-se necessário profissionais especializados, competentes e éticos. O síndico precisa ter a consciência que para gerir uma comunidade a contratação de responsável técnico permite-lhe dormir tranquilo.

Não entendeu, caro leitor?! Exemplifico...

A pedido do síndico em mantê-lo no anonimato relata a suspeita de vazamento de gás-GLP e ao contatar a empresa fornecedora do produto foi comunicado que não havia anormalidades e que o condomínio mesmo com mais de 10 (dez) anos não precisava fazer teste de estanqueidade. Ocorre que, por questão de garantia da coletividade e individual do síndico solicita a realização do teste, troca dos registros, ART e laudo.

Recentemente, apesar das providências anteriores este mesmo síndico solicita minha ajuda para orientá-lo de como proceder devido a desconfiança e mal cheiro de gás-GLP persistente e a preocupação de risco iminente de explosão próximo aos quadros de energia.

Como no início do texto, rapidamente, orientei a contratar de imediato um responsável técnico de sua confiança para acompanhar as ações da empresa fornecedora de gás-GLP e a companhia que realizou o teste. Acontece que, devido à falta de tempo e emergência do caso pediu indicação e sem medo de errar lhe disse: “Peça socorro ao Dr Mário Galvão”. Sabe por que? Por acreditar em seu profissionalismo e ter a certeza que estará ao lado da comunidade condominial e do síndico acompanhando e fiscalizando toda e qualquer irregularidade e, acima de tudo, apontando as soluções dos problemas.

Porém, os leitores podem me perguntar: ‘Mas como tem tanta certeza da atuação do profissional supracitado”?

Finalmente, com esta singela contribuição lhes respondo: “Por ter contratado para desempenhar suas atribuições no condomínio em que sou síndica moradora e por experiência própria certificar da importância de se ter profissional gabaritado e de confiança para minha gestão”.

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Cirelle Souza) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados