JurisWay - Sistema Educacional Online
 
Kit com 30 mil modelos de petições
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

SISTEMÁTICA DE EVOLUÇÃO DO SALÁRIO-DE-BENEFÍCIO NOS CÁLCULOS PREVIDENCIÁRIOS - Parte 4


Autoria:

Francisco Carlos Desideri


Contabilista, inscrito no CRCSP. Programador Delphi. Especialista em Cálculos Judiciais. Escritor.

envie um e-mail para este autor

Outros artigos da mesma área

FONTES DE CUSTEIO DA SEGURIDADE SOCIAL

"APOSENTADORIA ESPECIAL: UM BENEFICIO PREVIDENCIÁRIO EXTINTO?"

Aposentadoria e pensão junto ao INSS ou Judiciário

A REFORMA DA PREVIDÊNCIA: QUEM VAI PAGAR A CONTA?

DESAPOSENTAÇÃO

DA INAPLICABILIDADE DE PRAZO DECADENCIAL CONTRA O BENEFICIÁRIO NO CASO DE ERRO ADMINISTRATIVO OU MÁ-FÉ COM FULCRO NO DISPOSTO NO ART. 103-A, DA LEI Nº 8.213/91

Novas Mudanças nos Benefícios de Auxilio Doença e Aposentadoria por Invalidez

DA PROVA DE INCAPACIDADE PARA O EXERCÍCIO DE ATIVIDADE LABORATIVA OU HABITUAL PARA FINS DE CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS OU SERVIÇO PREVIDENCIÁRIO NO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

COMO CALCULAR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO EM CÁLCULOS PREVIDENCIÁRIOS

Dos crimes contra a Seguridade Social

Mais artigos da área...

Resumo:

O presente artigo busca esclarecer, para aqueles que estão iniciando nesta área, a sistemática de evolução do salário-de-benefício, iniciando pela época anterior à CF/88 até nossos dias.

Texto enviado ao JurisWay em 13/05/2013.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

SISTEMÁTICA DE EVOLUÇÃO DO SALÁRIO-DE-BENEFÍCIO NOS CÁLCULOS PREVIDENCIÁRIOS - Parte 4

 

Francisco Carlos Desideri

Contabilista - escritor dos livros: Manual dos Cálculos Previdenciários e Coletânea de Citações Jurídicas na Bíblia.

Email: francisco@portojuridico.com.br

site: www.portojuridico.com.br

4. Fator de atualização dos benefícios e salário mínimo



Data

Fator

Salário mínimo

moeda

05/1974

1,210000

376,80

Cr$

05/1975

1,380000

532,80

Cr$

05/1976

1,430000

768,00

Cr$

05/1977

1,400000

1.106,40

Cr$

05/1978

1,390000

1.560,00

Cr$

05/1979

1,440000

2.268,00

Cr$

11/1979

1,292600

2.932,80

Cr$

05/1980

1,414700

4.149,60

Cr$

11/1980

1,394900

5.788,80

Cr$

05/1981

1,508200

8.464,80

Cr$

11/1981

1,449900

11.928,00

Cr$

05/1982

1,430100

16.608,00

Cr$

11/1982

1,459800

23.568,00

Cr$

05/1983

1,475000

34.776,00

Cr$

11/1983

1,642000

57.120,00

Cr$

05/1984

1,701000

97.176,00

Cr$

11/1984

1,713000

166.560,00

Cr$

05/1985

1,890000

333.120,00

Cr$

11/1985

1,703000

600.000,00

Cr$

03/1986

1,267300

804,00

Cz$

01/1987

1,200000

964,80

Cz$

03/1987

1,417900

1.368,00

Cz$

05/1987

1,200000

1.641,60

Cz$

06/1987

1,200000

1.969,92

Cz$

07/1987

1,000000

1.969,96

Cz$

08/1987

1,000000

1.970,00

Cz$

09/1987

1,076800

2.400,00

Cz$

10/1987

1,076800

2.640,00

Cz$

11/1987

1,076800

3.000,00

Cz$

12/1987

1,123100

3.600,00

Cz$

01/1988

1,123100

4.500,00

Cz$

02/1988

1,123100

5.280,00

Cz$

03/1988

1,889000

6.240,00

Cz$

04/1988

1,161900

7.260,00

Cz$

05/1988

1,161900

8.712,00

Cz$

06/1988

1,176800

10.368,00

Cz$

07/1988

1,176800

12.444,00

Cz$

08/1988

1,176800

15.552,00

Cz$

09/1988

1,213900

18.960,00

Cz$

10/1988

1,213900

23.700,00

Cz$

11/1988

1,266899

30.800,00

Cz$

12/1988

1,281500

40.425,00

Cz$

01/1989

1,284301

54,37

NCz$

02/1989

1,354799

63,90

NCz$

05/1989

1,331458

81,40

NCz$

06/1989

1,166700

120,00

NCz$

07/1989

1,294000

149,80

NCz$

08/1989

1,274000

192,88

NCz$

09/1989

1,331800

249,48

NCz$

10/1989

1,363500

381,73

NCz$

11/1989

1,387600

557,33

NCz$

12/1989

1,484700

788,18

NCz$

01/1990

1,512800

1.283,95

NCz$

02/1990

1,681900

2.004,37

NCz$

03/1990

1,739900

3.674,06

Cr$

06/1990

2,241768

3.857,76

Cr$

07/1990

1,116400

4.904,76

Cr$

08/1990

1,126200

5.203,76

Cr$

09/1990

1,121800

6.056,31

Cr$

10/1990

1,142600

6.425,14

Cr$

11/1990

1,144300

8.329,55

Cr$

12/1990

1,169200

8.836,82

Cr$

01/1991

1,191400

12.325,60

Cr$

02/1991

1,209500

15.849,00

Cr$

03/1991

1,201984

17.000,00

Cr$

09/1991

2,470600

42.000,00

Cr$

01/1992

2,198234

96.037,33

Cr$

05/1992

2,303616

230.000,00

Cr$

09/1992

2,247900

522.186,90

Cr$

01/1993

2,412100

1.250.700,00

Cr$

03/1993

1,366700

1.709.400,00

Cr$

05/1993

1,917000

3.303.300,00

Cr$

07/1993

1,404600

4.639.800,00

Cr$

08/1993

1,192600

5.534,00

CR$

09/1993

1,707300

9.606,00

CR$

10/1993

1,251700

12.024,00

CR$

11/1993

1,249200

15.021,00

CR$

12/1993

1,248900

18.760,00

CR$

01/1994

1,752800

32.882,00

CR$

02/1994

1,302500

42.829,00

CR$

03/1994

1,000000

64,79

R$(URV)

05/1995

1,428600

100,00

R$

04/1996

1,000000

100,00

R$

05/1996

1,150000

112,00

R$

06/1997

1,077600

120,00

R$

06/1998

1,048100

130,00

R$

06/1999

1,046100

136,00

R$

06/2000

1,058100

151,00

R$

06/2001

1,076600

180,00

R$

06/2002

1,092000

200,00

R$

06/2003

1,197100

240,00

R$

05/2004

1,045300

260,00

R$

05/2005

1,063600

300,00

R$

04/2006

1,050000

350,00

R$

08/2006

1,000096

350,00

R$

04/2007

1,033000

380,00

R$

03/2008

1,050000

415,00

R$

02/2009

1,059200

465,00

R$

01/2010

1,077200

510,00

R$

01/2011

1,064700

540,00

R$

01/2012

1,060800

622,00

R$

01/2013

1,062000

678,00

R$



Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Francisco Carlos Desideri) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados