JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Sejamos disruptivos!


Autoria:

Gustavo Rocha


Advogado Pós-Graduado Gerente jurídico por 4 anos Membro da comissão especial de Processo Eletrônico da OAB/RS Membro da comissão especial de Fiscalização e Ética Profissional da OAB/RS Membro da comissão permanente de Acesso a Justiça do Conselho Federal da OAB Implanta gestão e softwares jurídicos desde 1997 Sócio da Consultoria GustavoRochacom, inscrita no CRA/RS 003799/O Presta exclusivamente consultoria nas áreas de gestão, tecnologia, marketing jurídico e processo eletrônico. 10 anos de consultoria direcionada em escritórios e departamentos jurídicos no Brasil e Portugal Mais de 2000 artigos publicados no portal www.gustavorocha.com Canal no Youtube (gustavorochacom) com aulas, palestras e dicas práticas Palestrante e professor convidado de universidades e cursos de Pós-Graduação pelo país nas áreas de gestão, tecnologia, marketing jurídico e processo eletrônico Contato direto: gustavo@gustavorocha.com

envie um e-mail para este autor

Resumo:

Sejamos disruptivos!

Texto enviado ao JurisWay em 10/07/2019.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Muito se fala em ser disruptivo, em construir algo diferente, em sair da caixa, entretanto, o que mais encontramos no mercado é rotulagens diferentes para os mesmos produtos.

Por óbvio que isto não serve pra todos, há movimentos amplamente disruptivos e inspiradores ao ecossistema de inovação, embora ainda sejam pequenos perto do restante do mercado.

Neste sentido, o amigo Erik Nybo disponibilizou gratuitamente (desde que citando os autores) um modelo de contrato totalmente diferente dos padrões jurídicos ditos como normais.

Ao ver o modelo – que ele disponibiliza inclusive de forma editável – percebemos claramente que a parte mais importante do contrato foi feita: Ele é intelegível, ou seja, de fácil compreensão.

E pode parecer pouco isto, mas nos dias atuais, tanto pelo analfabetismo funcional generalizado da sociedade, tanto pelo apelo de dizer não ao juridiquês, torna-se essencial criar maneiras mais simples, diretas, diferentes dos padrões, ou seja, disruptivas.

Acesse neste site um explicativo sobre o contrato e o modelo editável

https://github.com/erikfontenelenybo/Contrato-Open-Source

 

Inspirador, não é mesmo?

E que tal aproveitar esta inspiração para produzir algo diferente também?

E sem medo de concorrência ou de furto de ideias, que tal compartilhar com todo ecossistema?

Será nesta atitude o quebra de paradigmas para que um novo mindset se forme e terás uma experiência no mínimo incrível: De como na troca de informações e ideias podemos crescer mais e mais.

Quem doa seu conhecimento não perde o que tem e saberá mais ainda quando a troca se efetivar (o seu conhecimento e o do outro).

Vamos ser disruptivos?

 

#FraternoAbraço

Gustavo Rocha
Consultoria GustavoRocha.com  |  Gestão, Tecnologia e Marketing Estratégicos
Robôs  | Inteligência Artificial  |  Jurimetria
(51) 98163.3333  | gustavo@gustavorocha.com  | www.gustavorocha.com

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Gustavo Rocha) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2022. JurisWay - Todos os direitos reservados