JurisWay - Sistema Educacional Online
 
Kit com 30 mil modelos de petições
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Sejamos disruptivos!


Autoria:

Gustavo Rocha


Advogado Pós-Graduado Gerente jurídico por 4 anos Membro da comissão especial de Processo Eletrônico da OAB/RS Membro da comissão especial de Fiscalização e Ética Profissional da OAB/RS Membro da comissão permanente de Acesso a Justiça do Conselho Federal da OAB Implanta gestão e softwares jurídicos desde 1997 Sócio da Consultoria GustavoRochacom, inscrita no CRA/RS 003799/O Presta exclusivamente consultoria nas áreas de gestão, tecnologia, marketing jurídico e processo eletrônico. 10 anos de consultoria direcionada em escritórios e departamentos jurídicos no Brasil e Portugal Mais de 2000 artigos publicados no portal www.gustavorocha.com Canal no Youtube (gustavorochacom) com aulas, palestras e dicas práticas Palestrante e professor convidado de universidades e cursos de Pós-Graduação pelo país nas áreas de gestão, tecnologia, marketing jurídico e processo eletrônico Contato direto: gustavo@gustavorocha.com

envie um e-mail para este autor

Outros artigos do mesmo autor

Privacidade custa caro!
Proteção de Dados

Startups. E agora?
Desenvolvimento Profissional

Entrevista com Santo Ivo, sobre jurimetria e destino!
Desenvolvimento Pessoal

Das etapas de elaboração de um DPIA
Proteção de Dados

Vamos pensar no seu negócio ainda em 2019?
Desenvolvimento Pessoal

Mais artigos...

Resumo:

Sejamos disruptivos!

Texto enviado ao JurisWay em 10/07/2019.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Muito se fala em ser disruptivo, em construir algo diferente, em sair da caixa, entretanto, o que mais encontramos no mercado é rotulagens diferentes para os mesmos produtos.

Por óbvio que isto não serve pra todos, há movimentos amplamente disruptivos e inspiradores ao ecossistema de inovação, embora ainda sejam pequenos perto do restante do mercado.

Neste sentido, o amigo Erik Nybo disponibilizou gratuitamente (desde que citando os autores) um modelo de contrato totalmente diferente dos padrões jurídicos ditos como normais.

Ao ver o modelo – que ele disponibiliza inclusive de forma editável – percebemos claramente que a parte mais importante do contrato foi feita: Ele é intelegível, ou seja, de fácil compreensão.

E pode parecer pouco isto, mas nos dias atuais, tanto pelo analfabetismo funcional generalizado da sociedade, tanto pelo apelo de dizer não ao juridiquês, torna-se essencial criar maneiras mais simples, diretas, diferentes dos padrões, ou seja, disruptivas.

Acesse neste site um explicativo sobre o contrato e o modelo editável

https://github.com/erikfontenelenybo/Contrato-Open-Source

 

Inspirador, não é mesmo?

E que tal aproveitar esta inspiração para produzir algo diferente também?

E sem medo de concorrência ou de furto de ideias, que tal compartilhar com todo ecossistema?

Será nesta atitude o quebra de paradigmas para que um novo mindset se forme e terás uma experiência no mínimo incrível: De como na troca de informações e ideias podemos crescer mais e mais.

Quem doa seu conhecimento não perde o que tem e saberá mais ainda quando a troca se efetivar (o seu conhecimento e o do outro).

Vamos ser disruptivos?

 

#FraternoAbraço

Gustavo Rocha
Consultoria GustavoRocha.com  |  Gestão, Tecnologia e Marketing Estratégicos
Robôs  | Inteligência Artificial  |  Jurimetria
(51) 98163.3333  | gustavo@gustavorocha.com  | www.gustavorocha.com

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Gustavo Rocha) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados