JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Impressões sobre a Educação a Distância - EaD


Autoria:

Stephany D. Pereira Mencato


Advogada, bacharel em Direito pela - UDC. Pós-graduanda em Relações Internacionais Contemporâneas e Graduanda em Ciências Políticas e Sociologia pela - UNILA. Alguns escritos: http://www.stephanymencato.com.br/blog

envie um e-mail para este autor

Resumo:

A modalidade de Ensino a Distância se desenvolveu grandemente nos últimos anos, quais seus principais desafios, e como os órgãos regulamentadores vem organizando os princípios educacionais que regem o EaD?

Texto enviado ao JurisWay em 02/08/2016.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Não existe uma única definição para EaD pois sua normatização é relativamente recente no país, entretanto o que permeia as diferentes definições – produzidas em épocas distintas - é o vínculo que deve existir entre um processo de ensino planejado e o uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), mas podemos definir EaD como uma modalidade de ensino mediada por diferentes tecnologias de informação e comunicação, em que as atividades de ensino-aprendizagem são desenvolvidas, em sua grande maioria, sem a presença física de alunos e professores no mesmo espaço e tempo, privilegiando a interação e a cooperação entre os sujeitos envolvidos, certamente tal modalidade mostra-se uma solução viável e prática para aumentar o acesso aos estudos e ampliar a capacitação intelectual em diferentes níveis, é  difícil imaginar uma preparação melhor para demandas profissionais cada vez mais exigentes em que o tempo disponível para o aprendizado mostra-se cada vez menor.

No entanto seus desafios são complexos: como despertar e manter o interesse dos cursistas? Como promover a interação tecnológica de modo acessível? Como possibilitar o desconectar-se do dia-a-dia do cursista durante o estudo? Como tornar o ensino de fato eficaz? Certamente a disciplina e comprometimento do cusista influenciará diretamente nestes resultados, e mesmo estes problemas não anulam os principais item de destaque na escolha desta modalidade de ensino: a flexibilidade do tempo e local, o alcance a áreas longínquas e de difícil acesso, aproximação com diferentes tecnologias.

Tendo com maioria de seus cursistas mulheres, com idade entre trinta anos ou mais a proposta de novos conceitos, ideias, posicionamentos e alternativas pedagógicas mostram-se importantíssimas.

PRINCÍPIOS DE QUALIDADEAPRESENTADOS PELO MEC PARA O PLANEJAMENTO E OFERTA DE CURSOS À DISTÂNCIA

1) Concepção de educação e currículo no processo de ensino e aprendizagem - O projeto político pedagógico deve apresentar sua opção epistemológica de educação, de currículo, de ensino, de aprendizagem, de perfil do estudante que deseja formar opção epistemológica o que norteará também toda a proposta de organização do currículo e seu desenvolvimento, devendo especificar claramente a configuração do material didático que será utilizado, como a organização em disciplina, módulo, tema, área, reflete a escolha feita pelos sujeitos envolvidos no projeto oportunidade de interagir, de desenvolver projetos compartilhados, de reconhecer e respeitar diferentes culturas e de construir o conhecimento a superação da visão fragmentada do conhecimento e dos processos naturais e sociais ensejado a estruturação curricular por meio da interdisciplinaridade e contextualização [neste sentido a imagem apresenta o público alvo atingido em maior escala pelos cursos EAD, mulher acima de 28 anos, bem como a diversidade de materiais à este ensino vinculados e à disposição da aluna] ; 2) Sistemas de Comunicação – advindos da popularização e democratização do acesso às tecnologias de informação e de comunicação devem ser apoiados em uma filosofia de aprendizagem que proporcione aos estudantes efetiva interação no processo de ensino e aprendizagem, bem como o desenvolvimento de projetos compartilhados, o reconhecimento e respeito em relação às diferentes culturas, visando a construção do conhecimento, estes sistemas deverão ter sempre o estudante como centro do processo educacional e a interação deve ser apoiada em um adequado sistema de tutoria e de um ambiente computacional [reflete-se tal na imagem uma vez q a personagem imagina a interação futura que terá, bem como os códigos de sistemas e meios de comunicação que a cercam]; 3) Material didático - deve desenvolver habilidades e competências específicas, recorrendo a um conjunto de mídias compatível com a proposta e com o contexto socioeconômico do público-alvo do curso, sua produção poderá se dar a partir de material impresso, vídeos, programas televisivos e radiofônicos, videoconferências, CD-Rom, páginas WEB, em fim diversos objetos de aprendizagem para uso a distância, devendo sempre atender a diferentes lógicas de concepção, produção, linguagem, estudo e controle de tempo, tendo por fim o melhor desenvolvimento do ensino/aprendizagem do objeto proposto [pela imagem disposta percebemos que tal pode se dar do tradicional quadro de exposição e livros, aos mais modernos meios tecnológicos de questionários online e vídeos interativos]; 4) Avaliação – quando referente ao processo de aprendizagem deverá ajudar o estudante a desenvolver graus mais complexos de competências cognitivas, habilidades e atitudes, possibilitando-lhe alcançar os objetivos propostos, promovendo sempre o permanente acompanhamento dos estudantesquando referente a avaliação institucional deverá configurar-se em um processo permanente e consequente de forma a subsidiar o aperfeiçoamento dos sistemas de gestão e pedagógico, produzindo efetivamente correções na direção da melhoria de qualidade do processo; 5) Equipe multidisciplinar – faz referência ao fato de o EAD compreender docentes (capazes de estabelecer os fundamentos teóricos do projeto; selecionar e preparar todo o conteúdo curricular articulado a procedimentos e atividades pedagógicas; identificar os objetivos referentes a competências cognitivas, habilidades atitudes; definir bibliografia, videografia, iconografia, audiografia, tanto básicas quanto complementares; elaborar o material didático para programas a distância; realizar a gestão acadêmica do processo de ensino-aprendizagem, em particular motivar, orientar, acompanhar e avaliar os estudantes; avaliar -se continuamente como profissional participante do coletivo de um projeto de ensino superior a distância), tutores (atuam a partir da instituição, mediando o processo pedagógico junto a estudantes geograficamente distantes, e referenciados aos polos descentralizados de apoio presencial. Sua principal atribuição deste profissional é o esclarecimento de dúvidas através fóruns de discussão pela Internet, pelo telefone, participação em videoconferências, entre outros, de acordo com o projeto pedagógico) e pessoal técnico administrativo (duas dimensões principais: a administrativa e a tecnológica); 6) Infra-estrutura de apoio – Esta subdivide-se e quando tratar-se de infra-estrutura material refere-se aos equipamentos de televisão, videocassetes, áudio-cassetes, fotografia, impressoras, linhas telefônicas, inclusive dedicadas para Internet e serviços 0800, fax, equipamentos para produção audiovisual e para videoconferência, computadores ligados em rede e/ou stand alone e outros, já quando referente ainfra-estrutura estrutura física, corresponderá a sede da instituição e polos de apoio presencial; 7) Gestão Acadêmico – Corresponde a via administrativa do EAD, que deverá explicitar seu referencial de qualidade em seu processo de gestão, apresentando em seu projeto de sistema de educação a distância, o atendimento, em particular, a serviços básicos; 8) Sustentabilidade financeira – visa um equilíbrio financeiros dos EAD, que surgirá a partir de uma planilha de custos do projeto, como um todo, em consonância com o projeto político-pedagógico e a previsão de recursos.

 

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Stephany D. Pereira Mencato) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2020. JurisWay - Todos os direitos reservados