JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Servidor Público na Lei 8.112 com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

INSTALAÇÃO PARA ESTOCAGEM DE PRODUÇÃO


Autoria:

Rilawilson José De Azevedo


Sou Licenciado e Bacharel em História pela UFRN e Bacharel em Direito pela UFRN. Policial Militar do Rio Grande do Norte e detentor de 19 curso da rede SENASP/EAD.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

A finalidade básica deste estudo é apresentar soluções e melhorias no setor de estocagem das telhas ceramista. Este artigo tem como objetivo introduzir ideias favoráveis à organização, para melhores condições de estocagem.

Texto enviado ao JurisWay em 31/03/2015.

Última edição/atualização em 07/04/2015.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

UESSBA – UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DO SERTÃO DA BAHIA

Alcione Kellys Nascimento de Oliveira[1]

Diógenes Oliveira Dantas[2]

Severino Ramos de Azevedo Neto[3]

Teresinha Alves de Medeiros Neta[4]

  

JARDIM DO SERIDÓ – RN  2015

 

Artigo apresentado à Universidade de Ensino Superior Do Sertão da Bahia -  UESSBA, como requisito avaliativo da disciplina Administração de Materiais e Patrimônio do período letivo 2015.1.

 

RESUMO

 

A finalidade básica deste estudo é apresentar soluções e melhorias no setor de estocagem das telhas ceramista. Este artigo tem como objetivo introduzir ideias favoráveis à organização, para melhores condições de estocagem. Realizou-se uma pesquisa de campo, na Cerâmica Boa Esperança, situada no sítio Volta Município desta cidade de Jardim do Seridó - RN, Procurando enfatizar a importância da instalação de campos de estocagem de forma correta, para melhor conservação do produto.

 

Palavras-chave: Soluções. Organização. Instalação.

 

Notas introdutórias

O presente trabalho tem como tema instalação para estocagem de telha, frente às melhores condições de estocagem em cerâmicas, para adquirir conhecimentos, sugestões e suprir as necessidades da cerâmica em estudo.

Segundo Viana (2006), pode-se definir estoque assim:

 

Materiais, mercadorias ou produtos acumulados para utilização posterior, de modo a partir o atendimento regular das necessidades dos usuários para a continuidade das atividades da empresa, sendo estoque gerado, consequentemente pela impossibilidade de prever-se a demanda com exatidão.

 

Quando se fala em instalações para estocagem, vê-se a necessidade das organizações adquirirem espaços adequados para armazenagem seus produtos. Visto isso vimos à melhoria que poderíamos trazer a cerâmica estudada visando maneiras, mas viáveis no seu crescimento, priorizando pontos importantes como acessibilidade aos insumos e seus produtos acabados, mantendo um fluxo seguro em seu estoque tendo como objetivo um respectivo aumento no lucro da empresa que ira refletir em  desenvolvimento  para o nosso município, pois se trata de quarenta e oito empregos diretos e muitos outros não contabilizados que depende indiretamente da empresa, que tem impacto real em  nossa economia.

Vimos que a organização empresarial é a base de qualquer empresa, pois é através dessa que se dá melhores condições de trabalho, gerando mais lucro.

Enfim, estudamos a cerâmica, pois acreditamos no potencial da mesma, e com a pesquisa de campo constatamos tudo que achávamos  necessário para algumas adaptações em busca de melhoria da mesma, tentando se consolidar cada vez mais em nosso mercado  gerando emprego e renda para o município.

Nesse contexto, o objetivo primordial desse estudo é, pois, investigar como devem ser construídos os campos de estocagem da Cerâmica Boa Esperança.

Para alcançar os objetivos propostos, utilizou-se uma pesquisa de campo, realizada na cerâmica Boa Esperança, localizada no sítio volta BR 427, Km 54, Neste município de Jardim do Seridó - RN.


Estocagem de Telhas na Cerâmica Esperança

Em uma organização ceramista é notável, um grande avanço das tecnologias necessárias para um bom desenvolvimento, pois se não acompanhamos os avanços tecnológicos seremos destruídos pelo mundo globalizado em que nos encontramos.

Para isso precisamos exerce uma  excelente administração com intuito de promover á organização, buscando a interação e satisfação dos clientes, manter um grande controle financeiro, orçamentário, dos recursos humanos e principalmente do estoque o qual  tratamos como priorização no foco da pesquisa em quer estamos ministrando. 

Para uma estocagem de qualidade é preciso uma analise do ambiente em que ira armazenar os seus produtos, adequação do setor de acordo com o produto, manter o fluxo de entrada e saída constante, respectivamente reduzir o índice de risco nesse setor, visando manter a busca pela eficiência, de forma á controlar os prejuízos consequentemente, o aumento nos lucros da empresa. 

Segundo Viana (2002, p. 361), qualquer que seja o método, é fundamental a plena observância das rotinas em prática a fim de se evitar problemas de controle, com consequências no inventário, que redundam em prejuízos para a empresa.

  

         Portanto, é notável á deficiência no setor de estocagem da cerâmica, alvo do nosso estudo, pois a mesma apresenta um auto índice de perda de seus produtos, pela falta de adequação do mesmo, Levando em conta o pouco uso de tecnologias voltadas ao ramo ceramista que já é utilizada por muitas empresas concorrentes, que introduziram buscando minimiza os riscos, mantendo ótimos resultados fazendo com que elas estejam bem a frente. Tudo isso levado em conta, acarreta na perca de receita da empresa estudada.

 

Segundo dias/2010Artigo publicado na Revista CEPPG – Nº 24 – 1/2011 – ISSN 1517-8471 – Páginas 37 a 44

 

Nos aspectos internos, destacaria as condições de matéria prima e as instalações. E custos para atingir e manter determinado nível de qualidade, no que se referem os aspectos externos levaria em consideração o desejo do consumidor em adquirir tal produto. Para manter o padrão de qualidade deve ter padrões de qualidade a serem seguidos, em vista disso os padrões de qualidade deverão ser o mais pratico possível no sentido de facilitar o processo desde as compras ate o processo final de estocagem do produto acabado. (autor, ano, Pp. 37 a 44)

           

Assim, Segundo Dias: um abordagem logística.6.Ed.SãoPaulo: atilas 2010, as telhas devem ser acondicionadas em local plano, de superfície horizontal, firme e limpas, de preferência sobre uma camada de areia, evitando assim que as telhas estocadas surgem em contato com a terra ou barro. Deve se evitar ao máximo as mudanças de local, deslocando as telhas somente para colocação no telhado.

 

Para uma organização estar a frente de seus concorrentes, é preciso   ousar, seja na implantação de  tecnologias, na capacitação de seus colaboradores ou em sua estruturação física, deste modo alcançaram o sucesso e juntamente referência no mercado competitivo. Tudo isso pode ser aplicada necessariamente em todo parâmetro da instituição pesquisada, mas prioritariamente no setor de armazenagem de seus produtos, onde percebemos inúmeras  deficiência na qualidade de como é estocado seu principal produto a telha ,algo que necessita de maiores  cuidado a começa de seu transportamento ate  sua forma de armazenagem, pois podem ser degradadas com a mal distribuição que elas estão localizadas, trazendo assim desperdícios desnecessários da mesma para a organização, ocasionando uma despesa desnecessária que poderá ser corrigida

.

Arozo (2004) afirma que os modelos de estoque adotados devem estar preparados para sofrer eventuais alterações, possibilitando ao gestor encontrar

a causa de alguma mudança no estoque através do acompanhamento dos indicadores de conformidade do processo. O sistema de indicadores deve ser estruturado a partir de uma lógica de causa-e-efeito, na qual os indicadores de conformidade do processo e os de custo e nível de serviço estejam relacionados através dos modelos de estoque adotados.

Portanto, através desses estudos, nós vimos as melhorias que poderíamos trazer a cerâmica estudada, trazendo melhores condições de estocagem, diminuindo o numero de produtos desgastados , evitando assim desperdícios de matéria-prima e produtos acabados, gerando mais lucratividade para a organização.

 

Notas conclusivas

 

Diante do exposto, conclui-se que a Cerâmica Boa esperança é uma empresa tipicamente de nossa região, administrada por familiares que se prende a costumes antigos passado de forma hereditária, geração apos geração, o seus métodos administrativos, por ter como base o mantimento da mesma, “popularmente falando se apoião a seus costumes pelo fator da empresa continuar funcionando através do que o foi ensinado ao longo da vida”, Sem a introdução especifica de profissionais administrativos onde em conjunto poderiam aplicar conhecimento, habilidade e atitude com intuito de catalisar o crescimento da empresa, buscando reduzir os prejuízos, eventualmente tendo um aumento no lucro. Sabe-se  que hoje muitas a empresa  procurar minimizar os seus prejuízos ações através de novas técnicas e modo de trabalho lançado a todo momento, em um ramo ceramista é essencial utilizar se de métodos de reutilização e reciclagem de seu produtos, a órgão que disponibilizar de vários profissionais  como ABC, Associação Brasileira dos ceramista, ANICER Associação Nacional da Industria Cerâmica e o SEBRAE Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas empresas, todos eles disponibilizando de vários cursos e assessorias com  a finalidade de promover melhorias ao empreendo.   

Lançando mão devidamente da criação de um  projeto de  reformulação na empresa, é inevitável a priorização de melhorias nas instalações de armazenagens de seus insumos e produtos, investindo forte em tecnologias que irar proporcionar maior acessibilidade, fluxo, manutenção e redução nos desperdícios de tempo e custos. Mais para isso é preciso restabelecer um pensamento de mudança visando uma longevidade da sua empresa, introduzindo projetos indicados por especialista na área, que tenha como base a situação financeira atual, buscando inovar de  forma a manter a excelência rotineira, respectivamente dando um salto para o avanço, deixando costumes arcaicos de lado, ressurgindo um novo estilo baseado no mundo atual, onde é a cada dia surgir algo diferente seja para proceder ou  retroceder , acabe a você  escolher em quer parâmetro que ficar regredir, estabelecer ou o avanço sempre estando entre os melhores, tido como base e referencia em gestão administrativa. Por tanto deixo minha considerações finais e o agradecimento a todos que fazem parte da Cerâmica Boa Esperança pelo ato de permitir estar pesquisa no âmbito de sua empresa, onde diante de todo o trabalho realizado possa servir de base para uma reformulação em seus costumes permitindo abertura para adaptações em buscas de uma evolução a torna-la uma das maiores no seu seguimento em nossa região.   

 Finalizamos este artigo com uma teoria que não iras encontrar em um livro de administração, mas tem algo relacionado a todo os paramentos de nossa vida pessoal e profissional. Não é o mais forte e nem mais inteligente a sobrevive, mas o que melhor se adapta ao ambiente. Charles Darwin, Teoria da evolução,

 

 



[1] Bacharelanda em Administração de Empresas, pela UESSBA, polo Jardim do Seridó – RN.

[2] Bacharelando em Administração de Empresas, pela UESSBA, polo Jardim do Seridó - RN.

[3] Bacharelando em Administração de Empresas, pela UESSBA, polo Jardim do Seridó - RN.

[4] Bacharelanda em Administração de Empresas, pela UESSBA, polo Jardim do Seridó – RN.

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Rilawilson José De Azevedo) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados