JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Teoria das Janelas Quebradas


Autoria:

Julia Dullius Porn


Sou estudante do curso de Direito do Centro Universitário Univates da cidade de Lajeado - RS, estou aproximadamente no 8º semestre.

Texto enviado ao JurisWay em 19/03/2013.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

 

Foi um estudo que estabeleceu uma relação entre desordem
e criminalidade
feito por James Q. Wilson e George Kelling, usaram
a imagem de
janelas quebradas querendo mostrar que a desordem
e a crimi
nal idade poderiam causar uma certa decadência na
sociedade.

Eles acreditavam que se uma janela fosse quebrada e
ninguém a conse
rtasse imediatamente, as pessoas achariam que
n
inguém se importava, e aos poucos a desordem apareceria e mais
janelas seriam quebr
adas. Com isso concluía-se que ninguém era
responsável por aq
uele local e assim sendo por aquela rua,
comunidade. As pessoas 'do bem' deixariam aquela comunidade e
ela seria tomada pe
los desordeiros, que mais tarde poderiam entrar
no crime.

Kelling e Wilson achavam que os adultos deixavam de
rep
reender crianças e adolescentes já desordeiros que se tornavam
ainda mais e preparava
m um terreno propício para o crescimento
da criminal idade
.

Outros estudos confirmaram que a relação entre desordem e
criminalidade era mais forte do que a criminal
idade e outras
características
.

Durante algumas décadas a criminalidade nos EUA só
aumentou, isso porque o combate a ela
falhava, não reconhecia a
relação com a desordem
. Para combatê-Ia o policial deveria fazer
parte da comunidade e lida
r diretamente com o crime, criando uma
comunidade o
rganizada que prezasse a ordem.

A Criminalidade tem várias causas entre elas está com
certeza a
desordem, mas também a ausência de repressão nos
pequeno
s delitos.

No Brasil, a criminalidade aumenta a cada dia, porque
aqui não se
combate a desordem e pequenos delitos, deve ser
priorizado
o combate a criminalidade violenta, criando assim um
círculo vicio
so, se não acabamos com a criminalidade logo no
começa f
azemos com que ela só aumente. Pequenos delitos que
seriam fac
ilmente combatidos acabam tornando-se grandes casos
de criminal idade
violenta.

Nessa teoria foi apontado um caminho para a redução
da criminal ida
de que já teve efeitos positivos, mas para ISSO
deveríamos começar a utilizar esse caminho.

Ao analisarmos a situação vemos que a desordem tem
conseqüên
cias mais graves em comunidades pobres, portanto
essas comunidades sã
o as que mais precisam de ordem, para
ev
itar o crescimento da criminalidade. É bem mais fácil consertar
uma janela quebrada e
m uma comunidade rica do que em uma
pobre.

Mas pobreza não deve ser sinônimo de desordem e crime.

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Julia Dullius Porn) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados