JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Produção de Textos com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Meditação e descondicionamento.


Autoria:

Danilo Santana


Advogado, OAB 32.184 MG, graduado em Direito pela PUC-MG, membro efetivo do Instituto dos Advogados. Especialização em Marketing Internacional e Pós-Graduação em Direito Público. Professor de Direito Empresarial e autor literário.

Texto enviado ao JurisWay em 17/08/2006.

Última edição/atualização em 25/05/2010.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?



Não cultive a amargura.

Quando você está abalado e sob pressão, ocorre na sua mente um congestionamento sistêmico altamente danoso ao seu corpo e especialmente ao seu estado de espírito. É a conseqüência de uma espécie de estafa mental. O único tratamento possível é a captura de energias cósmicas. Às vezes fazemos isso de forma instintiva, inspirando lenta e profundamente, outras vezes abrimos os braços e esticamos as mãos, ou mesmo levantamos a cabeça e fechamos os olhos, tudo isso de forma natural, sem nos aperceber da verdadeira função deste gestual.

Isso é um sintoma de que necessitamos urgentemente de reabastecer os nossos neurônios, músculos e glândulas com a energia cósmica, tal qual o peixe que busca, à flor d´água e com sofreguidão, expressar a sua necessidade de oxigênio quando a poluição se torna insuportável.

Talvez você necessite limpar da mente as manchas de angústias vividas e que lhe sufocam, nesse caso, perca alguns minutos, tente um exercício, simples, que pode ajudá-lo de verdade.

Deite em um tapete, vire o rosto para o leste, aspire profundamente, mantenha o ar por cinco segundos e o libere em seguida, lentamente, de forma a sentir o pulmão pulsando e expulsando as toxinas que o sufocam. Faça isso por quinze minutos.

Você notará que a sensação de cansaço desaparece e, então, pode começar a meditação, que se destina a livrá-lo da ansiedade. A meditação pode ser feita em qualquer posição, até de pé, mesmo quando se faz alguma coisa mecanicamente. Contudo, como você provavelmente não tem o hábito de meditar, talvez seja difícil fazer cessar o ato da ação mental, então recomendo que se sente na posição de lótus.

Isso, sentado, com os pés para dentro e debaixo da outra perna, e com o corpo ereto. Esta posição facilita o relaxamento da atividade mental.

Agora coloque os braços à frente, mantenha as mãos abertas, viradas para cima.

O primeiro passo é o relaxamento. Tente soltar todos os músculos, comece pelas mãos, observe se as mãos estão totalmente livres de pressão ou inflexão, depois os braços, os pés, as pernas, o tórax e finalmente o pescoço e a cabeça.

Este estágio não é tão fácil quanto parece. Mesmo quando você se sentir solto, sem qualquer sinal de tensão, ainda assim é bom repassar cada músculo para conferir que estejam absolutamente livres. Tudo isso é feito mentalmente e com os olhos fechados.

Agora vamos ao estágio do descondicionamento que funciona como se fossemos nos desprogramar, quebrar a nossa configuração atual. É que o nosso corpo e a nossa mente animal, por imposição natural, instintiva, obedece a uma configuração destinada a forçar uma reação automática no caso de risco de vida ou turbação da capacidade de preservar a espécie. Assim, sempre ficamos reféns de um condicionamento que nos faz enrijecer e reagir de acordo com o nível de nossa luta pela sobrevivência e o ambiente em que vivemos.

Este condicionamento se reflete em todos os órgãos do corpo e, inclusive, na percepção psíquica.

Para desprogramá-lo é necessário promover a meditação que, na verdade, é o ato de não pensar, não produzir atividade sensorial, ou seja, nos desligarmos efetivamente.

Se desligue de tudo, não pense em nada, absolutamente nada. No princípio, como é difícil este exercício, tente se imaginar mergulhando no azul puro do céu, sem estrelas, sol ou lua. Depois, tente mergulhar na sua imensidão, como se buscasse atingir o infinito.

Se sentir que não está conseguindo, volte ao estágio anterior, veja se existe algum músculo tencionado, se a mente está livre, sem pensamentos, se os olhos estão fechados, embora descomprimidos. Só, então, depois de tudo aferido, volte a tentar o desligamento mental.

Não tenha pressa ou ansiedade. Somente depois de algumas tentativas é que você terá condições de se liberar completamente e começar a experimentar o extraordinário prazer de se sentir livre, solto e em harmonia com a natureza.

Será algo diferente. Você não se imaginará como um ser individual, mas, incrivelmente, se sentirá integrado com o ar, com o som da vida, com a luz ou com a ausência dela, com o vento e com as florestas, como se fizesse parte de tudo, e se espraiasse pelas cores do universo, se derramasse pela chuva e escorresse pelas cachoeiras.

É um momento mágico, onde não existe individualidade, mas, que o seu eu se funde com as demais energias errantes do universo para gozar o prazer maior de se tornar luz, tal qual as estrelas, e vislumbrar a verdadeira beleza da vida.

Então, ao se sentir completamente livre da ansiedade, da sensação de cansaço e absolutamente relaxado, a sabedoria e razão se aflorarão, naturalmente. Depois será a hora de começar o treinamento de fortalecimento da mente. Esta tarefa consiste em ocupar os espaços energéticos com ordens para a reprogramação.

Assim se você tem como meta vencer uma batalha, seja ela qual for, no campo material ou imaterial, não importa, deve se dizer mentalmente: eu farei isso; eu vou superar esse obstáculo; eu enfrentarei a neve, o deserto e os mares; eu vencerei os meus medos e nada me afetará; eu sou parte ativa da força do universo.

O cérebro, desde que liberto dos condicionamentos e aberto para a nova programação, recebe estas manifestações de vontade como ordens para agir de forma a sempre se dirigir para a consecução destes desejos.

Então, depois disso, bem, depois disso, você já será outra pessoa.
Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Danilo Santana) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Comentários e Opiniões

1) Pequena (28/08/2009 às 10:41:34) IP: 189.6.120.147
VOU CONTINUAR COM A MINHA FORMA DE MEDITAÇÃO TRADICIONAL: LER SOBRE ALGO,RELAXAR, PENSAR E RACIOCINAR SOBRE O ASSUNTO. ISSO DE ESVAZIAR A MENTE NÃO PARECE NADINHA COM MEDITAÇÃO, AFINAL, VAI MEDITAR SOBRE O QUÊ? PENSEM O QUE QUISEREM, MAS ISSO DE PALAVRAS, PALAVRAS, PALAVRAS NÃO VAI MUDAR NADA, O QUE MUDA UMA SITUAÇÃO É A SUA DISPOSIÇÃO DE MUDAR, A BUSCA DESSE OBJETIVO E PERSISTÊNCIA NO QUERER FAZER. NÃO ADIANTA NADA EU ATRAIR COM PALAVRAS AS COISAS BOAS DO UNIVERSO E NÃO FAZER NADA. LOUCURA.
2) Serena (16/10/2009 às 10:09:06) IP: 201.43.77.126
A sua qualidade de vida está diretamente ligada a sua qualidade de trabalho. Buscar equilibrio e tranquilidade na vida pessoal lhe trará mais confiança nas decisões profissionais.
3) Eleninha (24/10/2009 às 00:27:21) IP: 201.42.64.249
Acredito que o espaço,objeto,ambiente e as pessoas c/quem convivemos,principalmente em caso de uma profissão na qual se relaciona diariamente c/ publicos,de fato consomem nossa energia de tal forma que nos sentimos cansada e esgotada.Contudo,já tive experiência de meditação,massagens,exercícios etc, em busaca do BEM ESTAR E EQUILIBRIO MENTAL.Posso dizer que realmente valeu a pena.
4) Denise_flimalves@yahoo.com.br (07/11/2009 às 18:39:49) IP: 201.58.55.52
Muito bom.
5) Ludmila (28/12/2009 às 23:37:53) IP: 189.110.135.35
Excelente texto.O nosso dia a dia é cheio de cobranças, metas, deveres,obrigações, preocupações, desafios e etc. Este exercício nos ajuda a desligar do mundo material e viver o espiritual, valorizar a nossa vida, e ao voltarmos a si, estaremos mais forte e disposto para vencer seja qual for a nossa batalha.
6) Luciana (11/04/2010 às 15:48:15) IP: 189.96.35.219
Tenho certeza que este artigo me ajudara muito,porque sou muito estressada.
7) Luciana (11/04/2010 às 19:00:35) IP: 187.90.161.184
Este artigo me ajudará a ser uma pessoa mais equilibrada emocionalmente.
8) Paulo (30/04/2010 às 10:10:40) IP: 187.117.71.78
Vou começar à praticar todos estes exêrçíçios.Manter o equilíbrio mental é nesseçario para nossa saúde.Ótimo texto.
9) Mauricio (03/06/2010 às 17:56:27) IP: 200.150.50.133
Enfim, se formos ao infinito em busca do impossivel vamos nos encontrar pois somos o impossivel no infinito.
10) Stella (07/06/2010 às 07:28:54) IP: 201.34.57.170
Perfeito!
Me fez relembrar quando tinha tempo para o yoga, vou voltar cm esta simples meditação até conseguir meus objetivos e depois poder também retornar ao yoga.
11) Fabiano (07/06/2010 às 09:45:51) IP: 201.51.219.89
Muito rico esse material, principalmente para àqueles que se imaginam super's rs. É claro que conceitos e idéias sobre determinado modo de meditar ou qualquer detalhe pode variar na forma do aprendizado das pessoas. Eu por exemplo medito "orando" pois assim realmente me desligo quando paro somente para falar com Deus e agradecer por tudo!
Continue assim, vendendo motivação e bem estar ao próximo.
Abç!
12) Regina (07/06/2010 às 15:06:16) IP: 189.21.130.80
Isto não é meditação, é alto hipnose.
Quando estamos apagando todos os pensamentos, estamos criando conflito dentro de nós mesmos.
Meditar é observar os pensamentos ao ponto de conseguirmos ordená-los, e sermos senhores deles.
13) Leda (07/06/2010 às 17:24:14) IP: 189.60.176.115
Gostei muito, isso de nos sentirmos parte do cosmos é realmente verdadeiro. Não cultivo o hábito, infelizmente, e por isso, sou altamente ansiosa. E pessimista. Mas, com certeza, já conheço um pouco o método e prometi a mim mesma que arrumarei um tempo para mim. E esse tempo é a meditação com relaxamento. E creiam, dá para esvaziar a mente sim, não é simples, mas deve-se prestar atenção somente à sua respiração.
14) Fernanda (08/06/2010 às 14:50:55) IP: 187.16.247.212
Muito bom o texto!!!!!!!!!!
15) Ronaldo (15/06/2010 às 22:27:38) IP: 189.101.55.177
Realmente muito bom.
16) Vania (19/08/2010 às 22:39:01) IP: 189.104.222.197
EXCELENTE!!
17) Fabio (27/09/2010 às 21:41:14) IP: 186.210.254.25
Observo que o stress muitas vezes repercute como um vicio, onde o "usuario" o ve como algo natural em sua vida, nunca assumindo sua dependencia, nao tendo assim a percepçao dos maleficios que isto lhe traz.
18) Odair (02/05/2011 às 21:09:25) IP: 187.37.253.46
Acredito que o imprevisto realmente sobreveem a todos. Obviamente, precisamos ter equilíbrio para manter o foco nas coisas mais importantes, os quais relacionan-se com o nosso interior. Nestes momentos, precisamos de ajuda Superior, tenho que a humildade de recorrer a Deus através da oração, meditar nas suas orientações. Meditar no privilégio em todos os circuitos da vida, certamente podemos nos tornar pessoas melhores, melhores profissionais etc... O artigo é excelente.
19) Carlos (23/09/2011 às 14:33:37) IP: 200.212.252.9
Gostei. Exercitarei essa prática.
20) Ilidio (26/09/2011 às 14:24:20) IP: 200.212.252.9
a prática de atividades com a meditação deveria ser encarada como uma prática fundamental para a pessoa ou o grupo, que conseguirá, com ela, desempenhar com maior facilidade todas as atividades que exijam concentração sem prejuízo de sua condição fisica ou mental.
21) Edson (01/07/2016 às 15:53:07) IP: 186.206.255.235
A pratica da meditação e muito importante para buscar o equilíbrio.


Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2017. JurisWay - Todos os direitos reservados