JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

RESENHA: CULTURA E DIVERSIDADE


Autoria:

Aristocléverson Santos


Representante Farmácias , cursando Direito, Graduado em ADM na FACITEC e vasta experiência no ramo farmacêutico.

envie um e-mail para este autor

Outros artigos do mesmo autor

A Importância da GATT para o MERCOSUL
Direito Internacional Público

RECURSOS: PARA O STF E PARA O STJ
Direito Processual Civil

Direito Administrativo Atual
Direito Administrativo

IMUNIDADE TRIBUTÁRIA
Direito Tributário

Resumo: O QUE É ETNOCENTRISMO
Outros

Mais artigos...

Resumo:

Com o passar dos anos a Cultura vem recebendo mais atenção pela sua complexidade. Onde o presente esta marcado pelo desenvolvimento e transformação da humanidade e marcado por vários conflitos entre os modos diferentes de organizar a vida social.

Texto enviado ao JurisWay em 05/11/2011.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

CULTURA E DIVERSIDADE
 
Com o passar dos anos a Cultura vem recebendo mais atenção pela sua complexidade. Onde o presente esta marcado pelo desenvolvimento e transformação da humanidade e marcado por vários conflitos entre os modos diferentes de organizar a vida social.
Destarte, cultura diz respeito à humanidade como um todo e ao mesmo tempo a cada um dos povos, nações, sociedades e grupos humanos.
Cada realidade Cultural tem sua essência interna onde o pesquisador deve procurar para entender a realidade cultural sendo extremamente importante não analisar um fato isoladamente, mas sim o contexto onde foi produzidos os fatos. Não fica difícil de entender da importância do presente estudo sobre a cultura onde se transforma para combater os preconceitos e oferecer uma plataforma de respeito e dignidade nas relações humanas.
As culturas variam tanto resultando na complexidade, mas quais os sentidos de tantas variações? A partir de uma origem biológica comum, os grupos humanos se expandiram progressivamente, ocupando praticamente todos os continentes do planeta, contudo uns humanos incialmente nômades passaram a ser sedentaristas levando em consideração os recursos naturais, maneira de se organizar e transformar a vida em sociedade e de superar os conflitos de interesse e as tensões geradas na vida social.
Cada cultura é o resultado de uma história particular e isso inclui também suas relações com outras culturas. Duas são as possibilidades básicas de relacionarmos diferentes culturas entre si. A primeira pensar em hierarquizar essas culturas segundo algum critério e a segunda em nega qualquer hierarquização.
 
Cultura e Evolução
 
                A Europa classifica a evolução em estágio onde servia aos propósitos de legitimar o processo que se vivia de expansão e consolidação do domínio dos principais países capitalistas sobre os demais povos do mundo.
                Estudos sistemáticos e detalhados de muitas culturas permitiram destruir os falsos argumentos dessas concepções preconceituosa como ,por exemplo, as características físicas de um grupo humano.
                A ideia de uma linha de evolução única para as sociedade humanas é ingênua e esteve ligada ao preconceito e discriminação raciais para desviar a real história da humanidade.
 
 
Cultura e Relativismo
 
A observação de culturas alheias se faz segundo pontos de vista definidos pela cultura do observador, que os critérios que se usa para classificar uma cultura são também culturais.
Somente pode respeitar a diversidade cultural se entender a inserção dessas culturas particulares na história mundial. Não há superioridade ou inferioridade de culturas ou traços culturais de modo absoluto. Existe no entanto processo histórico que as relacionam e estabelecem marcas verdadeiras e concretas entre elas.
As culturas e sociedades humanas se relacionam de modo desigual. As relações internacionais registram desigualdades de poder em todos os sentidos, os quais hierarquizam de fato os povos e nações.
 
Cultura e Sociedade
 
                A sociedade nacional tem classes e grupos sociais, tem regiões de características bem diferentes; a população difere ainda internamente segundo as faixas etárias ou grau de escolaridade. Lembrando que a população nacional foi constituída com contingentes originários de varias partes do mundo.
                É importante considerar a diversidade cultural interna à nossa sociedade; isto é de fato essencial para compreender melhor o país em que vivemos. Observa-se que vivemos numa sociedade que tem uma classe dominante, cujos interesses prevalecem.
                Não há razão para querer imortalizar as facetas culturais que resultam da miséria e da opressão, pois as culturas movem-se não apenas pelo que existe, mas também pelas possibilidades e projetos do que pode vir a existir.
 
Conclusão
                Pelas diversas visões que o homem tem de outras sociedades, culturas, etnia e etc. e acreditar que a cultura pela qual vive seja melhor ou pior às outras não deve ser motivo de descriminação, mas sim de reflexão e estudo, pois muitas das vezes nossos pensamentos são alienados ao que foi imposto através do tempo pela gerações passadas e mantidas pelo grupo dominante presente detentor do poder.
                Cabe a antropologia o estudo e a desbravar pensamentos e teses até então não questionadas e absolutas, pois imenso é as áreas e os temas a analisar para ter uma maior proximidade da cultura das sociedades passadas e entender melhor o processo e evolução do homem.
 
 
 
 
Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Aristocléverson Santos) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados