JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Entrevista com Santo Ivo, sobre jurimetria e destino!


Autoria:

Gustavo Rocha


Advogado Pós-Graduado Gerente jurídico por 4 anos Membro da comissão especial de Processo Eletrônico da OAB/RS Membro da comissão especial de Fiscalização e Ética Profissional da OAB/RS Membro da comissão permanente de Acesso a Justiça do Conselho Federal da OAB Implanta gestão e softwares jurídicos desde 1997 Sócio da Consultoria GustavoRochacom, inscrita no CRA/RS 003799/O Presta exclusivamente consultoria nas áreas de gestão, tecnologia, marketing jurídico e processo eletrônico. 10 anos de consultoria direcionada em escritórios e departamentos jurídicos no Brasil e Portugal Mais de 2000 artigos publicados no portal www.gustavorocha.com Canal no Youtube (gustavorochacom) com aulas, palestras e dicas práticas Palestrante e professor convidado de universidades e cursos de Pós-Graduação pelo país nas áreas de gestão, tecnologia, marketing jurídico e processo eletrônico Contato direto: gustavo@gustavorocha.com

envie um e-mail para este autor

Resumo:

Entrevista com Santo Ivo, sobre jurimetria e destino!

Texto enviado ao JurisWay em 20/05/2019.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Desde 2011, com a ideia do amigo Naor Nemmen, crio crônicas, poesias, homenagens a Santo Ivo, que em Portugal é considerado o padroeiro dos advogados, data comemorada no dia 19 de Maio de cada ano.

E neste ano de 2019, com toda temática da tecnologia a tona, entrevistei o Santo Ivo sobre o tema da jurimetria…

Acompanhe a entrevista:

Gustavo Rocha: Olá Santo Ivo, como andam os pedidos dos advogados, o que eles mais têm solicitado ou reclamado?

Santo Ivo: Reclamam de muitas coisas, mas principalmente de que tudo tem mudado, não importa se está advogando há 20 ou 5 anos, nada era como antes foi.

Gustavo Rocha: E isto não deveria ser bom, evoluir, crescer, aprender algo novo?

Santo Ivo: Deveria, mas muitos querem a calma, a rotina, aquilo que já aprenderam. E aconselho a pensar diferente, pois a mudança é a única constância que existe.

Gustavo Rocha: Grande verdade, não é a toa que és o padroeiro da advocacia! E além de aconselhar a mudança, está demonstrando a eles como podem até prever julgados ou analisar decisões em massa?

Santo Ivo: Não Gustavo, sabe esta estória de destino não existe, o pessoal fica achando que daqui de cima podemos mudar a vida aí embaixo, isto é conversa fiada!

Gustavo Rocha: Não se trata de destino, mas de jurimetria Santo Ivo! Existem dois tipos principais: Analítica e Preditiva, sendo que a Preditiva é justamente a ideia de lendo grande quantidade de dados, pode-se prever em percentual a possibilidade de ganho ou perdas de demandas judiciais!

Santo Ivo: Uau! Começo a crer em destino agora…

Gustavo Rocha: Hehehe, em fato não seria predizer um destino, mas sim as tendências com base em dados que determinado pedido pode ser ganho ou perdido.

As análises com grandes quantidades de dados (Big Data) tem conseguido revolucionar a forma de ver demandas judiciais.

Em softwares específicos, podemos colocar os pedidos de uma ação judicial e obter em segundos uma análise fidedigna junto aos dados dos Tribunais se aquele pedido terá ou não sucesso, baseado em decisões dos mesmos tribunais anteriormente.

Santo Ivo: Incrível! É, esta tal de tecnologia está mudando mesmo a advocacia… Antigamente isso sequer existia!

Gustavo Rocha: Sim, um fato. E também se perdia muito tempo com cadastros, com análises de dados com qualidades duvidosas e hoje temos muito mais qualidade e resultado em poucos segundos.

Claro, para isso dar certo, temos que ter cadastros corretos, organizados, funcionais, senão não adianta… E não é melhor, porque os próprios Tribunais ainda não estão interligados, com nomenclaturas únicas e métricas mais padronizadas, entretanto eles (Tribunais) têm estudado e mudado muito, algo que na advocacia ainda vejo mudanças lentas…

Santo Ivo: Lentas? Sequer sabia que já dava pra chamar de destino de jurimetria!!! Porém não vi nenhum advogado me pedindo algo similar a esta jurimetria…

Gustavo Rocha: Isto que afirmo: A advocacia precisa aprender a evoluir, mudar e se reinventar. Assim, o futuro será como afirmou Peter Drucker: Para prever o futuro, basta criá-lo!

Santo Ivo: Concordo Gustavo! E aprendi muito nesta nossa conversa, vou começar a responder as orações com Peter Drucker (mais tarde aproveito e bato um papo com ele por aqui) e jurimetria!

Gustavo Rocha: Eu agradeço pela oportunidade e quem sabe daqui a um ano quando fizermos mais uma entrevista, possamos falar de mais tecnologia, mais advocacia propriamente dita (soluções para os outorgantes) e novidades! Algum recado final aos advogados?

Santo Ivo: Sim, um muito importante: Querem um futuro diferente? Façam a diferença! E fiquem com Deus!

Gustavo Rocha: Show Santo Ivo! Até a próxima!

 

E você, o quanto sabe, usa, tenta aprender para que a tecnologia seja uma aliada e não um problema?

Esta pode ser a diferença entre o sucesso ou não na sua profissão.

#PenseNisto!

 

#FraternoAbraço

Gustavo Rocha
Consultoria GustavoRocha.com | Gestão, Tecnologia e Marketing Estratégicos
Robôs | Inteligência Artificial | Jurimetria
(51) 98163.3333 | gustavo@gustavorocha.com | www.gustavorocha.com

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Gustavo Rocha) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados