JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Produção de Textos com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Modelo de exceção de incompetência do juízo criminal


Autoria:

Diemes Vieira Santos


Diemes Vieira é Advogado. Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais em 2015. Especializado em Direito Penal e Processo Penal pela PUC - MG Possui incondicional amor ao desafio e vê o estudo como uma forma de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal. Apaixonado pelo conhecimento jurídico, psicológico e científico. Experiente em Direito Criminal.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

trata-se de peça processual arguindo a exceção de incompetência do juízo criminal.

Texto enviado ao JurisWay em 01/09/2018.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA _______ ª VARA CRIMINAL, DA COMARCA DE ___________ BELO HORIZONTE – MG.

D.V.S., brasileiro, solteiro, comerciante, domiciliado na Rua: ------------ nº---- nesta Comarca de ----------- Estado de -------, vem mui respeitosamente perante V. Exa., por intermédio de seu advogado (procuração anexa), com fulcro no art. 108, do Código de Processo Penal, arguir a presente EXCEPTIO INCOMPETENTIAE JUDICIS, pelas razões de fato e de direito que passo a expor.

I) DOS FATOS

Na data de 29 de dezembro de 2017, o arguente emitiu cheque seu personalizado nesta Comarca de --------, Estado de -------------, a favor da suposta vítima, L.F.N, tendo como sacado o Banco K.K.K.R.S. S/A.

A ordem de pagamento a vista, constante da folha nº 06 dos autos, foi depositado e cobrado na agência da suposta vítima, estabelecimento de crédito situado na Comarca de ---------, Estado de ---------, onde o pagamento do mesmo foi recusado por estar sem provisão de fundos, o que se constata pelo carimbo no verso do título.

Pelo o que se depreende do inquérito policial instaurado nesta circunscrição de ---------, Estado de -------, o beneficiário declarou que embora emitido nesta cidade, o título tinha como praça de cobrança a Comarca de --------, Estado de --------.

II) DO DIREITO

Nesse sentido cabe observamos as considerações do Doutrinador JOSÉ FREDERICO MARQUES:

“no direito brasileiro, o foro comum ou geral, na Justiça Criminal, é o do luar da infração, isto ´´e, o denominado fórum delicti commissi. É o teor do art. 70 do CPP, na cabeça do preceito, in verbis: “A competência será, de regra, determinada pelo lugar em que se consumar a infração, ou, no caso de tentativa, pelo lugar em que for praticado o último ato de execução”. Segundo a doutrina de Ferreira e Souza “os delinquentes tornam-se pelo delito súditos temporais da jurisdição do distrito em que o cometem” (Elementos de Direito Processual Penal. Rio de Janeiro: Forense, 1965. V1, p.237)

Não obstante temos o entendimento sumulado do Colendo Supremo Tribunal Federal em súmula nº 521: 

“O foro competente para o processo e julgamento dos crimes de estelionato, sob a modalidade de emissão dolosa de cheque sem provisão de fundos, é o do local onde se deu a recusa do pagamento pelo sacado.”

Podemos concluir pela inteligência do art. 70, do CPP c/c com o entendimento sumular, tratando-se de delito de natureza patrimonial, o crime de estelionato por meio de emissão de cheque sem fundos consuma-se no momento e no local em que o banco sacado recusa o seu pagamento.

Assim sendo fica claro que o juiz competente territorialmente para julgamento do delito em tela trata-se do juiz da cidade de --------- Estado de ----------- onde observamos a consumação do suposto crime.

III) REQUERIMENTO

Ante o exposto, requer o arguente, após ouvido o

Ilustre Representante do Ministério Público, V.Exa., decline a competência, enviando os autos ao juízo da Comarca de -------- Estado de______, o qual é competente para solucionar o conflito intersubjetivo descrito na denúncia ministerial. Assim sendo, estar-se-á, mais uma vez, ressaltando a justiça, marca inerente a esse juízo.

Nestes termos,

Pede e aguarda deferimento.

(local e data)

____________

Advogado

OAB/_______nº______

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Diemes Vieira Santos) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados