JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Formas de intervenção estatal


Autoria:

Firmino Aires De Sousa


Bacharel em direito pela Faculdade Mauricio de Nassau de Parnaíba PI

envie um e-mail para este autor

Outros artigos da mesma área

A Concessão Gratuita de Imóveis Públicos Para Fins de Moradia Como um Direito Subjetivo Potestativo em Face da Administração e a Medida Provisória 2.220/2001

CUSTO SOCIAL DA MILITARIZAÇÃO PARA OS POLICIAIS

A Administração Pública frente ao princípio do desenvolvimento nacional sustentável nas licitações.

A Natureza Juridica das Fundações Públicas

APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA LEGALIDADE QUANDO DA INTERVENÇÃO NA PROPRIEDADE PRIVADA

O PODER DE POLÍCIA DA ADMINISTRAÇÃO

A IMPORTÂNCIA DO PRINCÍPIO DA LEGALIDADE NO DIREITO ADMINISTRATIVO

Aspectos principiológicos da sistemática de preenchimento de cargos, empregos e funções públicas

Importância dos Princípios Constitucionais para o Direito Administrativo

ESTADO DEMOCRATICO - AÇÕES AFIRMATIVAS E POLITICAS PÚBLICAS INCLUSIVAS

Mais artigos da área...

Resumo:

Há varias formas de intervenção do Estado na propriedade privada que estão estabelecidas na Constituição Federal

Texto enviado ao JurisWay em 07/07/2015.

Última edição/atualização em 14/07/2015.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

 

A interdição do estado napropriedade privada acontece por causa do principio da supremacia do interesse publico sobre o privado que é quando o  interesse publico prevalece sobre o privado.

 

Formas de intervenção

 

Há varias formas de intervenção do Estado na propriedade privada que são Requisição, Servidão administrativa, Ocupação temporária, Limitação Administrativa, Tombamento e Desapropriação.

 

Requisição: Há perda temporária da posse com restrições no uso da propriedade.

 

Servidão administrativa: Na servidão administrativa há a perda da posse,só que ao contrario da requisição na servidão administrativa a perda da posse não é somente temporária mas definitiva.

 

Ocupação Temporária ocupação temporária traz restrições ao uso da propriedade para o proprietário da propriedade, mas isso é por causa do uso da propriedade pelo Estado que a toma para si temporariamente em rasão de estrema necessidadee de interesse publico,

 

Limitação administrativa: Traz restrições ao uso da propriedade limitando o seu uso e não implica em perda da propriedade.

 

Tombamento: Traz restrições sobre o uso da propriedade também não acarreta em perdada propriedade tem o intuito de preservar o patrimônio histórico e cultural do lugar onde estiver localizado o imóvel.

 

Desapropriação: É uma forma de expropriação que o Estado faz na propriedade privada para Le tomar a posse.

 

Confisco: O confisco também é uma forma do Estado adquirirá propriedade privada ela acontece quando a propriedade privada não tem mais a sua função social típica

 

Por exemplo, uma fazenda onde é encontrada plantações de frutos psicotrópicos e que o proprietário em vez de utilizá-la para desenvolver a agricultura esteja é utilizando ela para plantar frutos psicotrópicos esse proprietário dessa propriedade  de terra ele vai perder a posse de suas terras que passara para o Estado que destinara aquela para a reforma agraria .

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Firmino Aires De Sousa) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados