JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Boa-sorte, Senhores Prefeitos!


Autoria:

Carlos Eduardo Rios Do Amaral


MEMBRO DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

envie um e-mail para este autor

Resumo:

Boa-sorte, Senhores Prefeitos!

Texto enviado ao JurisWay em 31/12/2012.

Última edição/atualização em 05/01/2013.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Boa-sorte, Senhores Prefeitos!

 

Por Carlos Eduardo Rios do Amaral

 

Agora, é para valer, milhares de Prefeitos eleitos em todo o País iniciarão – ou reiniciarão – seus mandatos para administrar seus respectivos Municípios. Eleitos e eleitores, neste momento, enchem-se de esperanças.

 

Certamente, debruçarão os novos Prefeitos empossados sobre seis grandes desafios: saúde, educação, segurança, moradia, população de rua e obediência à lei de responsabilidade fiscal. Estes são os temas sociais de maior repercussão e preocupação nas Cidades, notadamente nos Centros urbanos de grande desenvolvimento industrial e comercial.

 

Nos Municípios do interior os anseios da população são os mesmos. A ausência de médicos e leitos hospitalares, a evasão escolar e conflitos entre alunos e professores, a violência e a onda da criminalidade, o consumo do crack e o alcoolismo e o desperdício do dinheiro público também afligem a gente mais distante da Capital.

 

Só que, desta vez, estamos no limite, de olho no que vai acontecer. Sabemos que milagres não se operam na Administração pública da noite para o dia. Mas, dedicação, seriedade e competência podem ser sentidas pelo povo durante o mandato de seu mandatário.

 

Os Vereadores também deverão fazer sua parte. Abandonar longas agendas de homenagens póstumas e escolhas de nomes de ruas e praças, para concentrarem-se na elaboração de leis que realmente atendam e promovam a melhoria da qualidade de vida da população, e, ainda, no exercício do controle da legalidade e da moralidade dos atos do Executivo.

 

Também será exigido de Prefeitos e Câmaras de Vereadores articulação política com o Estado e a União, para que o texto frio e literal da Constituição Federal não sirva de desculpa para condenar o povo à sua própria sorte. Governos federal e estadual deverão, sim, estender suas mãos aos Prefeitos, afinal, o Município é a célula federativa aonde vivemos e morreremos.

 

Boa-sorte, Senhores Prefeitos! Estaremos na torcida.

 

_______________________   

 

Carlos Eduardo Rios do Amaral é Defensor Público do Estado do Espírito Santo

 

 

 

 

 

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Carlos Eduardo Rios Do Amaral) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados