JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Cenário político


Autoria:

Júlio César Prado De Oliveira


Pós-Graduado (latu sensu) em Ciências Penais (UNISUL/LFG), Direito Ambiental e Urbanístico (UNIDERP/LFG), Direito Constitucional (UNIDERP/LFG), Direito Civil, Processual Civil e Consumidor (UNIASSELVI/FMB), Direito Público (UNIASSELVI/VERBO JURÍDICO)

envie um e-mail para este autor

Texto enviado ao JurisWay em 28/10/2012.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Aumentou o número de empregos, a renda familiar, estruturou melhor o Estado, deu maior visibilidade internacional ao Brasil. Digo até por experiência própria dentro da maior autarquia do país.
Porém desapontou em muitos pontos, revelando, por exemplo, que o discurso ético praticado não foi condizente com práticas de corrupção dentro do governo e a continuidade de um fisiologismo extremamente pernicioso.
Lula se colocou, para além da sua popularidade carismática, em uma encruzilhada complicada: ou sabia das práticas corruptas dentro do governo, o que o torna conivente, ou não sabia, o que o torna incompetente, dada a dimensão do esquema operado debaixo de sua aba.
Não me iludo em pensar que as mesmas práticas não foram perpetradas nos outros governos, apenas com uma atuação menos incisiva da mídia, que cumpriu, desta vez, seu papel essencial dentro de uma democracia, de cobrar e expor a transparência nece
ssária no trato da coisa pública. As privatizações feitas pelos PSDB foram desastrosas, e não adentro ao mérito de fazê-las, mas a forma como foram feitas. É, sem dúvida, uma caixa de pandora não exposta à luz do sol.
Urge reformas, principalmente a política. Ao meu ver deveríamos adotar financiamento público de campanha, voto distrital, tempo de TV e acesso ao fundo partidário proporcional, voto nas eleições proporcionais partidário em lista fechada.
No caso do fundo partidário e tempo de TV a proposta tem que ser razoável, contemplando a expressividade do partido sem aniquilar a pluralidade partidária representativa, mas dificultando a vida de legendas de aluguel, 
O que faltou a ambos os governos, e deve ser pensado com urgência para a plataforma de 2014, é um projeto pró futuro.
O Brasil precisa de um planejamento para que não se sustente mais apenas na exportação de commodities. Precisa de um plano de desenvolvimento como do da Coréia do Sul e China, que se tornaram exportadoras de tecnologia.
Ao mesmo tempo, a demanda por matrizes energéticas precisa respeitar o patrimônio ambiental, comprometendo seriamente os projetos com o desenvolvimento sustentável.
Nesse cenário as opções que vemos no horizonte não estão dentro dos quadros petistas e do PSDB, e são escassas.
Hoje, vislumbro nomes como Marina Silva e Ciro Gomes.
Partidos como o criado por Kassab, ou, em São Paulo, a alternativa Russomano, não apresentam nada de novo, sendo versões recauchutadas do PMDB e do populismo malufista.
Na minha cidade, Ribeirão Preto, tornou-se extremamente difícil escolher um candidato. Propostas precariamente construídas, alternativas inexistente, fisiologismo, alianças incompreensíveis (como de um patrono da agroindústria e um ambientalista), tornam um angustiante sacrifício ter que sair de casa, enfrentar o calor escaldante, para fazer uma escolha de Sofia ao reverso.
 



Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Júlio César Prado De Oliveira) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados