JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

FELIZ ANO NOVO


Autoria:

Carlos Eduardo Rios Do Amaral


MEMBRO DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

envie um e-mail para este autor

Resumo:

2011 SERÁ O ANO DA AFIRMAÇÃO DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

Texto enviado ao JurisWay em 27/12/2010.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

2011 SERÁ O ANO DA AFIRMAÇÃO DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

 

Por Carlos Eduardo Rios do Amaral

 

 

Toda a reconhecida dedicação e vocação da Defensoria Pública nacional neste ano de 2010, que se encerra, deixaram clara e inegável certeza a toda população brasileira: o ano de 2011 será o ano da afirmação do Estado Democrático de Direito.

 

A necessária solução extrajudicial dos litígios, desafogando o Poder Judiciário, visando a composição entre as pessoas em conflito de interesses, por meio da mediação, conciliação, arbitragem e demais técnicas de composição e administração de conflitos será o estandarte institucional maior da Defensoria Pública.

 

A defesa dos direitos e interesses individuais, difusos, coletivos e individuais homogêneos dos consumidores e usuários de serviços públicos, na forma deseja pelo texto constitucional, prestada através da Defensoria Pública, selará a implementação efetiva e êxito da Política Nacional das Relações de Consumo, que deve assegurar, como um de seus instrumentos, a manutenção da assistência jurídica integral e gratuita para o consumidor carente.

 

A tutela dos direitos da criança e do adolescente, sua proteção jurídico-social levada a efeito pela Defensoria Pública, buscará a satisfação dos direitos fundamentais inerentes ao menor, assegurando-lhes todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade.

 

A proteção do idoso será uma das maiores preocupações da Defensoria Pública no ano que se avizinha para garantir-se a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária dessa grande e frágil camada da sociedade brasileira.

 

Os direitos da pessoa portadora de necessidades especiais, a questão da acessibilidade, se manterá como uma das pautas principais da Defensoria Pública, assegurando-se finalmente eficácia prática à Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, assinada em Nova Iorque no ano de 2007, com o pleno respeito às liberdades fundamentais e dignidade de todas as pessoas com deficiência.

 

A assistência à mulher vítima de violência doméstica e familiar e o cumprimento dos ditames da Lei Maria da Penha certamente crescerá ainda mais através do atendimento interdisciplinar, prestado por meio de órgãos e de servidores das carreiras de apoio da Defensoria Pública, graças à alforria desta notável Instituição do jugo dos Poderes Executivos Estaduais.

 

E outros tantos grupos sociais vulneráveis, como afro-brasileiros, homossexuais, dependentes e usuários de drogas, sem-teto, desabrigados e moradores de zonas de risco, também serão brava e destemidamente defendidos pela Defensoria Pública no ano de 2011, para construção de uma sociedade fraterna, livre e justa.

 

 

 

____  

 

Carlos Eduardo Rios do Amaral é Defensor Público do Estado do Espírito Santo

 

 

 

 

  

 

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Carlos Eduardo Rios Do Amaral) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados