JurisWay - Sistema Educacional Online
 
Kit com 30 mil modelos de petições
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Falta de troco em moedas.


Autoria:

Luís Gustavo Bruno Piacesi


Bacharel Advogado, consultor jurídico, formado em 2004. Técnico em Transações Imobiliárias - Corretor de Imóveis, formado em 2011.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

Fim dos preços terminados em 9. Todos os produtos de consumo postos à venda terão preços fixos terminados em 0 ou 5. Nenhum produto será vendido a R$ 1,99. Os preços devem ter, de preferencia, preços terminados em R$ 0,05 ou R$ 0,10.

Texto enviado ao JurisWay em 05/01/2010.

Última edição/atualização em 16/03/2018.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Todo bem de consumo deve ser posto em cirulação com preços "redondos" e fixos. O que custa R$ 0,99 (Noventa e Nove Centavos) passa a custar R$ 0,95 (Noventa e Cinco Centavos) ou R$ 1,00 (Um Real). Com isso, o cliente/consumidor que comprou um produto custando R$ 0,99, pagou com R$ 1,00 e não teve seu troco de R$ 0,01. Ou, então, um cliente/consumidor, ao fazer suas compras pagou o preço de R$ 999,99 (Novecentos e Noventa e Nove Reais e Noventa e Nove Centavos). Tal valor foi pago à vista em espécie no valor de R$ 1.000,00 (Hum Mil Reais) e o fornecedor do(s) produto(s) não devolveu o troco de R$ 0,01 (Um Centavo).

É claro que, se o pagamento for feito em cheque, pagar-se-á o valor de novecentos e noventa e nove reais e noventa e nove centavos integral e, desta forma não precisará de troco. Também, em fazendo o pagamento por cartão de débito, o valor a pagar será os mesmos descritos acima bem como, se for feito por cartão de crédito, o valor será o declarado.

No entanto, toda compra feita cujo pagamento será dinheiro em espécie, o(a) fornecedor(a) ficará devendo R$ 0,01 ao(à) cliente/consumidor(a). Isso pode ocorrer também nos Bancos, que detém dinheiro e moedas. Todos os comércios cujo preços são R$ 0,99, R$ 1,73, R$ 1,99, R$ 13,99, R$ 17,32, etc, devem ter seus preços a R$ 0,95, R$ 1,00, R$ 1,75, R$ 1,80, R$ 1,95, R$ 2,00, R$ 13,95, R$ 14,00, R$ 17,30, R$ 17,35, etc.

Os produtos que serão consumidos, sejam eles da natureza que forem, bens duraveis, não duraveis, etc, se terminados em zero ou cinco facilitarão a circulação das moedas por todo o país.
Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Luís Gustavo Bruno Piacesi) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2020. JurisWay - Todos os direitos reservados