JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Falta de troco em moedas.


Autoria:

Luís Gustavo Bruno Piacesi


Bacharel Advogado, consultor jurídico, formado em 2004. Técnico em Transações Imobiliárias - Corretor de Imóveis, formado em 2011.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

Fim dos preços terminados em 9. Todos os produtos de consumo postos à venda terão preços fixos terminados em 0 ou 5. Nenhum produto será vendido a R$ 1,99. Os preços devem ter, de preferencia, preços terminados em R$ 0,05 ou R$ 0,10.

Texto enviado ao JurisWay em 05/01/2010.

Última edição/atualização em 16/03/2018.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Todo bem de consumo deve ser posto em cirulação com preços "redondos" e fixos. O que custa R$ 0,99 (Noventa e Nove Centavos) passa a custar R$ 0,95 (Noventa e Cinco Centavos) ou R$ 1,00 (Um Real). Com isso, o cliente/consumidor que comprou um produto custando R$ 0,99, pagou com R$ 1,00 e não teve seu troco de R$ 0,01. Ou, então, um cliente/consumidor, ao fazer suas compras pagou o preço de R$ 999,99 (Novecentos e Noventa e Nove Reais e Noventa e Nove Centavos). Tal valor foi pago à vista em espécie no valor de R$ 1.000,00 (Hum Mil Reais) e o fornecedor do(s) produto(s) não devolveu o troco de R$ 0,01 (Um Centavo).

É claro que, se o pagamento for feito em cheque, pagar-se-á o valor de novecentos e noventa e nove reais e noventa e nove centavos integral e, desta forma não precisará de troco. Também, em fazendo o pagamento por cartão de débito, o valor a pagar será os mesmos descritos acima bem como, se for feito por cartão de crédito, o valor será o declarado.

No entanto, toda compra feita cujo pagamento será dinheiro em espécie, o(a) fornecedor(a) ficará devendo R$ 0,01 ao(à) cliente/consumidor(a). Isso pode ocorrer também nos Bancos, que detém dinheiro e moedas. Todos os comércios cujo preços são R$ 0,99, R$ 1,73, R$ 1,99, R$ 13,99, R$ 17,32, etc, devem ter seus preços a R$ 0,95, R$ 1,00, R$ 1,75, R$ 1,80, R$ 1,95, R$ 2,00, R$ 13,95, R$ 14,00, R$ 17,30, R$ 17,35, etc.

Os produtos que serão consumidos, sejam eles da natureza que forem, bens duraveis, não duraveis, etc, se terminados em zero ou cinco facilitarão a circulação das moedas por todo o país.
Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Luís Gustavo Bruno Piacesi) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados