JurisWay - Sistema Educacional Online
 
Kit com 30 mil modelos de petições
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

DIREITO DE ARREPENDIMENTO: A POSSIBILIDADE DE DESISTIR DE PRODUTOS E SERVIÇOS ADQUIRIDOS PELO CONSUMIDOR


Autoria:

Carla Caliman


Estagiária do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região. Cursando Direito na Faculdade Dr. Francisco Maeda.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

Muitos consumidores desconhecem seu direito de arrepender na realização de uma compra feita eletronicamente. O presente artigo esclarece sobre esse direito e como exercê-lo.

Texto enviado ao JurisWay em 12/06/2016.

Última edição/atualização em 15/06/2016.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

É notório o crescimento da comercialização eletrônica de produtos e serviços no Brasil. Comparado ao ano de 2014, houve um avanço de 16% nesse tipo de comercialização em 2015.

Com o resultado da pesquisa, muitos comerciantes resolveram comercializar fora de estabelecimentos comerciais, seja por internet, catálogos, telefones e outros.

Através destes meios o consumidor muitas vezes é induzido ao erro pelas promessas feitas pelo comerciante relacionadas ao seus produtos e serviços, decepcionando o consumidor que o compra.

Diante dessa decepção do consumidor, o Código de Defesa do Consumidor dá a possibilidade de arrependimento ao consumidor que adere a esse tipo de negociação.

É o que prevê o artigo 49 do CDC, dando a chance ao consumidor de desistir da compra feita fora do estabelecimento comercial, pois o consumidor não teve o contato direto com o produto o que muitas vezes não corresponde ao enunciado.

O legislador concede ao consumidor um prazo de 7 dias contados a partir da data da celebração do contrato ou do recebimento do produto para cancelar a compra.

Esse direito é considerado um direito incondicional, ou seja, o Código de Defesa do Consumidor não exige do consumidor uma justificativa, os motivos que o levaram a arrepender da compra do produto ou serviço. A única exigência do artigo é que a compra tenha sido realizada fora do estabelecimento comercial.

O artigo ainda trata sobre as despesas com frete, sendo totalmente de responsabilidade do comerciante.

Após o arrependimento do consumidor, o comerciante deverá restitui-lo caso o produto ou serviço já tenha sido pago. Desse modo, será considerada nula qualquer clausula que prevê o desconto de frete no valor restituído ao consumidor, bem como clausula que prevê a proibição do direito de arrependimento. 

Caso a empresa negue a restituição do valor, ou não aceite a devolução do produto, é aconselhável ao consumidor notificar a empresa por algum meio de comunicação, seja telefone, fax ou e-mail e posteriormente recorrer ao PROCON para formalizar uma reclamação ou as vias judiciarias.

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Carla Caliman) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados