JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Como falar em público sem nervosismo


Autoria:

Marcos Antonio Duarte Silva


Formado Teologia e Direito. Especialista em Direito Penal e Processo Penal Mackenzie Mestre em Direito pela PUC/SP, Coord. Pós de Direito Faculdade Campos Elíseos, Prof. da Faculdade Anhanguera, Pesquisador Grupo GEDAIS/PUC Pesquisador CNPq.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

Há uma necessidade cada vez mais crescente no que tange falar em público.Certo é que tornou-se imprecindível dominar a arte de como se apresentar em público e sair do aunditório com a certeza do objetivo alcançado: transmitir sua mensagem.

Texto enviado ao JurisWay em 21/06/2009.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

               Como lidar com o nervosismo

     Primeiramente tem que ter certeza do que vai se falar, estudar muito o tema e estar confiante para fazê-lo.

     Comece por colocar suas idéias numa folha de papel, organizando-as para serem úteis na hora de se dirigir ao público.

      Feito este alinhamento da idéia comece a cada dia criar um sentido falando em voz alta, sozinho, para que haja sentido em sua mente, prepare-se pois novos pensamento e idéias irão surgir.

    Exemplo: Final de ano, seu chefe pede para você falar em público.

       Saiba ninguém que em pleno final do ano, ou na defesa de sua tese num tribunal, se fale mais do que o necessário.

       Então pense em você o que gostaria de ouvir, sonhos ainda por alcançar, mostre que ainda é possível, uma frase boa: vocês melhoraram muito na busca de seus sonhos, eu melhorei.

       Como é final de ano, inspire a todos a continuar a buscar seus sonhos, dizendo que esta ano que está se vivendo, foi um ano de aprendizado, e o ano seguinte promete ser melhor.

        Não foi algo cansativo, alcançou muitos ali, você falou com simpatia e demonstrou otimismo.

        É bom saber que não existe mágica para se falar em público, mas sim muito treinamento, aqui vai algumas dicas:

a) só falar do que você entende, não se aventurar. Se te convidarei com tempo, diga que é um assunto importantissimo e que demandará tempo.

b) Respire fundo antes de falar em público, voc~e irá errigar o cérebro com oxigênio, fazendo você pensar mais claramente, se sentirá mais calmo, vai parar de tremer e o especialista Reinaldo Polito afirma que a dosagem certa é uma respiração bem profunda no mínimo 10 vezes para enxer bem o pulmão.

c) Ao se levantar para falar olhe com simpatia o auditório, sem imaginar que é uma briga, mas sim sua fala e por isso é importante.

d) Treine sozinho a frente do espelho, para ver seu rosto, e corrigir suas falhas antes da fala.

e) Confie em tudo que fez até chegar este momento, lembrando-se sempre o orador se faz, não nasce feito, você consiguirá!

 

             Aguá, Clipes e outros, qual o melhor caminho?

         Estas técnicas do clipes, água, já está muito corriqueiro, por isso, não faça o que milhares fizeram antes de você.

         Para evitar estes usos comece seu discurso de maneira diferente, uma frase de efeito, conhecida e pouco entendida, explique-a.

          A pessoa que citou a frase deve ser conhecida e popular:

       "Só tenho um tiro para acertar o monstro da inflação". Presidente Collor

       "Esqueça tudo que escrevi". Presidente FHC

         Há frase engraçadas que servem para quebrar o chamado gelo no auditório, MAS CUIDADO, de repente não alcança o auditório e aí é o princípio do problema.

         Os jornais trazem manchetes, revistas que podem ser usadas, mas lembre-se, evite o sarcasmo é de muito mau uso.

         Perceba a reação quando fala sua frase, se positiva, mantenha-se em frente pois, é possível que tenha chamado atenção para sua fala.

         Se não conhece o auditório, não use piada, nem anedota, ou qualquer coisa que instigue a risada, que pode ficar só na sua risada.

 

           Alterando a postura

          Nunca, jamais entre cabisbaixo, com ar de medo, encurvado e olhar pessimista.

          Certamente o auditório vai ver isto e vai tratá-lo da mesma forma.

           Entre de cabeça erguida, com um sorriso firme, andando com passos confiantes e olhe para a platéia com olhar confiante, eles irão te respeitar.

           Além do respeito,m você ficará confiante.

           Ao adentrar assim, isto demonstra preparo, disposição, otimismo e acima de tudo, respeito por quem estiver ouvindo.

           Se for elogiar e é um ato bom, não se demore nele.

           Não permita que os ouvintes vejam suas anotações, diminua os papéis ao máximo, para que só você veja.

           Se tiver ventilador perto de onde vai falar, peça discretamente que o desligue, se não suas anotações vão voar longe.

            Carregue sempre um lenço limpo no bolso, para caso de começar a suar.

 

              Técnicas inovadoras

           Se já sentindo bem em sua fala, tenha a coragem de descer e se aproximar do público, não tenha medo, isto causará muito impacto.

           Consiga alguns nomes, sem usar de prefência, e os use mostrando que tem conhecimento de quem veio, se descobrir seus problemas, lutas e dificuldades use de palavras longânimas, leve ao auditório acreditar que não está ali por um acaso.

           Não abuse do elogio, tudo em sua medida certa.

           Na cidade de Goiania em 1987, passavam por uma crise muito forte, a principal indústria da cidade estava quase fechando as portas depois de anos de trabalho, começaram a surgir frases em audors, pintado nas paredes, e todas diziam o mesmo: não há crise para quem quer trabalhar". Surgiu um grande otimismo. A fábrica continuou lá, e tudo se estabeleceu.

           A frase não foi exagerada, nem mentirosa, mas na medida certa.

           Leia, ouça, aprenda como tirar proveito do melhor das frases espalhadas, elas poderão te servir no futuro.

             

              É possível

          Se de início você acredita que é impossível, assim será.

          A você resta uma coisa: fazer o possível, fazer o possível, fazer o possível.

          Imagine se o Presidente Lula, tivesse abandonado a vida política na primeira derrota que teve em sua candidatura ao pleito presidencial?

          Há um deputado federal que é gago, chegou a ser presidente da câmara, sem temer por sua dificuladade.

          Tudo é possível se colocar em sua cabeça que é o contrário também é verdadeiro.

          Há exemplos no Brasil aos montes que ultrapassaram os limites até conquistar seu objetivo.

          Você não é o único que irá passar por dificuldades e nem será o último.

          Creia você escreverá uma nova história.

 

             Dominando a arte de falar

       Ao longo deste artigo, oferecemos dicas, sugestões, que já foram testada por muitas pessoas e o melhor deram certo.

       Todos tem uma história comum, se dedicaram muito a leitura, leram muito.

        Ler em voz alta é ótimo para medir sua frequência, sua modulação de voz e se sua voz é muito gritada.

        Há um tempo atrás, uma rádio tinha uns minutos com o excepcional Paulo Autran( de inesquecível memória), ele declamava poesias, crônicas, trechos de textos e contos, algo de magnífica importância. A cadência de sua voz, a vida que colocava em cada frase, fazia qualquer um a viajar.

         Este material está a disposição, sem dúvida de relevante importância, sem excesso de elogio.

         Observe bem, hoje tem-se fartura de material, bons e maus, mas há.

         Por isso, está em suas mãos não perder mais tempo, faça! Corra atrás! Se reinvente para esta arte que é falar em público.

       

            BIBLIOGRAFIA CONSULTADA E A SER LIDA:

       

    COVEY, Stephen R., Os sete hábitos das pessoas muito eficazes, Beste Seller, São Paulo, 1989.

    DANTAS, R.O, Otimismo em gotas, SIciliano, São Paulo, 1995.

    NELSON, Bob, Faça o que tem de ser feito e não apenas o que lhe pedem, Sextante, Rio de Janeiro, 2003.

    POLITO, Reinaldo, Assim é que se fala, Saraiva, São Paulo, 2000.

    POLITO, Reinaldo, Como falar corretamente e sem inibições, Saraiva, São Paulo, 1986.

     

 

 

                        

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Marcos Antonio Duarte Silva) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Comentários e Opiniões

1) Tj.valle (28/06/2009 às 12:27:04) IP: 189.106.125.208
Obrigada, foi de grande ajuda ler o seu artigo, me motivou bastante.
2) Marilei Morais (15/07/2009 às 13:17:27) IP: 200.172.83.144
OTIMO TEXTO ME INCENTRIVOU MUITO !OBRIGADO!!
3) Wsc - Contabilidade(09.08.09) (09/08/2009 às 19:18:07) IP: 201.58.181.8
OTIMA DICA POIS IREI PARA UM AUDITORIO NO DIA 19.09 E COM ESSAS DICAS TEREI OTIMO DESEMPENHO.
4) Edno Passos (10/08/2009 às 07:46:07) IP: 189.99.199.12
Otimo texto, com dicas inovadoras que com certeza ajudarar, e muito...
5) Leda (16/08/2009 às 10:20:14) IP: 201.34.32.88
ACREDITO, QUE ESSE É UM PROBLEMAS QUE ATINGE VARIAS PESSOAS, ESTA DIANTE DE UM PÚBLICO, SEJA QUAL FOR, É SEMPRE CAUSA DE NERVOSISMO E ANSIEDADE, OBRIGADA PELAS ORIENTAÇÕES, IRAM AJUDAR MUITO.
6) Beatris (05/10/2009 Às 14:30) (05/10/2009 às 14:35:42) IP: 189.31.88.82
"É legal esse trabalho,pois auxilia muitas pessoas ajudando à vencer suas dificuldade, uma delas que é o nervosismo e a falsa ansiedade de falar em publico".
7) Luiz Filipe (13/10/2009 às 14:46:55) IP: 200.152.43.195
HA MOMENTOS QUE NOS PRECISAMOS SABER COM LIDAR COM O AUDITORIO,TENTAREI USA ESTE ATO
8) Adriano Viana (14/10/2009 às 16:41:37) IP: 189.121.98.105
Adorei as dicas elas fazem muitas diferenças.Além disso elas ajudam bastante no dia dia em um bate papo formal entrevistas e naqueles momento de conversar com pessoas com um nível cultural mais elevado.
9) Francisco (17/11/2009 às 19:10:07) IP: 200.253.129.74
È GRATIFICANTE, SENTIR PALAVRAS DE INCENTIVOS.
10) Marina (19/12/2009 às 17:01:59) IP: 189.48.91.101
gostei das dicas aqui apresentadas, tenho tido dificuldades em falar em publico,vou melhorar muito depois de ter lido.
11) Márcia Tordin (24/01/2010 às 17:47:51) IP: 189.100.81.133
Foi inspirador!!! Espero mais artigos como este, além de muito bom em comentários e exemplos é de um otimismo a toda prova. Muito obrigada pela generosidade.
12) Anderson Steimbach (18/02/2010 às 23:56:38) IP: 201.47.73.167
Gotei do assunto, estou apredendo a falar em publico e obrigado.
13) Lidiane (16/04/2010 às 16:47:04) IP: 201.58.248.241
Adorei,este artigo foi essencial para o proximo passo,motivou-me bastante possibilitando fluir novas ideias. É de dá gosto a perfeição
14) Jean (21/04/2010 às 11:08:23) IP: 201.18.153.155
Tema de suma importância para a sociedade moderna, sendo que o mesmo deveria ser conteúdo obrigatório nos planos curriculares do ensino fundamental e médio.
15) Francidalva (23/04/2010 às 19:51:07) IP: 200.129.144.130
adorei o artigo,pois me ajudou muito um dia falarei em publico sem nervosismo.
16) Gisnara (20/10/2010 às 23:16:27) IP: 201.14.210.159
muito bom,adorei
falar em público é tão dificil, mais abordado
desse modo parece-me que todos podem, valeu!!!!!
17) Valéria (17/11/2010 às 15:51:31) IP: 201.2.63.17
Adorei o artigo, vi que é possível colocar em prática e percebi o alto grau de conhecimento do autor, porém têm alguns erros de digitação e falta de concordância, o que pode tirar a credibilidade do texto.
18) Luiz (24/04/2011 às 18:42:49) IP: 186.224.152.131
Este é um tema q ultimamene esta interferindo na minha vida e carreira, sempre tive muita dificuldade no q diz respeito a isso,é realmente de extrema ajuda o artigo abordado.


Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2014. JurisWay - Todos os direitos reservados