JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Novo CPC com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
 


Certificado

Os minicursos gratuitos não oferecem certificado.
Para obter um certificado, é preciso se inscrever em um dos Estudos Temáticos.
Os Estudos Temáticos não são gratuitos (saiba mais).
Inscreva-se em um dos Estudos Temáticos abaixo, que englobam também o tema tratado neste minicurso:

Novo Acordo Ortográfico no Brasil (Língua Portuguesa)
Certificado com carga horária de 40 horas


Ortografia Oficial (inclui Novo Acordo Ortográfico) (Língua Portuguesa)
Certificado com carga horária de 100 horas





Dicas JurisWay:


Use o teclado
- Você também pode navegar pelas páginas do curso usando as setas de seu teclado.

- Quando chegar na última página, avance mais uma vez para concluir o curso.



Ajude o JurisWay


Dê uma nota
- Ao final, dê uma nota de 1 a 10 ao curso.
Comente:
- Deixe também um pequeno comentário sobre o conteúdo, dizendo o que mais gostou ou o que não achou legal.
Inclua sugestões
- Aproveite para dar suas sugestões sobre como poderíamos melhorar o conteúdo.

Bons estudos!

JurisWay > Cursos Gratuitos Online > Língua Portuguesa > Tatiane Santana

Novo Acordo Ortográfico 3 - O retorno do K, W e Y

<< Página
 de
 >>
Tamanho da letra: a a a a a


Tatiane Santana
Novo Acordo Ortográfico 3 - O retorno do K, W e Y
Língua Portuguesa


Por que as letras K, W e Y voltaram ao alfabeto? Quais as consequências práticas? Alguma palavra será grafada de forma diferente? Como deverão ser usadas? Elas são vogais ou consoantes? Como é a pronúncia do W? Acesse o curso e saiba a resposta para essas e outras perguntas.


Palavras-chave: Novo acordo ortográfico, ortografia, reintrodução, retorno, incorporação, k, w, y, cá, cápa, dábliu, ípsilon, alfabeto
Iniciar Curso
1 - O retorno das letras K, W e Y
        1.1 - Incorporação das letras K, W e Y
A primeira modificação prevista pelo acordo ortográfico diz respeito ao alfabeto, que é o conjunto de letras usadas para grafar as palavras da língua. O alfabeto da língua portuguesa, que até então possuía 23 letras, passa a ter 26. Foram incorporadas as seguintes letras:
  • K (cá ou capa) - letra oriunda do alfabeto fenício (kaph), adotada pelos gregos (kapa) e depois pelos romanos (capa).
  • W (dábliu) - letra usada nas línguas inglesa, em que soa como o "u", e alemã, em que é pronunciada como "v".
  • Y (ípsilon) - letra com som de "i".
  • Assim, nosso alfabeto passa a ter a seguinte formação:


    A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

    Ah! Fala sério! Essas letras ainda não faziam parte de nosso alfabeto? Elas já apareciam até nos dicionários!
    Realmente, os dicionários sempre listaram as letras K, W e Y, pois são usadas em siglas, abreviaturas e palavras de origem estrangeira, e também palavras derivadas.

    Até o início do século passado, essas três letras fizeram parte do alfabeto da língua portuguesa, mas foram excluídas desde 1911 em Portugal e desde 1943 no Brasil.

    Entretanto, foram restauradas pelo novo acordo ortográfico e agora passarão novamente a fazer parte de nosso alfabeto.
    E por que trazer essas letras de volta?
    São três os motivos apontados para a reintrodução das letras K, W e Y em nosso alfabeto:

    1º) Os dicionários já registram as letras K, W e Y, justamente por já existir uma quantidade razoável de palavras em nosso vocabulário iniciadas por essas letras;

    2º) É necessário fixar a ordem que essas letras ocupam no alfabeto;

    3º) Nos países africanos de língua oficial portuguesa, existem muitas palavras que se escrevem com K, W e Y.
    Bom... e na prática? Isso muda alguma coisa? Haverá mudanças na grafia de alguma palavra? Deverei escrever kilômetro e ao invés de quilômetro?
    Na prática, nada muda na grafia das palavras, pois a reintrodução das letras K, W e Y em nosso alfabeto não aumenta seu uso.

    Para entender melhor, vamos voltar no tempo e entender o que aconteceu em 1943...
    1.2 - Histórico
    Pela Conveção Ortográfica de 1943, ficou estabelecido que as letras K, W e Y seriam excluídas do nosso alfabeto, e que as palavras que até então eram grafadas com essas letras sofreriam as seguintes modificações gráficas:

  • o K seria substituído pelo dígrafo QU antes das vogais E e I ou pela letra C nos demais casos.
  • o W seria substituído por V ou U de acordo com o seu valor fonético na palavra.
  • o Y seria substituído pelo I.

    O emprego das letras K, W e Y, entretanto, ainda seria permitido em alguns casos especiais.

  • Agora, apesar de reintroduzir as letras K, W e Y em nosso alfabeto, o novo acordo ortográfico não alterou sua forma de uso, que continuou restrita apenas a alguns casos especiais.

    É o que veremos nas próximas páginas...
    1.3 - Uso das letras K, W e Y
    As letras K, W e Y são usadas em nomes próprios oriundos de línguas estrangeiras, como nos exemplos abaixo:

    Byron, Darwin, Franklin, Taylor, Wagner, Wilson, Kardec, Kathy, Shakespeare, Kuwait...
    Nas palavras derivadas de nomes próprios estrangeiros grafados com K, W e Y, essas letras são mantidas. Veja alguns exemplos:
  • byroniano (relativo a Lord Byron, poeta inglês, autor da obra Don Juan)
  • kantismo (doutrina filosófica de Immanuel Kant, filósofo alemão)
  • kardecismo (doutrina espírita do pensador francês Allan Kardec)
  • kardecista (relativo ao kardecismo, seguidor dessa doutrina)
  • kuwaitiano (indivíduo natural do Kuwait)
  • As letras K, W e Y também são usadas em siglas, símbolos e palavras internacionalmente adotadas como:
  • Siglas Internacionais:
  • TWA (Trans World Airlines); KLM (Koninklijke Luchtvaart Maatschappij, em português: Companhia Real de Aviação)
  • Unidades de medida:
  • kg (quilograma); km (quilômetro); kw (quilowatt); watt; yd (jarda, do inglês yard)
  • Elementos Químicos:
  • K (Potássio); W (Tungstênio); Y (Ítrio); Kr (Criptônio)
  • Pontos Cardeais:
  • W - oeste (West); SW - sudoeste (southwest); NW - noroeste (northwest)
    As letras K, W e Y também são usadas nas palavras de outras línguas que acabaram se popularizando e se transformando comuns em nossa comunicação, como:

  • kit;
  • software;
  • delivery;
  • coffee-break;
  • sexy;
  • marketing;
  • show...
  • As letras K, W e Y, agora incorporadas ao nosso alfabeto, também deverão ser usadas nas sequências de enumeração compostas por letras:


    a) b) c) d) e) f) g) h) i) j) k) l) m) n) o) p) q) r) s) t) u) v) w) x) y) z)

    1.5 - Classificação
    E quanto à classificação? Posso falar que K e W são consoantes e que o Y é uma vogal?
    As novas letras do alfabeto deverão ser classificadas em vogais ou consoantes de acordo com a forma como são pronunciadas nas palavras em que aparecem.

    Assim, o K será sempre consoante, pois sempre é pronunciado como o C antes das vogais A, O e U e como o dígrafo QU antes de E e I.

    Já o Y será vogal (ou semivogal), pois normalmente é pronunciado como se fosse um I.
    Entretanto, a letra W pode assumir o papel de vogal ou consoante.

    Por exemplo, nas palavras de origem inglesa, por ser normalmente pronunciado como U, o W será vogal ou semivogal:
  • waffle, Wallace, show, Wilson, Windows, watt (uóte)

  • Já nas palavras de origem alemã, o "W" normalmente é pronunciado como um V, e, assim, será uma consoante:
  • Walter; Wagner, Volkswagen
  • Copyright (c) 2006-2014. JurisWay - Todos os direitos reservados

    Tempo gasto : 105,4688 milésimos de segundosInscreva-se em um dos Estudos Temáticos abaixo, que englobam também o tema tratado neste minicurso:

    Novo Acordo Ortográfico no Brasil (Língua Portuguesa)
    Certificado com carga horária de 40 horas


    Ortografia Oficial (inclui Novo Acordo Ortográfico) (Língua Portuguesa)
    Certificado com carga horária de 100 horas