JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

VAREJO DO FUTURO - Clima e Motivação - A excelência é obtida através da melhoria constante


Autoria:

Valdimir Portz Machado


Valdimir Portz é Advogado e Consultor Jurídico na área de Franquias.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

No varejo do futuro irão prevalecer as condutas de: VERDADE e HONESTIDADE das pessoas, empresas e instituições. Essas condutas serão valoradas positivamente pelos consumidores nas relações de consumo junto as empresas comerciais.

Texto enviado ao JurisWay em 09/04/2019.

Última edição/atualização em 10/04/2019.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Sabemos que a vida de um vendedor é como um cardiograma ou uma montanha-russa: O Varejo é assim. Temos períodos de alta e períodos de baixa em relação as vendas. Uma série de fatores externos, dos quais ninguém tem controle (Inflação, juros, economia, desemprego, muita chuva, seca, frio, calor, etc...), contribuem para essa sazonalidade das vendas no comércio. O ato de pensar à frente, considerando possíveis situações e traçando metas para lidar com elas, é essencial para manter seu negócio, evitando que as variações sazonais comprometam o seu negócio. Aproveite as oportunidades de cada período do ano, principalmente em relação às datas comemorativas, e faça promoções atrativas específicas que tenham a ver com o perfil do seu público, aumentando as chances de sucesso.

 

Para o Vendedor, quando as coisas estão boas, tudo está certo, mas quando NÃO VÃO BEM, bate a insegurança. O fato do time não conseguir alcançar as metas exigidas gera um senso de desânimo e incapacidade entre todos, sugere que o produto não é vendável ou que não gera o valor que deveria. Isso cria um efeito bola de neve: time que não bate meta fica desmotivado, time desmotivado vende menos.

 

Para manter seus vendedores motivados, existem estratégias e ferramentas que podem ajudar. Por exemplo, começamos pela criação de uma cultura de envolvimento dos profissionais com o real propósito de ajudar a empresa a atingir as suas metas mensais. Tem que ficar claro para todos a parcela de contribuição necessária mínima de cada um, o importante é: Todos tem que saber o que cada um precisa realizar para que as metas e objetivos da empresa possam ser atingidos. Esse é o primeiro ponto para manter alguém motivado: Ter um propósito real – Ter objetivos bem definidos.

 

No varejo do futuro irão prevalecer a: VERDADE e a HONESTIDADE das pessoas, empresas e instituições. Essas condutas serão valoradas positivamente pelos consumidores. A cultura do engano, do levar vantagem indevida, do passar o outro para traz, mentir, determinar margens de lucro absurdas sobre determinados produtos, são comportamentos que não serão mais admitidos pelos consumidores.

 

Não serve mais para o VAREJO e o COMÉRCIO: Mentir, enganar, Levar vantagens indevidas, ser injusto, querer receber sem trabalhar, não estar preparado, promover campanhas publicitárias enganosas, desejar lucros imediatos e desproporcionais à realidade de mercado, etc... São algumas das condutas que irão transformar você em um perdedor e com grandes chances de fazer você quebrar e, em alguns casos, ter que responder judicialmente por eventuais atos ilegais praticados.

 

Os consumidores estão bem atentos e muito mais informados. O “Malandro”, está com os seus dias contados. Ou você trabalha com competência, preparo e honestidade, ou está fora do mercado. Competir com inteligência, com estratégia competitiva e sabedoria, mantendo-se informado, atualizado, especializado sobre o seu negócio, acompanhando os movimentos da sua concorrência, é a receita básica para você, no mínimo, se tornar competitivo, COM UMA GRANDE PROBALIDADE DE TORNAR-SE UM VENCEDOR. Do contrário, agindo de forma inconsequente, faltando com a verdade, você passa a estar fora do contexto do futuro. FORA DO JOGO. Mais cedo ou mais tarde, você acabará perdendo a credibilidade junto aos seus clientes, e, como consequência lógica, o seu negócio vai fracassar. A desonestidade não é mais sinônimo de esperteza! Ou você é honesto ou desonesto. A escolha é sua e as consequências também!

 

Quanto mais valor você agregar ao seu produto e serviço, de forma coerente e razoável, mais autorizado estarás em valorizar os produtos da sua loja. Preço justo, excelência no atendimento, serviços oferecidos e qualidade das mercadorias, autorizam o valor final do que você vende. Vendedores preparados, com constante capacitação e especialização no seu negócio fazem a diferença e tornam a sua empresa mais competitiva. As pessoas querem ter uma experiência de compra agradável, feliz, que possibilite a aquisição de determinado produto de forma honesta, justa e com qualidade. O Vendedor passa a ser um “consultor e assessor” de seus clientes no momento da compra. Um cliente bem atendido em suas necessidades, certamente é sinônimo de cliente fidelizado, muitas vezes se tornando até um militante defensor da sua MARCA, propagando e disseminando em seu meio social, a experiência positiva experimentada junto a sua empresa.  

 

Além disso, o ambiente de trabalho tem que ser favorável para manter o clima. Deve-se procurar manter um ambiente alegre e equipe afinada, todos unidos pelo mesmo objetivo, um querendo o bem do outro, ajudando-se mutuamente. Condições de trabalho e ferramentas adequadas para o vendedor, estrutura física e incentivos (comissões e bonificações) são fatores que uma empresa não pode deixar de lado. Afinal, uma loja depressiva, triste, um vendedor despreparado, desmotivado, sem apoio e condições adequadas de trabalho, certamente, são situações que irão contribuir para o fracasso da empresa.

 

Contratar vendedores com um bom perfil de experiência ou com muita vontade de aprender, no ramo da sua atividade, disciplinado e com ambições que compartilham a visão de desenvolvimento, crescimento e desejo de vencer na vida, ajudam a manter uma equipe mais unida, mesmo em tempos mais difíceis.

 

É responsabilidade do dono da empresa os acompanhamentos individuais, saber o que está acontecendo, onde se está acertando e aonde se está errando. Ajudar o vendedor a encontrar o seu propósito de estar na empresa, traçar metas e auxiliar em momentos de dificuldade. Pois, quando as coisas não vão bem, esses pontos podem ser difíceis de enxergar. O empresário deve estar atento e o vendedor precisa se sentir apoiado, saber que você está preocupado com ele, que você investe no aprendizado e aperfeiçoamento constante da sua equipe de profissionais.

 

VALDIMIR PORTZ MACHADO

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Valdimir Portz Machado) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2020. JurisWay - Todos os direitos reservados