JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL


Autoria:

Odair Eliseu Albrecht


Advogado Formado pelo Grupo Kroton, Faculdade Anhanguera - SP.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

O presente título tem como objetivo, nortear advogados no que diz respeito ao usucapião extrajudicial e suas peculiaridades.

Texto enviado ao JurisWay em 02/05/2016.

Última edição/atualização em 03/05/2016.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Há tempos o direito brasileiro vem inovando no que diz respeito ao poder judiciário, pois está em andamento em todo o país a "extrajudicialização", que nada mais é do que a resolução das “lides” por outros órgãos diferentes que não os da esfera judicial. O resultado é favorável, vez que, além de desafogar a demanda do poder judiciário ainda proporciona segurança e agilidade para as partes.

Com o advento do novo Código de Processo Civil, (Lei13.105/15), os cartórios de notas e registro de imóveis passam a ter competência para realizar o procedimento de usucapião, o que antes era somente permitido judicialmente.

Trata-se, como já dito, de uma "extrajudicialização" do direito, ou seja, o poder judiciário delega função para órgãos extrajudiciais incorporarem às suas atribuições com o objetivo de agilizar o procedimento e desafogar o poder judiciário.

Os cartórios, que já possuem a atribuição para realização de inventários e divórcios (Lei 11.441/07), agora contam com mais essa função.

Os principais requisitos para o pedido de usucapião extrajudicial são:

 Ata notarial lavrada pelo tabelião, atestando o tempo de posse do requerente e seus antecessores, conforme o caso e suas circunstâncias;

 Planta e memorial descritivo assinado por profissional legalmente habilitado, com prova de anotação de responsabilidade técnica no respectivo conselho de fiscalização profissional, pelos titulares de direito reais e de outros direitos registrados ou averbados na matrícula do imóvel usucapiendo e na matrícula dos imóveis confinantes;

 Certidões negativas dos distribuidores da comarca da situação do imóvel e do domicílio do requerente; e

 Justo título ou quaisquer outros documentos que demonstrem a origem da posse, continuidade, natureza e tempo, tais como o pagamento dos impostos e taxas que incidirem sobre o imóvel.

Mais informação a respeito acesse o link.

https://www.dropbox.com/home/Sua%20Assessoria%20Forense/DOCUMENTOS%20PARA%20USUCAPIAO?preview=USUCAP...

Odair Albrecht.

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Odair Eliseu Albrecht) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados