JurisWay - Sistema Educacional Online
 
Kit com 30 mil modelos de petições
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

História do Direito como matéria primordial para o aluno de Direito


Autoria:

Beatriz Dos Santos Bittencourt


Sou acadêmica em Direito da faculdade FANESE, venho com o objetivo de apresentar a importância da matéria de História do Direito para o acadêmico em Direito.

envie um e-mail para este autor

Resumo:

A disciplina História do Direito vem sendo cada vez mais exigida no curso de Direito,o artigo tem como objetivo explicar a importância da matéria.

Texto enviado ao JurisWay em 01/05/2016.

Última edição/atualização em 03/05/2016.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

História do Direito como matéria primordial para o aluno de Direito

 

Beatriz dos Santos Bittencourt

Acadêmica em Direito da faculdade Fanese

 

Sumário: 1 .Introdução. 2. Conceito de Direito. 3. Ligação entre Direito e História. 4. Conclusão. 5. Referências

 

Resumo: A disciplina História do Direito vem sendo cada vez mais exigida no curso de Direito, pois descreve todos os acontecimentos jurídicos ocorridos desde a antiguidade até os dias atuais. Tem como objetivo explicar as relações entre Direito e sociedade, explica o que o Direito fez, é relevante pois ensina o que o Direito é.

Palavras-Chaves: Disciplina. História. Direito. Relação. Sociedade 

 

1- Introdução

 

 

História do Direito é a parte da história geral que examina o direito como fenômeno sociocultural, inserido em um contexto fático. Matéria ligada por fontes históricas, documentos jurídicos, agentes e instituições legais. A História do Direito possui uma natureza interna constituída pelas instituições públicas e privadas, é uma natureza externa composta pelas fontes que influenciam o Direito: leis, jurisprudência. Tem como objetivo ensinar como o Direito atual se formou e se desenvolveu, além de realizar uma análise crítica das legislações passadas e produzir uma interpretação crítica dialética das ideias norteadoras que influenciam o Direito.

 

2- Conceito de Direito

 

 

A palavra “Direito’’ vem dos Romanos antigos e é a soma das palavras DIS (muito) + RECTUM  (justo, certo), isto é, aquilo que é muito justo; tem muita justiça. Direito é o conjunto de normas para a aplicação da justiça e a minimização de conflitos em uma determinada sociedade. Segundo Flávia Lages, a sociedade não existiria sem o homem, as regras e as normas, pois é o Ser Humano quem faz o Direito e é pra ele que o Direito é feito, como expressa Vicente Ráo:

 

  “O Direito pressupõe, necessariamente, a existência daquele ser e daquela atividade. Tanto vale dizer que pressupõe a coexistência social, que é o próprio homem’’ (RÃO, Vicente. O direito e a vida dos direitos. 5. Ed. São Paulo; 1999. p. 51.

 

 

Direito é, pois, um conjunto de normas de condutas que seguem o homem desde o seu nascimento até a sua morte, ou seja, é inerente ao homem. Cada sociedade formula o que vai ser feito, o que vai ser legislado de acordo com suas culturas, tradições e suas eras históricas.

 

 

3- Ligação entre Direito e História

 

 

José Lopes, no livro “O Direito na história’’ irá destacar como pontos de ligação entre Direito e história o uso de métodos. Alguns métodos da Nova História serão utilizados também pela Nova História do Direito. Já Flavia Castro, irá destacar com pontos, o homem e a cultura. Ela irá dizer que cultura é o processo pelo qual o homem acumula experiência. Para ela, tudo o que o homem produz é fruto  da cultura.  O conceito moderno de cultura foi cunhado no século XIX por Edward Tylor em uma abordagem antropológica, segundo o qual a cultura é o conjunto de hábitos e costumes. A cultura é passageira e histórica, ela depende do momento em que o indivíduo está vivendo para obter características que possam defini-la. 

 

 

4- Conclusão

 

 

É notável a importância do estudo da disciplina História do Direito na formação acadêmica jurídica pois é partir dela que percebe-se todo o processo evolutivo na história do Direito, e sua relevância na fundamentação do Direito como é visto na sociedade atual, além disso é fundamental na descrição de fatos ocorridos em uma determinada época. É de suma importância, pois, visa compreender as diversas transformações nos diversos povos, do ponto de vista jurídico, sendo assim, a base fundamental para a formação dos futuros juristas.

 

 

5- Referências

 

 

CASTRO, Flávia Lages. História do Direito Geral e Brasil. Rio de Janeiro. Lumem Juris, 2010.

COULANGES, Numa- Denny Fustel – A família In: A cidade Antiga.

WOLKMER, Antônio Carlos. Fundamentos da História do Direito. Belo Horizonte: Del Rey, 2010.

 

 

 

 

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Beatriz Dos Santos Bittencourt) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados