JurisWay - Sistema Educacional Online
 
Kit com 30 mil modelos de petições
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

CAOS NA DEFENSORIA PÚBLICA CAPIXABA


Autoria:

Carlos Eduardo Rios Do Amaral


MEMBRO DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

envie um e-mail para este autor

Resumo:

CAOS NA DEFENSORIA PÚBLICA CAPIXABA

Texto enviado ao JurisWay em 04/02/2014.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

CAOS NA DEFENSORIA PÚBLICA CAPIXABA

 

Por Carlos Eduardo Rios do Amaral

 

“Eu tenho horror a pobre”. “Eu quero que pobre se exploda”. Eram esses os bordões do político Justo Veríssimo, um dos personagens mais famosos do grande e insuperável Chico Anysio.

 

Do alto de sua sabedoria e experiência, esse saudoso humorista cearense, mesmo durante os anos de chumbo da ditadura militar, valia-se da comédia e da ironia para advertir o povo brasileiro do que se passava na mente de certos políticos, as verdadeiras idéias e intenções de alguns agentes públicos.

 

E por falar em pobre, naturalmente, vem a mente de cada cidadão e cidadã a Defensoria Pública, instituição designada solitariamente pela Constituição Federal de 1988 para promover os direitos e interesses do pobre e da coletividade de pessoas necessitadas.

 

Assim, ter horror a pobre e, ainda, desejar que o mesmo se exploda é o mesmo que ter horror à Defensoria Pública e desejar que esta instituição também se esfacele. Não há outro raciocínio ou milagre que possa ser feito para dissociar coisas indissociáveis.

 

A cada dez dias um Defensor Público no Estado do Espírito Santo pede exoneração. Boa parte para seguir carreira na própria Defensoria Pública, mas de outros Estados, aonde a remuneração desse profissional é aquela digna e merecidamente equiparada a juízes e promotores.

 

Bom, este Ano teremos eleições gerais. Quero dizer que haverá uma oportunidade ímpar e extraordinária de elegermos um candidato afinado e preocupado com a Defensoria Pública capixaba e seus Defensores Públicos, com o pobre, com a massa de pessoas carentes de tudo, inclusive de Justiça.

 

__________________                

 

Carlos Eduardo Rios do Amaral é Defensor Público no Estado do Espírito Santo

 

 

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Carlos Eduardo Rios Do Amaral) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados