JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor

Últimos artigos

Procon-SP autuou 30 empresas durante a Operação Inverno
19/07/2012

PF prende 26 em operação para reprimir garimpo ilegal em Roraima
19/07/2012

Aprovado projeto sobre esclarecimento ao consumidor quanto ao padrão digital
19/07/2012

Governo prorroga licenciamento compulsório das patentes do antirretroviral Efavirenz
19/07/2012

Saiba o que levar em consideração ao visitar um feirão de imóveis
19/07/2012

Ipem-SP reprova 33% dos cronotacógrafos fiscalizados em rodovias e empresas no primeiro quadrimestre
19/07/2012

Programa no Rio Grande do Sul ensina a cuidar de nascentes e reservatórios de água
19/07/2012

Governo quer mudar regras de portabilidade bancária
19/07/2012

Yamaha faz recall de veículos aquáticos
19/07/2012

Aprenda a evitar doenças respiratórias causadas pelo frio
19/07/2012

Mais artigos...

 

Veja as dicas do Procon de como planejar um casamento

Fonte: Infomoney 8/5/2012

Texto enviado ao JurisWay em 19/07/2012.

indique está página a um amigo Indique aos amigos



SÃO PAULO – Maio é o mês das noivas. Época preferida para selar a união dos casais apaixonados. Um casamento, porém, apesar de ser o sonho de muita gente, dá muito gasto e consome muito tempo para que tudo saia em perfeita harmonia.

Pensando nisso, o Procon-SP elaborou o ‘Manual dos Noivos’, aonde pontua os principais itens que compõem um casamento e dá algumas dicas. O casal terá que adicionar na sua lista a escolha da igreja; o agendamento do cartório; a confecção dos convites; os preparativos para a festa; a locação dos trajes; a lista de presentes; e a lua de mel entre outros.

Centro religioso
Em relação ao centro religioso escolhido para o matrimônio, é importante lembrar que cada local funciona de acordo com um regulamento próprio. Alguns estabelecimentos impõem, por exemplo, certas limitações em relação à decoração, horários e repertório musical.

Isso quer dizer que o casal deve conhecer muito bem o protocolo do estabelecimento antes de contratar o serviço. Caso o centro religioso ofereça um pacote, contendo serviços como música, bufê, foto e vídeo, vale verificar exatamente o que está incluso, avaliando, inclusive, se não vale mais a pena contratar tudo separadamente.

De acordo com o Procon-SP, desde que sejam observadas as regras preestabelecidas pelo centro religioso, o consumidor não pode ser obrigado a utilizar os profissionais ou serviços indicados pelo local. Para a Fundação, não permitir que os noivos escolham os serviços de sua confiança, configura-se prática abusiva.

É importante, ainda, que o casal exija um documento assinado, discriminando tudo que contratou. Caso aconteçam outros casamento no mesmo dia, todos devem assinar este documento.

Cartório
Antes de mais nada, o casal deve selecionar um cartório competente, que deve ser aquele responsável por atender ao endereço residencial atual ou futuro de um dos noivos.

Para o casamento civil, não há cobrança de taxa para a população de baixa renda, direito que muita gente não sabe que tem. Alguns cartórios enviam um juiz de paz para celebrar o casamento civil fora do cartório, mas o valor cobrado será diferencial. “O cartório deve ter uma tabela de emolumentos afixada em suas dependências”, alerta o Procon-SP.

Convites e festa
O Procon recomenda que o casal faça uma pesquisa de preço e que contrate uma empresa para confeccionar os convites o quanto antes. Isso porque, o tempo permite que sejam feitas correções caso necessário.

Quando contratar o serviço, não deixe de definir todos os detalhes e pedir um orçamento discriminando preço, condições de pagamento, padronagem, cor, modelo, quantidade e data de entrega. Também é importante solicitar, antes da impressão final, um croqui ou layout dos convites e demais impressos.

Na hora do pagamento, procure vincular o dinheiro a entrega do material. Se a empresa não aceitar, veja a possibilidade de disponibilizar apenas um sinal de entrada.

“Na entrega dos convites prontos verifique se está tudo conforme o combinado. Em caso negativo o consumidor tem direito a reexecução do serviço, a restituição da quantia paga, atualizada monetariamente ou ao abatimento proporcional do preço”, explica o Procon.

Passando para a festa, ao contratar os serviços de bufê, vale a pena procurar referências, pedir provas de cardápios e, se possível, participar de algum evento da empresa. O Procon-SP ainda recomenda que o casal pergunte se existe um pacote que inclua, além dos serviços básicos de alimentação e decoração, algum tipo de bebida, videofilmagens, fotografias, sonorização, segurança e estacionamento.




Nossas notícias são retiradas na íntegra dos sites de nossos parceiros. Por esse motivo, não podemos alterar o conteúdo das mesmas até em casos de erros de digitação.
Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
 
Copyright (c) 2006-2020. JurisWay - Todos os direitos reservados