JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor
 

Compras pela Internet

Texto enviado ao JurisWay em 18/09/2006.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

O Brasil é o líder de negócios de pessoas físicas na internet com 80% de participação no mercado da América Latina, de acordo com pesquisa da Boston Consulting Group. As compras de supermercado lideram com 20 a 25% dos negócios.
O baixo custo dos computadores pessoais e a popularização da internet aliada à globalização da economia são componentes propulsores desta nova forma de comércio. No Brasil, o uso do comércio eletrônico cresce numa escala de 1500% ao ano. Mas esta nova tecnologia é um meio seguro para os consumidores?
Sim, porque a maioria das empresas que disponibiliza o serviço de venda pela internet usa tecnologia de segurança SSL em seus formulários. Essa tecnologia criptografa os dados que o consumidor lança no site da empresa e somente a chave correspondente no banco de dados da empresa pode decodificar tal informação.
Porém, não há segurança sem a tecnologia SSL e os dados expostos na rede podem ser interceptados por um hacker mal intencionado. A interceptação pela internet é uma pratica de espionagem, feita por usuários altamente avançados que usam os dados para lesar consumidores e empresas, ou simplesmente vender as informações privilegiadas a terceiros.
Como Comprar
As compras são feitas da maneira mais simples possível. Na maioria dos sites, que são verdadeiras lojas virtuais, existem ferramentas de busca para que o consumidor encontre o produto desejado no estoque da empresa. Encontrado o produto, ao clicar no link correspondente. o consumidor é levado a um formulário onde preencherá seus dados pessoais, endereço para entrega e o número do cartão de crédito. Automaticamente, o cartão é verificado pelo servidor que autoriza ou veta a compra.
Precauções
Antes de comprar, verifique a idoneidade da empresa e há quanto tempo ela está estabelecida no mercado. Como não é assinado nenhum contrato de compra e venda o consumidor corre o risco de receber em sua casa uma encomenda que não pediu, ou ainda, não receber nada embora tenha comprado e pago. Se isso ocorrer, procure o PROCON, ou uma entidade de defesa do consumidor para reclamar.
 
Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
 
Copyright (c) 2006-2020. JurisWay - Todos os direitos reservados