JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Qual a Real Importância da Prisão em Flagrante?


Autoria:

Beatricee Karla Lopes


Drª Beatricee Karla Lopes é Advogada Civilista e Criminalista - OAB/ES 15.171; pós-graduada em Civil e Penal; Escritora de Artigos Jurídicos; Membro Imortal da Academia de Letras da Serra-ES; Comendadora Cultural e Membro Imortal da Academia de Letras de São Mateus-ES; Comendadora Cultural da ONG Amigos da Educação e do Clube dos Trovadores Capixabas; Personalidade Cultural de 2017 do 3º Encontro Nacional da Sociedade de Cultura Latina do Brasil; Personalidade Artística e Cultural 2018; colunista da Página Jornalística Censura Zero - www.censurazero.com.br; Poeta; e Escritora Literária. Contato: (27) 9.9504-4747, e-mail: beatriceekarla@hotmail.com, site: beatriceeadv.wixsite.com/biak, Facebook: @DraBeatricee e Instagram: @direitocensurazero. Para encontrar: #DraBeatricee

Endereço: Rua Dr. Arlindo Sodré, 370 - Escritório de Advocacia
Bairro: Fátima, Tel.: 9.9504-4747

São Mateus - ES
29933-540


envie um e-mail para este autor

Outros artigos da mesma área

A CONSTITUCIONALIDADE DA INVESTIGAÇÃO CRIMINAL REALIZADA PELO MINISTÉRIO PÍUBLICO

A INFLUÊNCIA DA MÍDIA NO TRIBUNAL DO JÚRI

Agressor que descumpre medida protetiva de urgência perde metade da fiança

Conversas entre Moro e Dallagnol podem ser causa de anulação dos atos praticados por moro, incluindo o da prisão de Lula afirma Nathan Estevão

A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA EM BUSCA DA VERDADE REAL E O PODER PUNITIVO DO ESTADO.

Aos amigos do rei as benesses da lei. Aos inimigos, os rigores da lei

Júri

Teoria do Etiquetamento Social e o sigilo no inquérito policial

A RESPONSABILIDADE PENAL DA PESSOA JURÍDICA NO PROJETO DO NOVO CÓDIGO PENAL

Como conciliar a inafiançabilidade constitucionalmente imposta aos crimes hediondos e equiparada (art. 5o, inc. XLIII) com a atual redação do art. 310 do CPP?

Mais artigos da área...

Texto enviado ao JurisWay em 07/01/2019.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Prisão em Flagrante é a prisão de um indivíduo que fora encontrado cometendo um delito ou acabado de cometê-lo. Trata-se aqui do chamado Flagrante Próprio.

A Prisão em Flagrante também pode ser a prisão de um indivíduo que foi perseguido, logo após, pela autoridade policial, pelo ofendido ou por qualquer pessoa, em situação que faça presumir ser ele o autor de um delito (trata-se do Flagrante Impróprio); ou é a Prisão em Flagrante de uma pessoa que fora encontrada, logo depois, com instrumentos, armas, objetos ou papéis que façam presumir ser ela a autora do delito (trata-se de Flagrante Presumido).

Conferiu a Lei Processual Penal o dever das autoridades policiais e seus agentes de prender quem quer que seja encontrado em Flagrante Delito (trata-se do Flagrante Obrigatório), e a possibilidade de qualquer pessoa do povo, inclusive a própria vítima de um determinado crime, também realizar a prisão daquele que for encontrado em Flagrante Delito (trata-se do Flagrante Facultativo).

Quando acontece de alguém do povo, inclusive a vítima de um crime, prender uma pessoa em Flagrante Delito, estamos diante de um autêntico exercício de cidadania, onde pessoas comuns, em nome do cumprimento da lei de seu país, age sob a excludente de ilicitude denominada Exercício Regular de Direito.

Quando a Prisão em Flagrante é praticada pela autoridade policial e seus agentes, estamos diante de um dever e da excludente de ilicitude denominada Estrito Cumprimento de Dever Legal. Caso a autoridade policial e seus agentes deixem de realizar a Prisão em Flagrante que era possível, ou seja, que estava ao seu alcance, poderão responder criminalmente e administrativamente pelo descaso de assim não proceder.

Após essas considerações, temos que a real importância da Prisão em Flagrante é evitar a impunidade, uma vez que uma pessoa que comete um delito e não é presa em flagrante tem grandes chances de permanecer impune, pois pode fugir, desaparecer com provas, coagir testemunhas e preparar uma defesa com mais afinco quando consegue a contratação de um bom Advogado Criminalista, enquanto que o preso em flagrante não possui tempo e nem condições para essas artimanhas, pois preso de imediato ou logo depois o cometimento do crime. Ademais, quando preso em flagrante, as provas são colhidas ali mesmo na cena do crime, não podendo o flagranciado se omitir muito dos fatos, a não ser que consiga uma boa e destemida defesa criminal para esmiuçar cada detalhe do Processo Criminal e, assim, conseguir amenizar a situação fática e, até mesmo, poder conseguir uma absolvição, dependendo do caso.

Outra importância real da Prisão em Flagrante, além de evitar a impunidade, é uma sensação de justiça de imediato com a prisão, porque, caso contrário, a prisão somente acontecerá (se é que acontecerá) por meio de Ordem Judicial, pois uma pessoa só pode ser presa apenas em duas situações: Prisão em Flagrante ou por Ordem Judicial. Assim, um indivíduo sendo preso em flagrante não terá a possibilidade de aguardar Ordem Judicial em liberdade para ser detido, evitando, consequentemente, a sua possível fuga, destruição de provas, coação de testemunhas, etc, o que dá um “ar” maior de justiça para a sociedade.

 

Se gostou deste artigo, curta, comente e compartilhe!

 

Originalmente publicado em: https://portalsbn.com.br/noticia/direito-em-suas-maos-qual-e-a-real-importancia-da-prisao-em-flagrante

 

Veja muito mais em: @DraBeatricee e @DireitoSBN.

 

         

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Beatricee Karla Lopes) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados