JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Benefícios Previdenciários com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Gestão da qualidade como função estratégica da Controladoria Jurídica


Autoria:

Patrícia Dias Dos Santos


Patrícia Dias dos Santos - Controller Jurídico - Advogada - Graduada pela PUC Minas - Pós Graduada em Direito Processual pela PUC Minas

envie um e-mail para este autor

Outros artigos da mesma área

Entre o Direito e a Exceção - peculiaridades jurídicas e apontamentos históricos a respeito da ditadura civil-militar brasileira

Devaneios acerca do papel do Estado brasileiro em relação às desigualdades sociais

BRASIL, PAÍS DAS DESIGUALDADES

Direito e Religião - Coisas em comum

Gestão de Escritório de Advocacia e Empreendedorismo Jurídico

BRASIL: O BERÇO DO TRÁFICO DE MULHERES E DA EXPLORAÇÃO SEXUAL

DIREITO À INTIMIDADE E À PRIVACIDADE NAS REDES SOCIAIS SOB O ENFOQUE CRIMINOLÓGICO NO MUNICÍPIO DE BARREIRAS-BAHIA

Não tenha medo do lucro! #DepartamentoasQuintas

DIREITO AGRÁRIO E MOVIMENTOS SOCIAIS DA TERRA: O CASO DA FAZENDA RIO NOVO, PARANÁ

" INTERDISCIPLINARIDADE E PENSAMENTO COMPLEXO: DOIS CAMINHOS EM BUSCA DA TOTALIDADE PERDIDA "

Mais artigos da área...

Resumo:

Este artigo propõe uma reflexão acerca da atuação do setor de controladoria jurídica como instrumento que viabiliza gestão da qualidade nos escritórios de advocacia, bem como seu impacto na gestão jurídica e empresarial dos escritórios.

Texto enviado ao JurisWay em 19/12/2018.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

Este artigo propõe uma reflexão acerca da atuação do setor de controladoria jurídica como instrumento que viabiliza gestão da qualidade nos escritórios de advocacia, bem como seu impacto na gestão jurídica e empresarial dos escritórios. Abordamos a aplicação de modelos de gerenciamento estratégico que utilizam ferramentas e métodos de gestão para potencializar a eficiência e eficácia organizacional.   

No momento atual (2018), de acordo com a Revista FORBES, as cinco marcas mais valiosas do mundo são de empresas de tecnologia. Em tempos de “indústria 4.0”, onde as inovações tecnológicas são voltadas para os campos de automação e controle aplicados ao processo de manufatura, a tecnologia da informação (TI) tornou – se imprescindível no cenário estratégico na maioria das organizações, inclusive, nos escritórios de advocacia, que também tem se beneficiado da TI como forma de reduzir custos e melhorar qualidade dos serviços prestados. 

Diante de um mercado cada vez mais competitivo e exigente torna-se necessário a utilização de ferramentas e metodologias que potencializem a automatização dos procedimentos, redução dos custos, melhoria na capacidade de produção e elevação da qualidade dos serviços. Para isso, é necessária uma gestão estratégica dentro dos escritórios de advocacia transformando todas as informações geradas em inteligência sobre o negócio.   

Nesse sentido, a controladoria jurídica é o setor ou departamento do escritório de advocacia que realiza a conexão entre a operação técnica jurídica e as estratégias empresariais do escritório. Além disso, ela é a responsável pela implantação e otimização de procedimentos internos, auxiliando na produção jurídica, realizando a gestão de todas as atividades administrativas e apresentando, por meio de indicadores de desempenho, os resultados atingidos pelo escritório em sua função mais importante – a prestação dos serviços jurídicos – tanto em matérias contenciosas quanto consultivas. 

Além de desenvolver e implementar métodos de segurança que auxiliam na produção técnica, a controladoria jurídica também atua como setor de qualidade do escritório, fazendo com que os procedimentos implantados sejam executados da forma mais simples possível, favorecendo sua continuidade.  

Assim, o objetivo da controladoria jurídica ao realizar uma gestão de qualidade, é proporcionar um melhoramento contínuo nas atividades executadas, para isso utiliza modelos gerenciais como o ciclo PDCA, um método gerencial ligado a sistemas de qualidade como a ISO, composto por princípios, técnicas e ferramentas que quando praticado de forma cíclica e ininterrupta promove melhorias constantes e sistêmicas nas organizações, consolidando a padronização de práticas. (CIERCO e outros, 2010, p.94).  

Essa abordagem sistêmica na gestão da qualidade resulta em uma diminuição radical dos erros cometidos durante a rotina, pois permite que as atividades inter-relacionadas sejam identificadas, entendidas e gerenciadas de forma a melhorar o desempenho da organização como um todo. 

Nesse sentido, a utilização de um sistema de qualidade garante estabilidade e confiabilidade em relação as técnicas e recursos usados pelo escritório, além de integrar e alinhar todas as atividades assegurando a produtividade das equipes. Isso acontece porque o sistema de gestão de qualidade tem seu foco voltado para a melhoria continua dos processos e serviços fazendo com que a qualidade seja sempre elevada, pois ajuda a definir melhor os procedimentos e responsabilidades de cada colaborador, permitindo assim a realização dos serviços a um custo mais reduzido no menor tempo possível. 

O processo otimizado, adequadamente preparado para evitar qualquer tipo de irregularidade permite diminuir o retrabalho, desperdício de tempo e custo, tendo em vista que aumenta a produtividade e proporciona um crescimento positivo para a organização.  

Outra vantagem decorrente da gestão da qualidade é a melhora no relacionamento e satisfação do cliente. Quando a eficiência dos processos é aprimorada, os colaboradores conseguem entregar mais resultados e superar as expectativas. Oferecer um serviço de qualidade eleva a credibilidade e aumenta a confiança do cliente, além de ajudar na construção da imagem da empresa, considerando que o cliente sempre vai associar o escritório com algo que sempre excede as expectativas dele. 

Desta maneira, a gestão da qualidade vista como função estratégica realizada pela controladoria jurídica contribui em todos os âmbitos da organização, pois melhora os processos, aumenta a produtividade e qualidade dos serviços, cria vínculo com cliente e consequentemente eleva a competitividade do escritório de advocacia no mercado. 



Patrícia Dias dos Santos

 

BLIBLIOGRAFIA 

ALBINI, Samantha. Controladoria Jurídica Para Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos, 1ª ed. Curitiba: Editora Juruá, 2014. 

CIERCO, Agliberto Alves et al. Gestão da Qualidade,10ª ed. Rio de Janeiro: Editora FGV Management, 2010. 

SANTOS, Patrícia Dias. Controladoria Jurídica é setor estratégico em escritórios de advocaciaConjur, 28 de nov. 2017. Disponível em https://www.conjur.com.br/2017-nov-28/patricia-dias-controladoria-juridica-setor-estrategico-bancas. Acesso em 28 set. 2018. 

  

 

 

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Patrícia Dias Dos Santos) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados