JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Servidor Público na Lei 8.112 com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

Advogado empreendedor: Cuidados com a apresentação pessoal


Autoria:

Rodrigues De Sousa


Rodrigues S.Sousa Agente de Marketing Jurídico Localizado Curso : Bacharel em Direito Projetos em Andamento: SUNESC : Entidade privada com fins de estímulos e pesquisas científicas Universais. "O Ideal das Nações": Livro desenvolvido sob pesquisas e análises do Direito, Estado, Economia e desenvolvimento social da humanidade. "Reset, Caminhos do Império": Livro trabalhado sob conteúdos não aproveitáveis no primeiro e que traça o desenvolvimento e o fracasso das Nações sob analogia fictícias. www.sisbran.com

envie um e-mail para este autor

Outros artigos do mesmo autor

As duas faces da lei de exceção.
Outros

10 razões pelo qual o Advogado deve blogar.
Desenvolvimento Pessoal

Resumo:

Cuidar a aparência pessoal é fundamental para o desenvolvimento profissional.

Texto enviado ao JurisWay em 12/07/2017.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

A profissão advocática tem características próprias tão consistentes a ponto de estabelecer um Código de Ética severamente regulamentador, restringindo os atos do profissional sob condições específicas e por conceitos próprios. É por sinal uma profissão igual a qualquer outra que está sujeita às condições adversas e normas naturais do mercado/sociedade, o que faz repensar a forma de atuação. E como qualquer outro profissional o Advogado deve ser antes um empreendedor.

O primeiro passo a ser observado neste contexto diz a respeito do marketing pessoal, não se limitando apenas na apresentação profissional. É fundamental que seja trabalhada a postura, aparência pessoal, a qualidade da escrita, a forma de comunicação clara e objetiva aos clientes sem um linguajar técnico, o relacionamento com os colegas, gestos e expressões e policiar a forma de tonalidade e a articulação da voz.

Isso faz parte da aparência profissional e do marketing pessoal. Vejamos que esses atos não estão restritos apenas no ambiente ou na relação de trabalho, esses requisitos devem permanecer inseridos no dia-a-dia pessoal mesmo que distingue claramente da profissão. Dessa forma, numa partida de futebol ou num dos bares da capital, o profissional deve se comportar como tal, levando contigo todas as composturas exigidas e praticadas no ambiente e nas relações de trabalho para assim não frustar as expectativas daqueles que desse comportamento espera.

Para manter a boa imagem profissional, é fundamental ao advogado causar as primeiras boas impressões aos futuros clientes e aqueles que possivelmente um dia virá a ser, e da mesma forma com os colegas. Conhecer a etiquetagem, saber se vestir de forma adequada e se comportar de maneira compatível com os diferentes ambientes, ser solidário, natural e simples, demonstra simpatia e domínio da profissão e nas relações interpessoais, uma vez que  deste profissional é esperado tais condutas.

Por final, é melhor  evitar o erro do que posterior ter que corrigi-lo por ingerência anterior. Uma imagem queimada fica mais cara para repor do que construí-la na forma correta desde o início.

Rodrigues de Sousa

Marketing jurídico e especial

sisbran.com

Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Rodrigues De Sousa) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2017. JurisWay - Todos os direitos reservados