JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor
 

Regulamentação de microsseguros irá atrair novo público e criar produtos

Texto enviado ao JurisWay em 07/12/2011.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

SÃO PAULO - A regulamentação do microsseguro no Brasil, aprovada pelo CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados) no final de novembro, irá atrair um novo público para o setor e possibilitará a criação de novos produtos, segundo conclui o diretor da Vayon Insurance Solutions, Valdemir Navarro.

Na visão dele, as regras criam as condições para que uma nova parcela  da população possa ter seu acesso facilitado à proteção de um seguro, podendo, baseado em dados da FGV (Fundação Getulio Vargas), atingir cerca de 100 milhões de pessoas até 2016.

Além disso, a criação do microsseguro abre novas possibilidades de produtos voltados para a baixa renda que, atualmente, é concentrado nas áreas de vida, acidentes pessoais e auxílio-funeral.

“As novas regras irão baratear ainda mais os custos de operação, facilitar a venda e contratação de seguros, permitindo que projetos atinjam mais pessoas e se expandam geograficamente mais rápido (…) A resolução é muito bem-vinda e irá permitir a concretização mais rápida do potencial mercado de microsseguros no Brasil”, observa Navarro.

Regras
De acordo com o texto da resolução aprovada pelo CNSP, a venda do microsseguro poderá ser realizada por meios remotos, tais como celulares e internet, sendo que o produto poderá ser comercializado por associações comunitárias e redes de varejo, bem como por correspondentes bancários, que já atuam nas comunidades carentes.

As regras dizem ainda que no microsseguro, em vez de apólices, serão emitidos bilhetes, trazendo as informações mais relevantes sobre o produto adquirido.

No início do próximo ano, a Susep (Superintendência de Seguros Privados) deve editar atos complementares à resolução.



Fonte: Infomoney
Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
 
Copyright (c) 2006-2018. JurisWay - Todos os direitos reservados