JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor

Últimos artigos

Questões Polêmicas Na Sociedade De Consumo É Tema De Congresso Da Adeccon
07/12/2011

Justiça Obriga Celpe, Compesa e Oi a Oferecerem Seis Opções de Data de Vencimento das Faturas
07/12/2011

Procons iniciam Operação Natal Legal e reforçam fiscalização no varejo
07/12/2011

Mantega: população deve pechinchar e exigir desconto maior que o da redução de impostos
07/12/2011

Casa própria: comprador deve se preparar para gastos com escritura e impostos
07/12/2011

Regulamentação de microsseguros irá atrair novo público e criar produtos
07/12/2011

Sites na mira da Polícia
30/11/2011

Quer pagar quanto pela luz?
30/11/2011

Férias: consumidor não é obrigado a aceitar pacote de diárias em hotel
30/11/2011

Medida provisória muda distribuição de tarifa de embarque e cria taxa de conexão em aeroportos
30/11/2011

Mais artigos...

 

Inmetro garante a qualidade de produtos importados

Texto enviado ao JurisWay em 30/11/2011.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Luciene Cruz
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia ( Inmetro) tem atuado com o governo federal para fortalecer o comércio exterior. O órgão é responsável pela regulamentação e pelo acompanhamento de qualquer produto importado vendido no país. Além disso, o Inmetro serve de ponte entre a Organização Mundial do Comércio (OMC) e as empresas, indústrias e fabricantes brasileiros, já que repassa as notificações sobre regulamentação de normas técnicas do organismo internacional que possam impactar na exportação brasileira.

Segundo o chefe da Coordenação Geral de Articulação Internacional do Inmetro, Jorge Cruz, essa verificação do cumprimento da regulamentação garante a qualidade e a segurança dos produtos comercializados no Brasil. “Estabelecemos regulamentação para todo e qualquer produto vendido no país. Os produtos internacionais têm que cumprir uma série de exigências para entrar no país. Preconizamos uma verificação justa para que não exista possibilidade do consumidor ser enganado, ou seja, produtos sem segurança”, disse.

Para que não exista divergência no intercâmbio comercial, a maior parte das normas segue parâmetros internacionais. No entanto, existem algumas mercadorias que têm regras internas que precisam ser cumpridas. “Mesmo quando temos normas internalizadas, os critérios e parâmetros são estabelecidos em conformidade com normas internacionais”, disse Cruz.

Os produtos que não estão em conformidade com a regulamentação técnica são barrados. “Existe uma determinação técnica estabelecida que precisa ser cumprida. Os fabricantes internacionais e os importadores brasileiros precisam conhecer essa regulamentação”, alertou.

O Inmetro atua em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Não existe prazo definido para a verificação da qualidade do produto. O tempo varia de acordo com a mercadoria analisada, mas, segundo Cruz, tudo é feito de maneira que “não cause entrave” ao comércio internacional. “O nosso papel é garantir que as mercadorias estão sendo devidamente produzidas conforme o regulamentado e não atrapalhar a comercialização de mercadorias”.

Edição: Fernando Fraga



Fonte: Agência Brasil
Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados