JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 

respeitem nossa constituição


Autoria:

Marcelo Antonio Pinto Dos Santos

Outros artigos da mesma área

COMPETE AO SENADO E À CÂMARA DETERMINAR A PERDA DO MANDATO DE SEUS PARLAMENTARES

Estado de Defesa e Estado de Sítio - Para gabaritar a prova.

A (IN)CONSTITUCIONALIDADE DO CRIME DE ABORTO NO CASO DE GRAVIDEZ INDESEJADA

Imunidade Tributária Como instrumento de liberdade da organização religiosa: Eficácia do instituto ou desvirtuamento?

Em tempos de crise a Defensoria Pública é sentinela dos direitos fundamentais

O método APAC como forma de garantir a efetivação dos princípios da dignidade da pessoa humana e da individualização da pena

O Tribunal e Contas No Brasil

MULTICULTURALISMO, DIREITOS HUMANOS E AÇÕES AFIRMATIVAS.

CONTRADIÇÕES E PERSPECTIVAS AO EXAME DA OAB: QUANTO A SUA CONSTITUCIONALIDADE

A OBJETIVAÇÃO DO CONTROLE DIFUSO AMERICANO E SEUS REFLEXOS NO DIREITO BRASILEIRO

Mais artigos da área...

Texto enviado ao JurisWay em 06/11/2009.

Última edição/atualização em 07/11/2009.



Indique este texto a seus amigos indique esta página a um amigo



Quer disponibilizar seu artigo no JurisWay?

o povo sem vergonha esse nosso né.... é só ter algum assunto na moda que rapidinho a opinião pública fica evidenciando tal assunto a fim de mudar tudo, inclusive a nossa carta magna. a bola da vez agora é a lei seca..... é princípio constitucional que ninguém é obrigado a produzir provas contra si mesmo... mas...... la vem o "4o poder" gritando. criando argumentos, fazendo, literalmente, a cabeça dos brasileiros, sensacionalismo. o caso é o seguinte, como ninguem precisa produzir provas contra si, não se pode obrigar PESSOA NENHUMA a fazer o teste do bafometro, caindo por terra a prova inecvoca de tal crime. mas essa falha vem do legislador que criou uma lei inconstitucional. o absurdo ta ai!!!!!! eles querem ferir a CF, querem passar por cima de um direito de todos para encobrir um erro. dizem eles que não se pode comparar os bens tutelados, vida x direto, também concordo não tem comparação a constituição federal brasileira é a nossa legislação máxima, é o reflexo de um pacto social criado após milenares lutas, escrita com muito sangue derramado a fim de se criar uma sociedade decente, honrada e principalmente digna. acima de tudo temos que aprender com os erros da humanide pois não podemos esquecer de episódios não tão distantes de quando um senhor chamado adolf hiltler, passou por cima, da mesma forma, da legislação vigente da época. criando um aspecto de normalidade de tirar vidas, chegando ao cúmulo de ser criativo para criar formas de aumentar quantidades e diminuir o tempo exterminar pessoas inocentes.  o povo brasileiro tem que ter orgulho em dizer "isso é um direito meu e ninguém pode tirar" na minha humilde opinião´isso é muito mais importante do que obrigar um cidadão a soprar um aparelho.... que proibam a venda de bebidas alcoolicas em boates criem outra forma de controlar esse crime, mas por favor respeitem a constituição pois só assim o brasil vai conseguir ser uma nação melhor..
Importante:
1 - Conforme lei 9.610/98, que dispõe sobre direitos autorais, a reprodução parcial ou integral desta obra sem autorização prévia e expressa do autor constitui ofensa aos seus direitos autorais (art. 29). Em caso de interesse, use o link localizado na parte superior direita da página para entrar em contato com o autor do texto.
2 - Entretanto, de acordo com a lei 9.610/98, art. 46, não constitui ofensa aos direitos autorais a citação de passagens da obra para fins de estudo, crítica ou polêmica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor (Marcelo Antonio Pinto Dos Santos) e a fonte www.jurisway.org.br.
3 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, ideias e conceitos de seus autores.

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados