JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor
 

Procon-SP alerta consumidores sobre as novas taxas de juros

Fonte: Fundação Procon-SP Fonte: Agência de Notícias 15/5/2012

Texto enviado ao JurisWay em 15/05/2012.

indique está página a um amigo Indique aos amigos



SÃO PAULO - A Fundação Procon-SP alerta os consumidores a pesquisarem as novas taxas de juros oferecidas pelos bancos públicos e privados antes de optarem pela taxa que melhor atender suas necessidades.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Procon-SP, foram encontradas informações conflitantes e insuficientes.

“A orientação para o consumidor é que ele pesquise para escolher melhor, mas é obrigação das instituições financeiras informarem de forma clara e didática tudo sobre o produto que está sendo adquirido, incluindo dados sobre possíveis riscos e perdas”, explica o diretor-executivo da Fundação Procon-SP, Paulo Arthur Góes.

Bancos
No levantamento, foram levadas em consideração as reduções feitas por cada banco e suas respectivas divulgações. Veja na tabela abaixo:

Banco Cheque Especial

Caixa Econômica Federal Cheque especial: a instituição divulgou a redução da taxa de juros do cheque especial, porém, a taxa mínima só está disponível aos clientes que possuem pontuação superior a 2.500 com o banco, informação que está disponível apenas no site da instituição.
Cartão de crédito: Já o novo cartão de crédito, só será oferecido a quem possui conta-salário na CEF.
Crédito Direto Caixa - CDC: o CDC oferecido pela Caixa, pode acabar sendo contratado por uma taxa de juros maior, se o consumidor não receber na instituição o salário ou benefício.
Crédito Consignado: disponível para aposentados e pensionistas do INSS ou empregados de empresas que possuem convênio com o banco. Sendo assim, as reduções anunciadas pela CEF não atingem igual e automaticamente a todos os interessados.
Antecipação do Imposto de Renda:  agora, o banco possui uma taxa única, no entanto, no momento de comparar a diferença comparou com a taxa maior. Além disso, continua apresentando as taxas mensais e o comparativo através da taxa anual.
Linha de Crédito Azul Caixa: esse produto é oferecido para o consumidor quitar suas dívidas. Na verdade é um novo empréstimo que a Caixa só irá conceder mediante análise cadastral e solicitará garantia. No site não há informações sobre como é a análise para concessão do crédito, somente pede para que o consumidor entre em contato com a central de relacionamento.
Benefícios para Servidores com Conta Salário: o interessado deve avaliar se é mesmo bom aderir a uma despesa mensal para obter as vantagens anunciadas, uma vez que há uma série de tarifas bancárias que são obrigatoriamente gratuitas e que permitem ao consumidor a movimentação de sua conta sem custo.
 
Banco do Brasil BB Crediário - Financiamento de Bens: para qualquer linha de crédito, é condição o interessado possuir conta corrente no Banco do Brasil. No site, o banco informa que todos os créditos estão sujeitos à “aprovação cadastral e demais condições do produto”. As taxas variam de acordo com o valor do crédito pretendido e o prazo para pagamento. Quanto maior o prazo, maior a taxa de juros. Além disso, o banco exige a assinatura de um contrato de adesão.
Financiamento de Veículos: o banco anunciou que não há tarifas embutidas, no entanto, o consumidor deve saber que as taxas variam de acordo com o prazo de pagamento e há incidência de IOF sobre as mensalidades.
Crédito consignado INSS: não é necessário ser correntista do banco para obter esse crédito, mas o banco informa no site que o crédito é “sujeito à aprovação cadastral e demais condições dos produtos”. Por outro lado, o site da instituição não informa as taxas de juros.
Crédito Benefício INSS: a redução das taxas só é permitida para correntistas e possui um pacote de serviços de R$ 6,70.
Crédito 13º salário: para ter acesso à taxa reduzida é necessário ter conta corrende no banco e aderir a um pacote de serviços.
Cartão de Crédito: a taxa mínima é somente para os consumidores que recebem o salário em conta corrente da instituição, além de aderirem um pacote de serviços que varia de R$ 6,70 a R$ 54,00.
Crédito Parcelamento do cartão: informações insuficientes sobre quem tem acesso.
Cheque especial: para ter acesso à menor taxa é preciso aderir a uma taxa de serviços, além de possuir conta corrente e investimentos na instituição. No parcelamento, não informa a taxa máxima que poderá ser cobrada.
BB Crédito Automático: para ter acesso a esse crédito, o interessado deve ter conta corrente no banco.
Assalariados: o banco anunciou uma série de vantagens especiais para quem recebe seu salário no banco, no entanto, essas vantagens são acessíveis somente a quem aderir a pacotes de tarifas.
 
HSBC Financiamento de veículos: redução abrange apenas o CDC, o que não foi informado no anúncio de redução.
Crédito Consignado: para o funcionário ter acesso, a empresa precisa ter convênio com o banco.
Crédito Pessoal: as taxas anunciadas podem não compreender as diversas linhas de crédito pessoal que o banco disponibiliza. As linhas de crédito são distintas e possuem condições variáveis de contratação. No site, o banco informa que o CET (Custo Efetivo Total) do crédito somente é informado após a definição das condições do empréstimo. 

Itaú Há duas modalidades de financiamento de veículos oferecidas por este banco. Anunciou apenas a redução da taxa mínima. Esta redução vale somente para clientes correntistas há mais de um ano, em operações com 50% de entrada e parcelamento em 24 meses. Em outras condições, o valor da taxa pode variar, mas não encontramos informações precisas no site do banco, especialmente quanto à taxa máxima. Além da taxa de juros, há no financiamento de veículos a cobrança de IOF, tarifas e outras despesas.
 
Bradesco Financiamento de veículos: o banco informou apenas a taxa mínima, e além da taxa de juros, existem outros encargos que o consumidor precisa avaliar.
Crédito pessoal: para cada modalidade de crédito existe uma condição diferente, porém o banco generalizou em uma modalidade no anúncio.
Crédito consignado: o banco trabalha com duas linhas de crédito distintas, sendo uma para beneficiários do INSS e outra para demais trabalhadores. Este últimos, só conseguem acesso ao crédito se a empresa onde trabalham tiver convênio com o banco.
CDC Bens: o banco anunciou redução de taxa mínima para uma linha de crédito denominada genericamente de “CDC Bens”, mas trabalha com diversos tipos de créditos, disponíveis para aquisição específica de bens e serviços. Para cada CDC as taxas são diferentes e pode haver variação dentro de um mesmo tipo de crédito, de acordo com os prazos de parcelamento. 

Santander Anunciou somente em 17/04 o banco promoveu redução de taxas de juros para clientes que acumulam conta pessoa física (PF) e conta pessoa jurídica (PJ) e em 18/04 uma nova modalidade de conta corrente, com novos benefícios e, finalmente, em 26/04, informa que ainda estuda a redução da taxa de juros
 


Nossas notícias são retiradas na íntegra dos sites de nossos parceiros. Por esse motivo, não podemos alterar o conteúdo das mesmas até em casos de erros de digitação.

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados