JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor
 

Telefone Celular pode desenvolver tumores

Novas denúncias cientificas sobre risco do uso de Telefone Celular

Texto enviado ao JurisWay em 06/07/2008.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Telefone Celular pode desenvolver tumores

 

 

Informação veiculada pela AmbienteBrasil faz um alerta sobre o uso de telefones celulares  a partir de estudos publicados por cientista israelense:   

 

 

“O uso freqüente e prolongado do telefone celular contribui para o desenvolvimento de tumores benignos e malignos nas glândulas salivares, segundo uma pesquisa da cientista israelense Siegal Sadetzki, divulgado na segunda-feira (18) no jornal "The Jerusalem Post".

Sadetzki, médica, epidemiologista e catedrática na Universidade de Tel Aviv, diz que quem usa o celular com freqüência tem uma chance 50% maior de desenvolver um tumor nas parótidas (glândulas situadas dos dois lados do rosto) do que aqueles que não usam o aparelho.

O maior risco se dá entre usuários freqüentes que moram em áreas rurais, já que os celulares precisam emitir maior radiação para compensar a escassez de antenas, segundo a pesquisa.


A pesquisadora chegou a essas conclusões - recentemente

publicadas no "American Journal of Epidemiology" - após examinar 500 israelenses com tumores benignos e malignos nas glândulas salivares.

Sadetzki e sua equipe perguntaram ao grupo de pesquisados sobre como usavam o telefone celular e depois compararam os resultados com as respostas de 1.300 israelenses sem câncer.


A cientista destaca que queria que a amostra fosse israelense porque, "ao contrário de outros países, Israel adotou muito rapidamente a tecnologia móvel e desde então os israelenses se transformaram em grandes usuários de forma extraordinária".


"Essa população incomparável (de usuários da telefonia móvel) revelou que o uso de celulares tem uma relação com o câncer", algo difícil de provar por causa do longo período de latência de seu desenvolvimento, explica.


A cientista, que usa telefone celular, diz que é necessário "tomar precauções para diminuir a exposição e reduzir os riscos para a saúde".

Ela recomenda, por exemplo, usar acessórios para evitar colocar o aparelho na orelha o tempo todo, afastar o celular do corpo quando conversar ao telefone e evitar as intermináveis ligações e as chamadas prescindíveis.



Sadetzki também pede que os pais pensem melhor quanto a seus filhos terem celular, apesar de melhorar a comunicação.


"Parte da tecnologia que usamos atualmente traz riscos à saúde. A questão não é se vamos usá-la, mas como fazê-lo", ressalta.”

 

Fonte: Ambientebrasil

 

A informação é oportuna e corrobora dezenas de outras que surgem de todas as partes do planeta. A irradiação dos Telefones Celulares merece mais pesquisas e estudos por parte dos órgãos públicos e privados.

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
 
Copyright (c) 2006-2020. JurisWay - Todos os direitos reservados