JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor

Últimos artigos

Um bom acordo é quando tudo se encaixa
23/07/2014

Adiantamento do 13º salário: ajuda financeira que pode ser bem-vinda
23/07/2014

Norma da ABNT em vigor há um ano restringe reformas em imóveis novos
23/07/2014

Inscrições para o Sisutec começam a partir desta segunda-feira
21/07/2014

Saiba fazer a transferência de dívida de carro ou imóvel para outra pessoa
21/07/2014

ingressos na Copa foram maior reclamação no Procon estadual
21/07/2014

Estudar no exterior já é realidade da classe C
21/07/2014

Além do 'efeito Copa': produtos e serviços no Rio subiram até 143% entre os Mundiais de 2010 e 2014
21/07/2014

Norma da ABNT em vigor há um ano restringe reformas em imóveis novos
21/07/2014

Caixas eletrônicos serão substituídos por banco 24 horas
21/07/2014

Mais artigos...

 

7 passos que vão te ajudar a trabalhar direito após a Copa do Mundo

Texto enviado ao JurisWay em 16/07/2014.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

7 passos que vão te ajudar a trabalhar direito após a Copa do Mundo
15/7/2014
imagem transparente

SÃO PAULO - A euforia com a Copa do Mundo exigirá uma dose extra de motivação profissional na volta ao trabalho. Para minimizar os impactos financeiros deste período, será necessário mudanças de atitudes, principalmente para otimizar o tempo de trabalho, que foi bastante comprometido no decorrer do jogo.

Saber organizar o tempo de serviço pode ser um grande diferencial do profissional, independente da área de atuação. Ricardo Barbosa, diretor executivo da Innovia Training & Consulting, aponta que são grandes os resultados que se tem com a capacidade de organizar bem o tempo de serviço, produzindo adequadamente dentro dos horários de trabalho, evitando horas extras e dando os retornos necessários.

Porém, as dificuldades para um profissional se adequar a esta demanda de mercado é muito grande. Pensando nisso, há várias ações que podem e devem ser tomadas. Veja alguns pontos destacados pelo especialista:

Passo 1:  Liberte-se de elementos eletrônicos que tire o foco do trabalho como é o caso hoje do computador conectado na internet: chats, redes sociais, skype, messengers, curiosidades… Tudo isso tira sua atenção, sabota seu foco e dificulta a realização de tarefas. Reserve um tempo no seu dia para cuidar dos seus e-mails e relacionamentos, mas não permaneça 100% do tempo conectado;

Passo 2 - Foque nas ações a serem tomadas, para isso faça uma lista de todas as tarefas do dia e ordene suas realizações, fazendo as mesma na sequência estabelecida e dando o devido foco a cada uma delas. Estarmos preocupados com muitas coisas fazem com que não façamos nenhuma ação adequadamente;

Passo 3 - Evite se comprometer com mais do que suporta. Para parecerem produtivos, muitos profissionais acumulam várias obrigações, muitas dessas que não são nem mesmo sua obrigação, e desejam resolver tudo. Saiba que cada um tem seu escopo de trabalho e é pago para isso;

Passo 4 - Evite levar para empresa problemas pessoais, muitas vezes isso é impossível, mas evite que esses impactem pesadamente nos resultados do trabalho, lembrando que a alta de concentração na tarefa em execução pode levar a retrabalho ou prejuízos muito maiores;

Passo 5 - Se motive e faça sempre o melhor. Muitos colaboradores não buscam fazer um trabalho diferenciado, criando um ciclo vicioso no qual a acomodação gera desmotivação;

Passo 6 - Por mais que seja convidativa, a procrastinação gera acumulo de serviços, assim evite deixar tudo que se pode fazer hoje para o amanhã, pode parecer que não haverá problemas mas pode ter certeza que o resultado não será positivo;

Passo 7 - O descanso é fundamental para que se possa ser produtivo. Nenhum profissional é 100% durante todo o tempo: temos que cada vez mais exercer o famoso ócio criativo. Assim, é necessário ter relações balanceadas. Separe suas atividades em: Crises (importante e urgente), Urgências (urgente, mas não importante), Planejamento (importante, mas não urgente) e Rotina (nem importante e nem urgente).

Estabelecendo bem esta relação com o tempo, a pessoa terá muito mais tempo para sua vida pessoal, caindo com o mito de que o colaborador dedicado é o que só pensa no trabalho. Só pensar no trabalho não é bom, pois afeta diretamente a nossa saúde, família e qualidade de vida. Quando planejamos nossas atividades, conseguiremos ser produtivos.



Fonte: Msn.com
Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados