JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor

Últimos artigos

Um bom acordo é quando tudo se encaixa
23/07/2014

Adiantamento do 13º salário: ajuda financeira que pode ser bem-vinda
23/07/2014

Norma da ABNT em vigor há um ano restringe reformas em imóveis novos
23/07/2014

Inscrições para o Sisutec começam a partir desta segunda-feira
21/07/2014

Saiba fazer a transferência de dívida de carro ou imóvel para outra pessoa
21/07/2014

ingressos na Copa foram maior reclamação no Procon estadual
21/07/2014

Estudar no exterior já é realidade da classe C
21/07/2014

Além do 'efeito Copa': produtos e serviços no Rio subiram até 143% entre os Mundiais de 2010 e 2014
21/07/2014

Norma da ABNT em vigor há um ano restringe reformas em imóveis novos
21/07/2014

Caixas eletrônicos serão substituídos por banco 24 horas
21/07/2014

Mais artigos...

 

Vai viajar? Veja como dar gorjeta em qualquer lugar do mundo, sem cometer gafe

Texto enviado ao JurisWay em 18/07/2014.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Vai viajar? Veja como dar gorjeta em qualquer lugar do mundo, sem cometer gafe
18/7/2014
imagem transparente

Vai viajar? Veja como dar gorjeta em qualquer lugar do mundo, sem cometer gafe
 

SÃO PAULO – A parte mais difícil de viajar para outros países é na hora de pagar a conta em bares e restaurantes e decidir se deve ou não dar gorjeta, e se caso a resposta seja “sim”, quanto deixar para o garçom.

Esse é um tema complicado, pois, ao contrário do Brasil, que, além de não ser obrigatório, tem indicado na conta os 10%, cada país tem a sua cultura. Em boa parte da Ásia, por exemplo, é considerado falta de educação dar uma gratificação para o estabelecimento. Segundo um levantamento realizado pelo TripAdvisor, os norte-americanos são os viajantes mais generosos do mundo.

Os dados mostram que 60% dos turistas vindos dos Estados Unidos dão gorjetas, contra 49% dos alemães, 33% dos brasileiros, 30% dos espanhóis, 28% dos russos, 26% dos britânicos, 15% dos franceses e 11% dos italianos.

Veja abaixo quatro dicas que podem te ajudar na hora de dar gorjetas em qualquer lugar do mundo:

1- Cuidado com a moeda local

Algumas pessoas costumam viajam com uma quantia em dólar ou euro para distribuir como gorjeta, mas essas moedas podem não ser aceitas pelo comércio local. Além disso, é importante respeitar a unidade monetária do país onde se está.

Porém, alguns locais, principalmente em países emergentes, os habitantes preferem receber moedas com maior valor que o dinheiro local. Então, tenha na carteira alguma das principais moedas: dólar ou euro.

2- Dê a mesma quantia que a população local

Para não ficar em dúvida, pergunte na recepção do hotel ou para algum conhecido que mora no local qual é o costume em relação às gorjetas.

3- Verifique se a taxa de serviço já não está inclusa na conta

Se já houver taxas inclusas, geralmente, não há a possibilidade da gorjeta. Os franceses e italianos estão acostumados com os altos impostos embutido no  serviço, por isso, eles não costumam oferecer gratificações.

4- Tenha certeza que são gorjetas e não esmolas Às vezes, os viajantes se sentem pressionados a dar dinheiro, especialmente em destinos onde há pobreza. Por isso, não dê dinheiro caso você se sinta obrigado, só o faça quando um serviço for prestado.



Fonte: Msn.com
Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados