JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Sala dos Doutrinadores - Ensaios Jurídicos
Autoria:

Jose Welson Da Silva Rodrigues
-estudante -direito/Faculdade Paraíso do Ceará

envie um e-mail para este autor

Outras monografias da mesma área

É válido o registro de frequência sem assinatura do empregado

DIREITO DO TRABALHO: ADICIONAL DE TRANSFERÊNCIA

COMPETÊNCIA PARA O JULGAMENTO DE DEMANDAS ENVOLVENDO A PREVIDÊNCIA PRIVADA COMPLEMENTAR

DISSÍDIO COLETIVO ECONÔMICO E COMUM ACORDO

O ESTADO COMO EQUILÍBRIO ENTRE PATRÕES E EMPREGADOS

Do fornecimento de alojamento e dormitório misto aos trabalhadores

DIREITOS MATERIALMENTE FUNDAMENTAIS CONTEMPLADOS EM NORMA COLETIVA SEM PREVISÃO EXPRESSA NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988

ESTIPULAÇÃO E PAGAMENTO DE SALÁRIO EM MOEDA ESTRANGEIRA. BREVES CONSIDERAÇÕES.

O Processo Judicial Eletrônico: Rumo ao documento digital. Pela utilização obrigatória do PJe após a eliminação de todas as inviabilidades do sistema de processamento eletrônico.

A Jurisdição do Trabalho e o Trabalho da Jurisdição

Todas as monografias da área...

Monografias Direito do Trabalho

Reclamação Trabalhista

Texto enviado ao JurisWay em 05/12/2017.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ FEDERAL DA ___ VARA DO TRABALHO DA REGIÃO DO CARIRI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                 Aline da Silva, brasileira, casada, bancária, portadora do RG nº xxx e inscrita no CPF sob o n° xxx, CTPS nº xxx e PIS nº xxx, residente e domiciliada à rua xxx, nº xxx, bairro xxx, CEP xxx, Juazeiro do Norte/CE, por intermédio de seu advogado constituído conforme procuração anexa, com escritório à rua xxx, nº xxx, bairro xxx, Juazeiro do Norte/CE, vem a presença de Vossa Excelência, propor a presente

RECLAMAÇÃO TRABALHISTA

Em face de Banco Alto Valor, pessoa jurídica de direito privado, com sede à Rua xxx, nº xxx, bairro xxx, CEP xxx, Juazeiro do Norte/CE, inscrito no CNPJ sob o nº xxx, pelos fatos e fundamentos que a seguir expõe:

 

DA GRATUIDADE DA JUSTIÇA

 

A reclamante vem perante Vossa Excelência pleitear os benefícios da justiça gratuita, conforme art. 98 CPC, tendo em vista não poder arcar com as custas processuais sem prejuízo de sua subsistência ou de sua família. 

 

DOS FATOS E FUNDAMENTOS

 

A reclamante foi admitida em 11.08.2012 pelo Banco Alto Valor, para trabalhar de segunda a sexta, das 8 às 16 horas, com 1 hora de intervalo. Entretanto, somente em 01.01.2013 a sua carteira foi anotada. 

Ocorre que, em 01.03.2017 a reclamante foi demitida sem justa causa quando estava grávida de 8 semanas, fato este de conhecimento do empregador. Vale ressaltar que a empregada nunca recebeu 13º tendo gozado sempre o período de férias sendo o ultimo em setembro de 2016, que correspondia ao período de janeiro de 2016 a janeiro de 2017.

Ademais, na conta vinculada do FGTS encontra-se depositado apenas os anos de 2013 a 2015 e até a presente data a empregada não recebeu as verbas rescisórias, nem tampouco aviso prévio para trabalhar.

 

DA ESTABILIDADE DA GESTANTE

 

De acordo com o art. 10, II, alínea b do Ato das disposições Constitucionais Transitórias é vedada a despedida sem justa causa da gestante, desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto. Por isso, requer a parte reclamante o imediato retorno às suas atividades laborais, tendo em vista a ilegalidade da demissão sem justa causa, bem como o pagamento retroativo de sua remuneração da data em que deixou de trabalhar até o presente momento.

 

DA DURAÇÃO DO TRABALHO DOS BANCÁRIOS

 

Conforme disposto no art. 244 da CLT, os bancários, por trabalharem em condições especiais, possuem jornada de trabalho diferenciada, exercendo suas atividades em seis horas contínuas nos dias úteis (exceto aos sábados), perfazendo um total de 30h semanais.

Entretanto, consta nos autos que a empregada laborava 7 (sete) horas diárias (das 08:00 as 16:00), sendo uma hora reservada a sua refeição. Portanto, a empresa deve 1 (uma) hora extra todos os dias trabalhados pela reclamante.

 

DA ANOTAÇÃO DA CTPS

 

De acordo com os autos processuais, a reclamante iniciou suas atividades laborais em 11.08.2012. Contudo, a reclamada somente assinou a CTPS da empregada posteriormente em 01.01.2013, ficando assim, evidenciada a obrigatoriedade de ratificação da data de admissão, para fins de cálculo de férias proporcionais ao referido período, que deverá inclusive ser paga em dobro tendo em vista o não pagamento no prazo legal; para o cálculo de 13º proporcional e horas extras.

Requer ainda reconhecimento do vínculo trabalhista oriundo da assinatura da CTPS, assim como o depósito de FGTS e das verbas previdenciárias relativas ao período de 11.08.2012 a 31.12.2012.

 

 

DAS VERBAS RESCISÓRIAS

 

Conforme assevera o presente feito, durante todo o contrato de trabalho a reclamante não recebeu a gratificação natalina que lhe é devida, fazendo jus a percepção da referida gratificação conforme descrição seguinte:

2012 – proporcional a 4 (quatro) meses 

2013 a 2016 – valores integrais

2017 – proporcional a 2 meses

 

No tocante às férias, a reclamante usufruiu das mesmas de acordo com o que lhe era devido, exceto no período entre 01.08.2012 e 01.01.2013, lapso temporal em que a carteira não esteve assinada, motivo pelas quais deverão ser pagas em dobro por desobediência ao prazo legal. Ademais, há de pagar, também, as férias proporcionais ao período aquisitivo de 02.01.2017 a 01.03.2017, proporcionalmente.

 

DA TUTELA DE URGÊNCIA

 

Liminarmente, requer o imediato retorno da reclamada ás suas atividades laborais, tendo em vedação da dispensa sem justa causa de empregada gestante conforme descrito no ADCT art. 10 II, alínea b.

 

DOS PEDIDOS

 

Ante o exposto requer:

1 - a notificação do reclamado para comparecer a audiência a ser designada por este Juízo e, para que querendo apresente resposta sob pena de arcar com os efeitos da revelia;

2 – que seja julgada procedente a presente ação para pagamento das verbas descritas a seguir.

a)Hora extra: uma hora por dia de segunda a sexta durante o período trabalhado entre 11.08.2012 e 01.03.2017;

b)13° salário proporcional a 4 (quatro) meses, 13º integral de 2013 a 2016;

c)Férias dobradas, proporcionais aos 4 (quatro) meses entre agosto e dezembro de 2012;

3 - Requer ainda o recolhimento do FGTS referente ao período compreendido entre 11.08.2012 a 31.12.2013 e nos anos de 2016 e 2017.

 

DAS PROVAS

 

Protesta provar o alegado por todos os meios de prova admitidos em direito especialmente pelo depoimento pessoal do reclamado, oitiva de testemunhas, provas documentais, sem prejuízo de outras cabíveis.

 

Dá-se a causa o valor de R$...

 

Neste termos, 

Pede deferimento.

 

Juazeiro do Norte 31 de março de 2017.

Advogado

OAB

 

 

 

 

 

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br, e a autoria (Jose Welson Da Silva Rodrigues).
2 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, idéias e conceitos de seus autores.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
 

Institucional

O que é JurisWay
Por que JurisWay?
Nossos Colaboradores
Profissionais Classificados
Responsabilidade Social no Brasil



Publicidade

Anuncie Conosco



Entre em Contato

Dúvidas, Críticas e Sugestões



Seções

Cursos Online Gratuitos
Vídeos Selecionados
Provas da OAB
Provas de Concursos
Provas do ENEM
Dicas para Provas e Concursos
Modelos de Documentos
Modelos Comentados
Perguntas e Respostas
Sala dos Doutrinadores
Artigos de Motivação
Notícias dos Tribunais
Notícias de Concursos
JurisClipping
Eu Legislador
Eu Juiz
É Bom Saber
Vocabulário Jurídico
Sala de Imprensa
Defesa do Consumidor
Reflexos Jurídicos
Tribunais
Legislação
Jurisprudência
Sentenças
Súmulas
Direito em Quadrinhos
Indicação de Filmes
Curiosidades da Internet
Documentos Históricos
Fórum
English JurisWay



Áreas Jurídicas

Introdução ao Estudo do Direito
Direito Civil
Direito Penal
Direito Empresarial
Direito de Família
Direito Individual do Trabalho
Direito Coletivo do Trabalho
Direito Processual Civil
Direito Processual do Trabalho
Condomínio
Direito Administrativo
Direito Ambiental
Direito do Consumidor
Direito Imobiliário
Direito Previdenciário
Direito Tributário
Locação
Propriedade Intelectual
Responsabilidade Civil
Direito de Trânsito
Direito das Sucessões
Direito Eleitoral
Licitações e Contratos Administrativos
Direito Constitucional
Direito Contratual
Direito Internacional Público
Teoria Econômica do Litígio
Outros



Áreas de Apoio

Desenvolvimento Pessoal
Desenvolvimento Profissional
Língua Portuguesa
Inglês Básico
Inglês Instrumental
Filosofia
Relações com a Imprensa
Técnicas de Estudo


Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados