JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Eu Legislador

Outras Leis do
Eu Legislador

Pena Maxima
Lei Ordinária

OBRIGAÇÃO DE DOMÍNIO PÚBLICO DAS NORMAS DA ABNT
Lei Ordinária

crianca na rua
Lei Complementar


Lei Ordinária

PRESO PRÓXIMO SUA FAMILIA
Emenda Constitucional

Veja mais ...

quitaçao do debito pensao alimentar

criar uma lei que em vez de prender um cidadaopor pensao atrasado dar ele um trabalho e o governo paga a divida

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Proposta de Lei Complementar

 
 
se o debito for de um valor relevante o reú paga em prestaçao de serviço pro propio estado em vez do governo sustentar ele na cadeia e tirar a sua dignidade , ele paga apensao
em troca o reú trabalha pro governo


Justificação / Exposição de Motivos

 
eu ñ sei mais sei que com o apoio de voçes isso pode dar ajudar muito a desempregados que lutam por uma vida justa que mesno quando tem sim um debito de pensao ele tem uma familha pra ajudar e minguem deixa de dar um alimento pro propio filho de raiva ou por ñ gosta e por que as vezes falta ate dentro de casa
Importante:
1 - Todas as propostas de lei podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Comentários e Opiniões

1) Jj (22/10/2009 às 12:06:49) IP: 201.41.101.34
acontece que tem pai folgado,alguns peca pelo erro dos outros,por exemplo a mae da entrada na pensao ela ja esta aborrecida pela separaçao do pai, manda-lhe os gravos e fica aquele clima desagradavel entre criança e pai, ela acha que tem que pagar o valor que pensa como uma despesa da casa qdo morava la. ou deixa correr frouxo ate dar uma quantia satisfatoria assim uns 10 anos e quer tudo de uma vez esta recorr. e nesse periodo nao deixou ver a crianç. e quer dinheiro!!!!!?????
2) Salustiano Neto (05/11/2009 às 09:12:49) IP: 187.41.162.237
A industria da pensao alimenticia, e assim que as maes estao fazendo, tem mulher que pede dois salario e a pessoa nao ganha nem um direito, mas a arbitrariedade do juiz e do MP favorece elas pois eles nao estao nem um pouco preocupado com o principio da dignidade da pessoa humana pois tem delas q sao formadas e tudo mais querem a pensao. nao sou contra o pai pagar pensao nao sou contra e o valor pedido sem ve as condicoes reais das parte.
3) Salustiano Neto (05/11/2009 às 09:17:23) IP: 187.41.162.237
Em relacao a prisao as vezes o Pai nao tem o dinheiro para mandar no dia mas pede um prazo suponha de 15 dias para mandar o dinheiro pois ele depende de comisao, entao ele comunica, a empresaria da pensao alimentica que vai atrazar so um pouco, porem ela usa a lei da prisao da P.A ou tu paga hoje ou tu vai ser preso, nao e certo vc prender uma pessoa pq ele te pediu um prazo a mais para dar o dinheiro assim vc acaba com a dignidade dela.
4) Salustiano Neto (05/11/2009 às 09:20:54) IP: 187.41.162.237
Nao pode acontecer isso nao vc tem que ter conciencia e errado e fere o princinpio da lei maior. e errado a prisao

SOU TOTALMENTE CONTRA!!!!

E PODE VE QUE E A FAVOR VIVE DE PENSAO ALIMENTICIA OU PRETENDE VIVER E FATO .. ISSO E SE DISEREM QUE NAO E SAO DEMAGOGO E HIPOCRITAS
5) Elaine (30/03/2010 às 19:11:03) IP: 201.27.166.65
a todos os que são a favor da lei é muito simples! homens não tem filhos, relacionen-se, só assim serão felizes!! (nao terão filhos... pensa! nao terão q pagar pensao!)
6) Lucimar (20/04/2010 às 15:10:47) IP: 189.74.211.174
Sou totalmente contrária a este absurdo. O Estado não tem que assumir um dever que é do cidadão. Afinal, quem fez o filho foi o pai e não o Estado. Este não consegue suprir o básico da população e ainda taria que pagar pensão por conta do devedor! Absurdo. Quem deve pensão paga, vai preso ou se justifica judicialmente. Apenas isso. Se não concorda com o valor, está se achando explorado, recorra judicialmente, mas não queira que o Estado banque dívida particular! Aí sim, ninguém mais paga pensão!
7) José (03/08/2010 às 22:18:52) IP: 189.61.206.118
Lí, porém não acredito que seja verdade.
8) Roberto (12/11/2010 às 16:42:06) IP: 186.204.79.72
Sou obrigado a concordar que as que são veementemente contra tal proposta, não desejam seguridade no recebimento da prestação alimentícia, mas aparentemente são movidas por um sentimento de vingança contra a outra parte.

De qualquer forma, sou contra a prisão do alimentando como medida coercitiva. A dignidade da pessoa humana deve sempre prevalecer e meios alternativos como o proposto pelo autor do projeto, acredito serem válidos.
9) Gilson (20/06/2011 às 19:48:42) IP: 187.113.188.12
Estes juizes de vara de familia junto com o Mp deveriam ser mais rigorosos com os verdadeiros criminosos deste país ,que roubam ,matam,estupram ,mas como ficam frente a frente com trabalhadores devedores de pensao ,crescem e sao muitas vezes rispidos,o ócio é amplamente defendido por esta justiça que esta aí,quem vai em uma audiencia e dizer que nao precisa de dinheiro?que nao precisa mais de pensao?so uns idiotas dos magistrados deste país para fazerem leis como esta a da exoneraçao alimentar.


Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
 
Copyright (c) 2006-2017. JurisWay - Todos os direitos reservados