JurisWay - Sistema Educacional Online
 
Kit com 30 mil modelos de petições
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Eventos
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Eu Juiz

Entenda

O que é 'Eu Juiz'?

Eu Juiz é um espaço onde qualquer pessoa pode analisar uma situação real e dar seu voto sobre qual deveria ser a sentença do juiz, podendo justificar sua resposta e ver as respostas das outras pessoas.

Ao final, é dada uma orientação sobre a solução mais aceita de acordo com a legislação vigente.

Ver outros casos

Paciente de câncer cometeu suicídio nas dependências do hospital em que fazia tratamento radioterápico. Irresignada, a viúva ajuizou uma ação de indenização contra o hospital pela perda de seu ente querido.

Argumentos do Autor na Petição Inicial:

Da petição inicial e dos argumentos da viúva, como AUTORA:

Na peça inicial de sua demanda a Sra. Maria Antônia alegou que em face do sofrimento que sucedeu ao suicídio de seu marido, faz jus a uma indenização por danos materiais e morais em conformidade com os arts. 186, 932, III e 948 do CC. Alegou em síntese:

- que o hospital era responsável pela incolumidade dos pacientes internados em suas dependências;

- que recaía sobre o hospital a responsabilidade por ato de terceiro, pois o médico responsável (seu preposto) se omitiu, não tomando qualquer providência para evitar o acontecimento, tal como a sedação do paciente ou administração de antidepressivos;

- que o hospital tinha o dever de vigilância de seus pacientes, incorrendo em culpa in vigilando;

- que o hospital também possuía a culpa in eligendo, pela conduta negligente do médico responsável pelo tratamento radioterápico;

Então, ao final pediu e requereu:

- pela procedência do pedido e condenação do hospital réu;

- a citação do hospital réu;

- que o juiz arbitrasse uma indenização a título de danos morais, em razão do sofrimento, representados pela dor da perda, sugerida em trezentos salários mínimos;

- ressarcimento pelos danos materiais consistente no pagamento das despesas com serviços funerários, sepultamento e luto da família, corrigidos monetariamente desde a data do falecimento.


Próximo Passo:

Argumentos do Réu (Contestação)


Rever:

Descrição do Caso

Importante:
1 - Todo o conteúdo pode ser citado na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
Copyright (c) 2006-2022. JurisWay - Todos os direitos reservados