Modelos de Outros Documentos
Codicilo


CODICILO 

Pelo presente instrumento de codicilo, de meu próprio punho feito e assinado, nesta cidade de ......, Estado de ......, na Rua „„,,„ nº, eu R.X (qualificar), capaz do meu perfeito juízo e entendimento, livre de coação ou induzimento,  exaro minha última vontade, para. determinar o seguinte: ..,,.... (colocar as disposições).

 

O codicilo para ser válido deverá ser escrito de próprio punho e assinado por pessoa capaz.

 

É composto por disposições especiais tais como determinações sobre o seu enterro, suas esmolas de pouca monta, seus móveis, suas jóias de pouco valor e de uso pessoal.

 

O importante é saber que as disposições do codicilo devem referir-se a bens não valiosos, pois os de maior valia só podem transmitir por testamento.

 

Apesar de sua destinação para bens de menor valor, o codicilo pode ser meio hábil para o reconhecimento do filho, já que se encaixa na classificação de documento particular previsto pela Lei nº 8.560/92.

 

O codicilo, em regra, é instrumento particular e, portanto, nada impede que o filho seja reconhecido por essa via.

 

Assim, doa por feito e concluído o meu codicilo, redigindo aos        dias do mês de      do ano de dois mil e    (20 ) e vai por mim assinado.

(Assinatura do disponente)

  

Não há necessidade de testemunha no Codicilo.

 


Os conteúdos do site podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citado o nome do autor (quando disponível) e incluído um link para o site www.jurisway.org.br.
Achou esta página útil? Então....

Curta ou Compartilhe com os amigos:

Recomende ao Google:

Conte aos seus seguidores:

indique esta página a um amigo Indique aos amigos


Comentários