Você não está conectado 
Faça o login no JurisWay:





Não tem conta?
Cadastre-se no JurisWay

Esqueceu a senha?
Crie uma nova

Cursos > Língua Portuguesa > Tatiane Santana

Por que, por quê, porque ou porquê?

Entretanto, nesse sentido, a expressão "por que" também pode ser usada no meio de frases não interrogativas. Em qualquer caso, para identificar se é o caso de grafar a expressão "por que" de forma separada, basta substituí-la pelos seus sinônimos "por qual motivo" ou "por que razão" e ver se o sentido continua o mesmo:

- Você sabe por que (motivo ou razão) o professor faltou hoje?

- Não sei por que (motivo ou razão) o professor faltou.

- Ninguém entende por que (motivo ou razão) ele deixou o emprego.


 
3
 
Este módulo possui 11 páginas.
Você está na página 3 (27%)

Voltar ao Início do Curso
Você não está logado! Login
Caso queira salvar este curso em seu histórico, faça login no JurisWay e volte ao início do curso.
Quer ir para uma página específica?

Ou veja a estrutura do curso:

Por que, por quê, porque ou porquê?

3,90625E-03s - 3,90625 ms