JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Defesa do Consumidor
 

Carne sobe mais e alimenta inflação

Fonte: O Dia Online 22/12/2010

Texto enviado ao JurisWay em 22/12/2010.

indique está página a um amigo Indique aos amigos


Preços dos itens da cesta seguem em alta, mas com desaceleração

Rio - A feijoada de fim de ano está garantida, já o churrasco terá que esperar. Foi divulgado ontem o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA-15), que mostra que a carne, vilã do bolso do consumidor, segue em alta. No ano, o aumento chega a 30,52%.

O feijão, por outro lado, vinha encarecendo, mas, em dezembro, registrou queda de 12,72% no tipo carioca e 0,46% no preto, mais consumido no Rio de Janeiro. A batata também ficou mais barata (3,62%). O IBGE, que mede o IPCA, apontou que outros itens subiram menos do que em meses anteriores, como o açúcar cristal, o pão francês e o leite pasteurizado.

O conjunto de Alimentos avaliados pelo órgão também subiu menos que no mês passado. Entre os que ficaram mais caros em novembro e dezembro, está a carne seca, com alta de 9,12%.

A desaceleração alcançou ainda itens não-alimentícios. Combustíveis encareceram em ritmo menor. A alta da gasolina foi 0,07% e a do etanol ficou em 2,13%. No ano, o bilhete em ônibus urbano aumentou 7,55% e o aluguel residencial, 7,42%. Vestuário (6,85% ) e educação (6.21%) também custam mais.





Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 
Copyright (c) 2006-2021. JurisWay - Todos os direitos reservados