JurisWay - Sistema Educacional Online
 
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Fale Conosco
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Eu Legislador

Outras Leis do
Eu Legislador

direito dos cadeirantes
Lei Complementar

ISENÇÃO PARA OBRA DE INTERESSE PÚBLICO
Lei Ordinária

LEI DO SEXO
Lei Ordinária

Lei da reversão
Lei Ordinária

Propaganda Eleitoral nas Ruas
Lei Complementar

Veja mais ...

LEI DE ELIMINAÇÃO DE FASE NO EXAME DA OAB

Atualmente quando um candidato presta exame na OAB e passa na exame da primeira fase ao prestar exame da segunda fase e não consegue êxito tem que prestar todo exame novamente sendo despresado o resultado da primeira fase em que foi aprovado

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Proposta de Lei

 
O objetivo desta lei é aplicar o mesmo critério urilizado pelo MEC no ensino superior, onde as matérias aprovadas passam por um processo de eliminação. No caso do exame da ordem etendo que o candidato deve ser dispensado de prestar novo exame para uma matéria em que já obteve aprovação.
 
O candidato que conseguir aprovação na primeira fase dos exames da OAB, em caso de reprovação na segunda fase, deverá prestar novo exame somente em relação a matéria que não conseguiu aprovação.


Justificação / Exposição de Motivos

 
Trata-se de uma forma de justiça, pois ao mesmo tempo que mantem os exames da OAB, dá tratamento diferenciado para as fases de aprovação, que são distintas, assim o candidado terá que se preocupar somente com a matéria que não apresentou o desempenho esperado.
Importante:
1 - Todas as propostas de lei podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Comentários e Opiniões

1) Edvar (04/05/2012 às 12:31:03) IP: 201.48.156.219
Isso e mais que lógico,não faz nenhum sentido continuar do jeito que está, salvo o interesse financeiro que e muito grande que beneficia os baroes do poder.
2) Rubens (26/10/2012 às 17:59:17) IP: 201.74.146.2
Concordo plenamente, se foi aprovado na primeira fase nao tem que repetir o mesmo exame caso seja reprovado na segunda fase.
3) Kélida (07/12/2012 às 00:01:51) IP: 201.58.98.170
Concordo plenamente é injusto com os candidatos pois passam na 1ª fase e reprovam na 2ª tudo bem em fazer aprova de novo, mas apenas a 2ª etapa, anular tudo é injusto.
4) Julio (07/12/2014 às 13:30:51) IP: 187.123.84.235
Concordo, é inadmissível que o candidato aprovado na primeira fase,tenha que repeti-la; São situações que se estabelecem, sem nenhum fundamento jurídico, e, os responsáveis por fiscalizar esse tipo de atitudes contrária a lei, ficam inerte, perpetuando-se a situação que deveria ser combatida. Esse é o Brasil.
5) Diva (06/02/2016 às 22:06:59) IP: 50.118.172.195
Concordo plenamente que o candidato refaça apenas a segunda fase que não atingiu as expectativas, é totalmente injusto ter que reiniciar, o desgaste psicológico é violento e constrangedor.A Ordem dos Advogados do Brasil esta sempre disposta a corrigir as falhas e injustiças, mas ainda não teve o olhar de verificar o quanto é decepcionante para o candidato. Não é somente o "não saber" mas a reunião de vários fatores que leva a reprovação. Refazer apenas a segunda fase.


Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 
 
Copyright (c) 2006-2017. JurisWay - Todos os direitos reservados