JurisWay - Sistema Educacional Online
 
JurisWay - Ortografia Oficial 2016 com Certificado
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Dicas para Provas e Concursos
Dicas de Concursos Direito Processual Civil Recurso

Os Recursos no Novo Código de Processo Civil de 2015 e seus impactos em sede de Juizados Especiais Cíveis

Os Recursos no Novo Código de Processo Civil de 2015 e seus impactos em sede de Juizados Especiais Cíveis.

Texto enviado ao JurisWay em 11/10/2016.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

 

Os Recursos no Novo Código de Processo Civil de 2015 e seus principais impactos em sede de Juizados Especiais Cíveis:

1.       Embargos de Declaração :

 

No Código de Processo Civil anterior, os Embargos de Declaração suspendiam o prazo para interposição de outros recursos, mas por força do artigo 1065 do NCPC foi alterada a redação do artigo 50 da Lei 9099 para trocar a palavra “suspender” para “interromper”.

Na era do NCPC/2015, os embargos de declaração nos juizados especiais cíveis interrompem o prazo para outros recursos, como já acontecia no sistema do Código Processo Civil de 1973.

 

2.       2. Juizo de Admissibilidade da Apelação/Recurso Inominado:

A apelação tem seu juízo de admissibilidade feito pelo Tribunal (juízo “ad quem”). Então é o Tribunal de Justiça ou o Tribunal Federal que vai fazer o juízo de admissibilidade da Apelação, inexistindo juízo de admissibilidade desse recurso no juízo “a quo” como acontecia no Código de Processo Civil anterior.

No entanto, se a apelação terá seu juízo de admissibilidade feito pelo Tribunal, essa regra não será aplicada à Lei 9099/95, onde o juízo de admissibilidade no Recurso Inominado será feito em primeiro grau de jurisdição. Desta forma, não  há aplicação da regra da apelação no Recurso Inominado, pois a Lei 9099/95 tem regra expressa e especifica que diz que o juízo de admissibilidade do  Recurso Inominado será feito pelo Juizado e não pela Turma Recursal.

 

3.     3.  Preparo:

O artigo 1007 e seus parágrafos do NCPC trazem as seguintes regras sobre o preparo:

a)      O preparo tem recolhimento imediato;

b)       Se o recolhimento do preparo for menor, pode ser feita a complementação no prazo de 05 dias;

c)        Se não houver recolhimento do preparo, o artigo 1007, parágrafo 4º prevê o recolhimento desse preparo em até 05 dias, mas com o recolhimento do preparo em dobro.

Essa regra do artigo 1007 do NCPC não é aplicável à Lei 9099/95, pois o artigo 2º da Lei dos Juizados Especiais prevê, entre outros, a aplicação do princípio da celeridade.

 

Desta forma, não é possível aplicar essa regra do parágrafo 4º, artigo 1007 do NCPC, pois haveria descumprimento do princípio da celeridade daquele sistema dos Juizados Especiais.

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br, e a autoria (Pâmela Tainá Lenes Da Silva Santos).
2 - O JurisWay não interfere nas obras disponibilizadas pelos doutrinadores, razão pela qual refletem exclusivamente as opiniões, idéias e conceitos de seus autores.

indique está página a um amigo Indique aos amigos

Nenhum comentário cadastrado.



Somente usuários cadastrados podem avaliar o conteúdo do JurisWay.

Para comentar este artigo, entre com seu e-mail e senha abaixo ou faço o cadastro no site.

Já sou cadastrado no JurisWay





Esqueceu login/senha?
Lembrete por e-mail

Não sou cadastrado no JurisWay




 

Institucional

O que é JurisWay
Por que JurisWay?
Nossos Colaboradores
Profissionais Classificados
Responsabilidade Social no Brasil



Publicidade

Anuncie Conosco



Entre em Contato

Dúvidas, Críticas e Sugestões



Seções

Cursos Online Gratuitos
Vídeos Selecionados
Provas da OAB
Provas de Concursos
Provas do ENEM
Dicas para Provas e Concursos
Modelos de Documentos
Modelos Comentados
Perguntas e Respostas
Sala dos Doutrinadores
Artigos de Motivação
Notícias dos Tribunais
Notícias de Concursos
JurisClipping
Eu Legislador
Eu Juiz
É Bom Saber
Vocabulário Jurídico
Sala de Imprensa
Defesa do Consumidor
Reflexos Jurídicos
Tribunais
Legislação
Jurisprudência
Sentenças
Súmulas
Direito em Quadrinhos
Indicação de Filmes
Curiosidades da Internet
Documentos Históricos
Fórum
English JurisWay



Áreas Jurídicas

Introdução ao Estudo do Direito
Direito Civil
Direito Penal
Direito Empresarial
Direito de Família
Direito Individual do Trabalho
Direito Coletivo do Trabalho
Direito Processual Civil
Direito Processual do Trabalho
Condomínio
Direito Administrativo
Direito Ambiental
Direito do Consumidor
Direito Imobiliário
Direito Previdenciário
Direito Tributário
Locação
Propriedade Intelectual
Responsabilidade Civil
Direito de Trânsito
Direito das Sucessões
Direito Eleitoral
Licitações e Contratos Administrativos
Direito Constitucional
Direito Contratual
Direito Internacional Público
Teoria Econômica do Litígio
Outros



Áreas de Apoio

Desenvolvimento Pessoal
Desenvolvimento Profissional
Língua Portuguesa
Inglês Básico
Inglês Instrumental
Filosofia
Relações com a Imprensa
Técnicas de Estudo


Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados