Perguntas e Respostas sobre Direito Ambiental - Nanotecnologia
O que é nanotecnologia?
A nanotecnologia é a engenharia de materiais em escala de átomos e de moléculas.

Há mais de dois mil anos, os gregos levantaram a hipótese de que todas as coisas eram formadas a partir de partículas fundamentais e indivisíveis; os átomos. Por muito tempo acreditou ser o átomo a menor estrutura conhecida pelos humanos. Tal afirmação cai por terra, a partir da década de 90, ocasião em que o mundo conheceu a promissora inovação tecnológica, através da qual se criaram uma série de expectativas em relação aos benefícios para a indústria e, conseqüentemente para a sociedade.

            A nanotecnologia é a engenharia de materiais em escala de átomos e de moléculas.  O prefixo grego nano significa anão e faz referência a um padrão de medida que equivale a um bilionésimo de metro. Pra ser idéia do que isso significa, um fio de cabelo tem a espessura de 50 mil nanômetros.

            Assim, ao se utilizar a nanotecnologia, trabalha-se com estruturas minúsculas cujas dimensões são inferiores à milionésima parte do milímetro, que são moléculas mais ou menos complexas, capazes de executar funções especializadas, tecnicamente muito interessantes.

            No entanto, a nanotecnologia ainda dá seus primeiros passos, visando obter o melhoramento dos sistemas de construção, possibilitando a fabricação de produtos mais duráveis, limpos, seguros e inteligentes, tanto para a casa, como para as comunicações, os transportes, a agricultura, a medicina e a indústria em geral, beneficiando principalmente o meio ambiente.

A nanotecnologia é o resultado de uma junção de várias ciências como a  Física, a Química, a Biologia, a Matemática, a Medicina, a Informática e de diversas Engenharias. Através da junção destas várias áreas do conhecimento, pretende a miniaturização ao extremo.

Até ao momento, já são conhecidos apenas alguns produtos oriundos da nanotecnologia, como tecidos resistentes a manchas, componentes para computadores, embalagens para alimentos, laser em aparelhos de som, vidros autolimpantes e cremes hidratantes.

Mas, há promessas de um futuro, no qual a utilização dos átomos como unidade básica permitirá a construção de nanodispositivos capazes de realizar tarefas até agora inimagináveis pelo homem.

A comunidade científica prediz que num futuro próximo, a nanotecnologia dominará toda a economia mundial.

Já existem pesquisas cujo objetivo é a colocação dentro do corpo humano de agentes mecânicos tão pequenos que percorram toda a corrente sanguínea, sem causar nenhuma dor e mesmo efetuar uma reparação da célula ao nível molecular. Espera-se ainda, que a partir da utilização da nanotecnologia se detecte e repare células cancerosas, vez que tais moléculas possuirão um anticorpo que reage com as células malignas transpondo uma molécula tóxica que será libertada na presença do tecido tumoral.

Na área da informática, já se tem construído circuitos eletrônicos átomo a átomo, permitindo a fabricação de processadores menores e infinitamente mais ágeis.

Em suma: a nanotecnologia é uma modalidade limpa de tecnologia que pretende revolucionar os padrões, especialmente os de produção, à nível mundial, tal qual a Revolução Industrial.

 

 

 




Achou esta página útil? Então....

Curta ou Compartilhe com os amigos:

Recomende ao Google:

Conte aos seus seguidores:

indique esta página a um amigo Indique aos amigos



Os conteúdos do site podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citado o nome do autor (quando disponível) e incluído um link para o site www.jurisway.org.br.


Comentários