JurisWay - Sistema Educacional Online
 
Será o fim do JurisWay?
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Notícias Jurídicas

Últimas notícias

Procon-MG promove evento Procon-MG fala com Você - Precificação
Eventos - (01/08/2019)

Procon-MG promove 22º Encontro sobre Consumo e Regulação - Boas Práticas na Revenda de Produtos Cárneos
Eventos - (24/04/2019)

Procon-MG promove 7ª Edição do Momento educAtivo com o tema "O que o consumidor deve saber na hora de contratar um empréstimo?"
Eventos - (25/03/2019)

Procon-MG promove 21º Encontro sobre Consumo e Regulação - Proteção de Dados Pessoais e Defesa do Consumidor
Eventos - (20/03/2019)

Procon-MG promove evento no Dia Mundial de Defesa do Consumidor
Eventos - (07/03/2019)

Procon-MG promove Encontro sobre Capacitação em Publicidade de Alimentos e Direitos do Consumidor
Eventos - (25/11/2018)

Procon-MG promove evento sobre boas práticas de preparo e venda de alimentos ao consumidor
Eventos - (15/11/2018)

Procon-MG promove 6ª Edição do Momento educAtivo, dessa vez com o tema "A liberdade de escolha do consumidor sob a perspectiva comportamental"
Eventos - (02/10/2018)

Mais notícias do dia...

Mantida condenação de homem que espancou e matou garota de programa

Perguntas e Respostas JurisWay
Ferramentas Facebook:
Envie para um amigo:


Ou compartilhe com todos:

por JAA - publicado em 04/02/2013 16:30
A 1ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) manteve, por unanimidade, a condenação de Francisco de Oliveira Lima, a seis anos de reclusão em regime semiaberto, por ter sequestrado, espancado e deixado ela cair em ribanceira na beira da estrada, vindo a morrer dias depois. O crime ocorreu no dia 20 de janeiro de 2011, nas proximidades do Ribeirão das Pedras, INCRA 7.

Segundo o próprio réu admitiu, ele contratou um programa sexual com Graziele de Jesus Alves, que depois da relação sexual tentou furtar a sua carteira. Ele a perseguiu, acionou policiais militares que conseguiram pegar a garota de programa e recuperar a carteira.

Depois de prestarem depoimento na delegacia, ambos foram liberados. Ele se dirigiu a uma lanchonete e lá reencontrou a garota de programa que passou a ironizá-lo pela situação. O homem se enfureceu e decidiu sequestrar a garota, colocando-a no porta-malas de seu carro. Ele a levou até a beira da estrada e passou a bater nela com socos e tapas. Ele disse que queria apenas dar uma lição na garota de programa, mas ela caiu em uma vala ao tentar fugir e ficou desmaiada. Como estava chovendo na ocasião, ela ficou com o corpo semi-submerso. Vinte e seis dias depois dos fatos, ela não resistiu às lesões corporais e à hipotermia, falecendo apesar dos cuidados médicos que recebera.

O Tribunal do Júri de Brazlândia o condenou a seis anos de reclusão, em regime semiaberto, por infringir os Artigos 129, § 3º (lesão corporal seguida de morte) e 148 (sequestro), ambos do Código Penal.

Ele apelou da sentença, mas os desembargadores, por unanimidade rejeitaram o apelo. Não cabendo mais recurso de mérito no TJDFT.

 

Processo 2011011000918-0 APR

Voltar para notícias

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.
 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados