JurisWay - Sistema Educacional Online
 
É online e gratuito, não perca tempo!
 
Cursos
Certificados
Concursos
OAB
ENEM
Vídeos
Modelos
Perguntas
Notícias
Artigos
Fale Conosco
Mais...
 
Email
Senha
powered by
Google  
 
 Notícias Jurídicas

Últimas notícias

Procon-MG promove evento Procon-MG fala com Você - Precificação
Eventos - (01/08/2019)

Procon-MG promove 22º Encontro sobre Consumo e Regulação - Boas Práticas na Revenda de Produtos Cárneos
Eventos - (24/04/2019)

Procon-MG promove 7ª Edição do Momento educAtivo com o tema "O que o consumidor deve saber na hora de contratar um empréstimo?"
Eventos - (25/03/2019)

Procon-MG promove 21º Encontro sobre Consumo e Regulação - Proteção de Dados Pessoais e Defesa do Consumidor
Eventos - (20/03/2019)

Procon-MG promove evento no Dia Mundial de Defesa do Consumidor
Eventos - (07/03/2019)

Procon-MG promove Encontro sobre Capacitação em Publicidade de Alimentos e Direitos do Consumidor
Eventos - (25/11/2018)

Procon-MG promove evento sobre boas práticas de preparo e venda de alimentos ao consumidor
Eventos - (15/11/2018)

Procon-MG promove 6ª Edição do Momento educAtivo, dessa vez com o tema "A liberdade de escolha do consumidor sob a perspectiva comportamental"
Eventos - (02/10/2018)

Mais notícias do dia...

TJMT mantém decisão e determina que Estado forneça leite

Perguntas e Respostas JurisWay
Ferramentas Facebook:
Envie para um amigo:


Ou compartilhe com todos:

 A Sexta Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, por unanimidade, manteve decisão de Primeira Instância determinando que o Estado forneça gratuitamente o leite Nutren Júnio? a uma criança portadora de anomalia congênita grave. No entendimento de Segundo Grau, por se tratar de recurso em confronto com a jurisprudência dos Tribunais Superiores e do próprio TJMT, é inadmissível prover o pedido ao Estado.              

            No Recurso de Agravo Interno (55268/2008) o Estado sustentou que as suas razões estão de acordo com o entendimento do Supremo Tribunal Federal, o que implica na revisão da decisão agravada. O Estado pleiteou a reforma da liminar em ação civil pública em que foi determinado que seja fornecido, pela Secretaria de Estado de Saúde, o suplemento alimentar leite nutrem júnior a uma criança de Cuiabá portadora de anomalia congênita grave que se encontra em recuperação nutricional.

 

O Estado argumentou que a decisão violou o artigo 2º da Constituição Federal, ao desconsiderar a competência e a atribuição da Secretaria de Estado de Saúde na organização do sistema de concessão de tratamentos de alta complexidade. Entretanto, observou que não contesta sua responsabilidade pela prestação contínua do tratamento à criança, mas visa evitar que os recursos orçamentários sejam desviados para atender a interesses, sem o devido ressarcimento, o que acarretaria um desequilíbrio econômico-financeiro. 

           

Conforme o entendimento do relator do recurso, desembargador Juracy Persiani, o Estado não demonstrou a polêmica sobre a matéria nos Tribunais Superiores e não trouxe nenhuma jurisprudência contrária às que embasam a decisão inicial. O magistrado explicou ainda que a jurisprudência dos Tribunais Superiores tem decidido que é dever do Estado prover as necessidades da população para atendimento dos casos de urgência e risco grave à saúde, como o da criança em questão.

             

            Acompanharam o voto do relator, os desembargadores José Ferreira Leite (1º Vogal) e Mariano Alonso Ribeiro Travassos (2º vogal).

 

 

 

Coordenadoria de Comunicação Social do TJMT

Voltar para notícias

Importante:
1 - Todos os artigos podem ser citados na íntegra ou parcialmente, desde que seja citada a fonte, no caso o site www.jurisway.org.br.
 
Copyright (c) 2006-2019. JurisWay - Todos os direitos reservados